Meus Dias Com Você

by - quinta-feira, dezembro 21, 2017

Quando o marido de Zoe morre, o mundo dela desaba. Mas e se fosse possível tê-lo de volta? Numa fatídica manhã, Ed e Zoe têm uma discussão terrível, algo recorrente no seu casamento em crise, e ela acaba se despedindo de forma brusca quando ele sai para o trabalho. Pouco tempo depois, um ônibus acerta a bicicleta de Ed, matando-o e deixando Zoe arrasada por não ter lhe dito quanto o amava. Se tivessem ficado mais um pouco juntos aquela manhã, ele ainda estaria vivo? Será que poderiam ter reconstruído o amor que os unira? Após dois meses, Zoe ainda não conseguiu se conformar. De luto, decide cuidar do jardim do marido, quando acaba caindo e desmaiando. Então, algo estranho acontece: ao acordar, ela está em 1993, no dia em que conheceu Ed na faculdade.
A partir desse instante, Zoe passa a reviver momentos cruciais de sua vida e percebe que talvez tenha conseguido uma segunda chance: uma oportunidade de fazer tudo diferente, de focar naquilo que realmente importa, de mudar os rumos do relacionamento – e, quem sabe, o destino de seu grande amor.
 📖Skoob 👍Avaliação Final: ✩ 




Meus Dias Com Você é o livro de estreia da autora britânica Clare Swatman. Quando vi que a Arqueiro ia lançar este livro pro aqui, logo de cara me encantei por essa capa e a ideia de viagem no tempo. Porém depois de várias resenhas negativas confesso que me desanimei um pouco. Mas quando o assunto são livros cada pessoa possuí uma experiência única então sempre vale a pena dar uma chance e tirar suas próprias conclusões, e foi isso que fiz. 


O enredo não traz nenhuma novidade se levarmos em consideração o estilo em que se enquadra, mas não me decepcionei com a forma que a autora escolheu em contar a história, só senti que ela poderia ter explorado mais os personagens e dando um aprofundamento maior a trama.  



Durante a leitura senti como se estivesse lendo uma releitura do livro Um Dia misturado com o livro Ligações, pois em  Meus Dias Com Você acompanhamos um história que possui viagem no tempo e acompanhando a história dos protagonistas ao longo de 20 anos. Mas  ainda que ele não traga nada que vá revolucionar sua experiência durante a leitura ele cumpre bem o seu papel de entreter o leitor, ao mesmo tempo que nos faz refletir sobre o que realmente importa em nossa vida.

Nesses últimos quinze anos, Ed foi sempre o meu mundo. Ele era tudo para mim, e a verdade é que a simples ideia de continuar vivendo sem a presença  dele é como atravessar um imenso deserto sem nenhum sinal de água. Sinto que minha vida agora existe apenas pela metade, e ele mal acabou de partir. Sei que todos dizem que o tempo cura, mas não sei se quero que isso aconteça. Não quero que a lembrança dele, de tudo que vivemos desapareça. 

Meus Dias Com Você é um livro que aborda dilemas do nosso cotidiano, o que torna o romance apesar de apresentar um lado fantasioso bem crível. A escrita de Clare é bem agradável o que torna a leitura rápida, ainda que em alguns momentos o trama não seja empolgante. Como disse anteriormente o livro nos faz refletir sobre a importância que damos as coisas e as pessoas em nossa vida, como por exemplo estamos nos dedicado demais ao trabalho e deixado de lado nossa família e amigos? Qual foi a última vez que falamos o quanto amamos alguém? A última vez que fizemos algo divertido?  


Recomendo a  leitura de Meus Dias Com Você para quem já passou dos 20 e poucos, pois acredito que entenderá melhor os anseios e desejos da protagonista e assim terá uma experiência melhor com  a leitura e é claro para que não dispensa uma boa história de amor independente da idade. 

Você pode gostar

9 comentários

  1. Nossa! Só a leitura da sinopse já me deixou sem fôlego, mega curiosa e interessada na história.
    Adorei a capa e título do livro. Não curti muito o nome dos personagens, mas o enredo me pareceu incrível.
    Será que a autora não quis enfatizar mais a história que narrava do que os personagens em si e foi por isso que ela focou menos nas características dos personagens?
    Gostei da reflexão que a história nos traz e o aprendizado que podemos tirar dela.
    Enfim, suas fotos ficaram incríveis!
    Beijinhos!

    Eliziane Dias

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha, pela sua descrição acho que eu iria gostar desse livro. Apesar que ultimamente os livros que tem essas parte menos empolgantes tem me feito desistir bem rápido da leitura, acho que estou bem lerda com minhas leituras se eu for pensar bem rsrsrs
    Como sempre adorei tudo!
    Um beijooo

    ResponderExcluir
  3. Gosto muito do seu estilo de escrita, sua resenha está muito boa. Amo essa capa e preciso ressaltar o quanto seu blog é lindo. Gostei muito.

    ResponderExcluir
  4. Nossa realmente a capa é muito linda!!!!! Amo preto e branco!
    A história parece ser linda de ser ler, daqueles livros que vc quer devorar lendo de uma vez só!
    Adorei a sua escrita! Vc instiga o leitor a ir atrás do livro na hora!


    Bjo

    ResponderExcluir
  5. Interessante a crítica do livro, pelo que você escreveu. De fato, por mais que não seja um assunto tão fascinante, de qualquer maneira essa situação de esquecermos onde realmente nossa atenção precisa estar é válida. Se é o livro de estreia certamente vai ter bastante crítica né. Nas próximas historias com certeza ela irá aprimorar porque, como você falou, se sentiu que faltou um aprofundamento em algumas partes como personagens e cenas, sempre parece que fica devendo pra gente rsrs

    ResponderExcluir
  6. Esse livro me lembra a história de Uma Curva no Tempo, você já leu? É exatamente o mesmo contexto, girando em torno do mesmo caminho. Mas confesso que gostei da trama da autora e acho que leria tranquilamente sem problemas ihiuhae. Eu amei a capa e sempre vejo mais do que a simplicidade nas publicações da Arqueiro ♥ Adorei tuas fotos, inclusive. Tão lindas.

    ResponderExcluir
  7. Eu fico imaginando um filme (fiel à escrita, claro) da história.
    A capa é linda e a diagramação não cansa os olhos.
    Curto muito quando tem essa pegada um pouco fantasiosa, fora da realidade comum.
    Amei a resenha, beijinhos.

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Eu li esse livro há alguns meses atrás e amei! Acho que a autora explorou a obra muito bem e me fez lembrar um pouco Uma Curva No Tempo da Dani Atkins (outro favorito!) Acho que o drama que Zoe passa é o que a maioria das mulheres na sua idade e nas suas condições também passam ou passariam, eu me coloquei no lugar da personagem e foi impossível não me pegar torcendo para que ela mudasse o final da história. É engraçado como esse livro despertou a questão das escolhas não é mesmo? O fato de uma simples escolha mudar tudo me deixa perplexa e ao mesmo tempo animada!
    Enfim, eu adorei a obra e fiquei curiosa por mais livros da autora.

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Adorei a resenha, apesar de não conhecer o livro e nem a escritora, não é o tipo de leitura que mais me deixou encantada para o próximo ano, mas quem sabe não seja uma boa distração? Irei anotar o nome, caso em algum momento me falte algum livro sobre a temática para ler.

    Beijos!
    Cantinho da Lua

    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.