Evidence of the Affair

by - terça-feira, maio 26, 2020


As repercussões de um caso ilícito se desenrolam neste conto da autora best-seller Taylor Jenkins Reid.
Caro estranho ...
Uma jovem desesperada no sul da Califórnia se senta para escrever uma carta para um homem que nunca conheceu —  uma escolha que mudará para sempre as duas vidas.
“Meu coração segue com você, David. Mesmo que eu não te conheça…”
A correspondência entre Carrie Allsop e David Mayer revela, peça por peça, os dolorosos detalhes de um caso devastador entre seus cônjuges. Com cada risco da caneta, eles confessam seus medos e desnudam suas almas. Eles compartilham a confusão sobre como as coisas deram tão errado e se perguntam para onde ir a partir daqui. Contada inteiramente através das cartas de dois estranhos solidários e de dois amantes ilícitos, Evidence of the Affair explora a natureza complexa do coração. E, finalmente, para uma mulher, como pode ser libertador quando está quebrado. (Tradução livre)
📖Skoob 👍Avaliação Final:   ⭐  💳Onde Comprar: Amazon

“Evidence of the Affair”, da autora Taylor Jenkins Reid é um conto narrado através de cartas publicado na Amazon, e disponível através catálogo do Kindle Unlimited em seu idioma original (inglês). 

Na história conhecemos Carrie Allsop, uma mulher que acidentalmente encontra entre os pertences do marido cartas de uma mulher que ela desconhece, que acabam revelando que ele vem tendo um caso com a mesma. Sem saber como lidar com a situação ela escrever para David Mayer, o esposo da amante de seu marido, com uma forma de tentar entender o outro lado da história através das cartas escritas por seu marido, assim como informar David sobre a traição. E é dessa forma que se inicia uma troca de correspondência entre os dois que irá mudar a vida de ambos.

You asked how I hide it all. I don't know. I guess I find it pretty easy to look like nothing is happening when everything has changed. 

O livro é escrito em forma de cartas onde acompanhamos a troca de correspondência entre Carrie e David, assim como, também temos acesso àquelas escritas por seus cônjuges.  Ter a oportunidade de vislumbrar como cada um dos quatro personagens enxergam seus casamentos faz que nos sintamos parte da história. Provavelmente você já enviou e/ou recebeu da sua melhor amiga prints das conversas com o crush e passarão horas tentando entender o que aquilo tudo significa. Se hoje isso não é uma tarefa tão simples, imagine só nos anos 1970, sem ter ninguém para conversar sobre, além do marido da amante de seu esposo. 


Do you ever feel like you life got away from you somehow? Lately, it feels like my whole life has a similiar feeling to when you check the clock on a Saturday and realize it's already half past four.

Através da troca de cartas é interessante notar como os relacionamentos acabam se desgastando pelas pequenas coisas que vão acontecendo diariamente, coisas aparentemente bobas, pelas palavras que deixamos de dizer, pelos bloqueios que vamos criando para preservar o outro.  A forma em que Carrie e David se expõe através de suas cartas, nos mostra como cada detalhe ali compartilhando é responsável por criar uma conexão única entre dos dois. O que primeiramente era apenas uma conversa entre duas pessoas traídas, vai evoluindo para um algo a mais, e conforme essa relação vai se transformando Carrie e David também vão mudando sua forma de encarar a forma que estão levando suas vidas e o que os seus casamentos realmente significam para eles.


Lying has just become so much easier than telling the truth. I don't remember when things go to so hard. But life has been a matter of keeping our heads above water for years now. 

Taylor consegue nos fazer sentir o peso que um casamento pode ter, assim como os motivos que levam as pessoas a continuarem lutando pela relação e os que fazem outras desistirem da luta. De maneira sutil a autora fala sobre a expectativa da sociedade em relação ao papel desempenhando pela mulher e nos faz perceber que ainda que a história seja uma obra ficcional que se passa em nos anos de 1970, em 2020 as cobranças, anseios e desejos das mulheres ainda permanecem praticamente os mesmos. 


But I have stopped collecting pennies in front of Janet because I'm afraid she will think I'm doing it for the money. That is how tight things are around here.

Evidence of the Affair é um livro curto com uma leitura rápida, principalmente se levarmos em consideração que está disponível em outro idioma. Outro detalhe que me fez admirar ainda mais a autora é a forma que ela consegue dar vida a história de uma forma que parece que aquilo realmente aconteceu, falar sobre assuntos cotidianos de uma forma que nos faz repensar nossa forma de enxergar o mundo ao nosso redor.


It has made me forget how I used to see her. And to know your husband sees her that way, well, it has not been easy.

Anteriormente eu já havia tentando ler outras obras em inglês, mas nenhuma conseguiu prender a minha atenção a ponto de me fazer sair do primeiro capítulo. Já aqui a leitura fluiu de uma maneira orgânica que eu só me dei conta que não estava lendo algo em português quando me deparava com uma expressão ou palavra desconhecia. Por esse motivo acredito que se você esteja procurando um livro para começar a treinar seu inglês, este é uma ótima maneira de começar. 


There I am, hoping someone might choose me, while the rest of the world goes on dancing.

Taylor Jenkins Reid sem dúvidas já entrou para a minha lista de autoras favoritas. Se em “Em Outra Vida, Talvez?”, o primeiro livro que li da autora ainda existia alguma dúvida que isso pudesse acontecer, “Os Sete Maridos de Evelyn Hugo” a incluíram na lista já nas primeiras páginas e “Evidence of the Affair” foi a cereja do bolo, confirmando que ela merece muito estar nessa lista. Então provavelmente vocês vão me ver falando dela novamente em breve por aqui! 

Me contem você já leram algo da autora? Se sim, qual o seu favorito? Se a reposta for não, o qual o motivo? 



Você pode gostar também

7 comentários

  1. Que dica boa! Amo aproveitar os livros disponíveis no Kindle Unlimited, e esse parece ser uma boa pedida. Gosto muito de narrativas epistolares e estava curiosa pra ler algo da Taylor, então acho que essa é uma opção! Principalmente por eu estar buscando ler mais livros em inglês nesse ano <3

    ResponderExcluir
  2. Ai miga, inglês por aqui é bem fraco mesmo viu kkkk mas leio muitos livros em espanhol.
    Pela sua resenha parece mesmo ser um ótimo livro.

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia a autora e me interessei muito pelo livro "Os Sete Maridos de Evelyn Hugo” li a resenha também e amei bem na temática que tenho me interessado ultimamente, porém não sei se conseguiria ler inteiro. Enfim, já esse vou deixar passar já que sou péssima no inglês.

    ResponderExcluir
  4. Oie, eu não conhecia a autora essa e a primeira vez que ouso fala, achei bem interessante, mais lendo assim não foi um livro que me interessei, mas vou ler a sinops dos outro livro pra ver se gosto de algum. bjss

    ResponderExcluir
  5. Caramba, fiquei MUITO curiosa com a história... Vou super busca-la no Unlimited pra ler também. É muito louco como questões de relacionamentos de uma década que começou há 50 anos atrás ainda fazem parte da nossa vida, mas também pensar em que algumas coisas eram ainda mais difíceis, ainda mais para mulheres. Até isso de "enviar uma carta" hoje seria facilmente uma mensagem no Facebook, e será que seria um livro tão intenso quanto?

    Mas o que mais me atraiu foi o fato de que me lembrou um caso que aconteceu com pessoas que conheço de verdade. A mulher (supostamente) traída entrou em contato com o marido da amante do marido dela... No final os dois ficaram juntos, mas descobriram que seus antigos conjugues na verdade não eram amantes, mas por causa dessa confusão acabaram também ficando juntos depois. A vida imitando a arte e vice e versa!

    ResponderExcluir
  6. Eu não conhecia a autora, mas já amei. Achei o formato de contar a história bem diferente, criativo e divertido. Ponto para o livro por ser em inglês, realmente já nos ajuda a treinar! ;)

    ResponderExcluir
  7. Nossa, adorei! Não conhecia nem a autora e nem o livro, mas pelo que li sobre como ele foi escrito, já adorei!

    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique à vontade para comentar. Obrigada pela visita e volte sempre!

Instagram