Resenhas

Entretenimento

Receitas

Mulher-Gato: Ladra de Almas

by - segunda-feira, julho 29, 2019


A Mulher-Gato da autora best-seller Sarah J. Maas é o que os fãs da personagem amam: forte, independente e única. No passado, Selina Kyle vivia no submundo de Gotham, cometendo pequenos delitos para sustentar a família. Quando a mãe a abandona, a jovem precisa tomar uma difícil decisão e entrega a irmã nas mãos de um casal que poderia cuidar bem melhor dela, longe da pobreza.  Dois anos depois, Selina retorna como a rica e misteriosa Holly Vanderhees. O que a trouxe de volta à cidade? E o que vai aprontar agora que tem como parceiras Arlequina e Hera Venenosa?  Com Batman fora em uma missão vital, Luke Fox quer provar que pode ajudar os habitantes de Gotham usando o disfarce de Batwing. Seu alvo é uma nova gatuna que se uniu às duas rainhas do crime. Juntas, as três instauram o caos.  Em meio a um jogo de segredos, mentiras e furtos, Selina se engalfinha à noite com Batwing, e se enrosca de dia com Luke Fox. Em uma trama que vai roubar o fôlego dos leitores, Sarah J. Maas mostra os primeiros momentos da ardilosa Mulher-Gato como uma das anti-heroínas mais ambíguas e amadas do mundo.
📖 Skoob  👍Avaliação Final: ⭐ 💳Onde Comprar: Amazon, Americanas - SaraivaSubmarino

Mulher-Gato: Ladra de Almas é o terceiro volume da coleção Lendas da DC, composta por quatro volumes (Mulher-Maravilha: Sementes da GuerraBatman: Criaturas da Noite, Mulher-Gato: Ladra de Almas e Superman).  Escrito por Sarah J. Maas, escritora conhecida pelas séries Trono de Vidro e  Corte de Espinhos e Rosas, este volume se difere dos seus antecessores por trazer uma história que explora melhor a ambiguidade do ser humano, e é claro uma ótima oportunidade de conhecer uma nova versão de uma das anti-heroínas  mais queridas das HQs.  

A Mulher-Gato nem sempre foi bem representa (provavelmente você já deve ter ouvido várias críticas sobre o filme solo da personagem, por exemplo), porém Sarah J. Maas consegue dar voz a personagem e criar uma história de origem que faz sentido com o que já conhecemos, assim como acrescenta novos elementos que só enriquecem a trama. 
Se você já leu algo escrito pela autora, sabe que uma de suas características é criar personagens femininas que passam longe do estereótipo de donzelas indefesas à espera de um herói. E é exatamente assim que ela retrata a Mulher-Gato de sua história, uma menina/mulher que aprendeu a ser sua própria heroína. 


A história começa nos apresentado como era a vida da nossa protagonista antes dela assumir seu alter ego e tocar o terror em Gotham. Nos dois capítulos iniciais a autora nos mostra como Selina Kyle aprendeu muito cedo que não deveria esperar nada de ninguém, exceto o pior é claro.  Com um  pai desconhecido, uma mãe ausente e abusiva logo ela se viu  responsável por sua sobrevivência e de Maggie,  sua irmã caçula diagnosticada com fibrose cística. 
O sistema está falido, dissera Talia. E nós somos a cura. 
Apesar das condições precárias em que vivia, Selina sempre foi uma aluna exemplar e uma ginasta brilhante, porém quando a saúde de Maggie começou a ficar mais debilitada e a situação em casa começou a se complicar ela não teve outra alternativa a não ser  cometer pequenos delitos para sustentar a irmã dando a ela o mínimo de conforto. Mas tudo isso muda quando ela recebe uma proposta tentadora de mulher desconhecida, e por um momento vislumbra como seria viver sem o peso de carregar o mundo nas costas. E por sua irmã ela aceita a oferta sem saber exatamente preço a ser pago por uma segunda chance.   

Nomes eram para quem tinha um lar, para quem tinha alguém. Essas coisas já não existiam na vida dela; ou tinham sido apagadas, ou ela as havia, com satisfação, abandonado.
Dois anos depois, Selina está de volta a Gotham como a rica e misteriosa Holly Vanderhees. Seus planos não são claros, porém seu objetivo está bem definido, assim como suas alianças para tocar o terror na cidade, enquanto lucra tirando o sossego e os bens mais valiosos da alta sociedade.  Porém o que ela não contava é com a presença de Luke Fox, como o vigilante Batwing.   


Mulher-Gato: Ladra de Almas é narrado em terceira pessoa, intercalando o foco entre Selina e Luke. Além dessa troca também temos vislumbres da vida dos personagens nesses dois anos que se passaram, nos levando a entender melhor o comportamento de cada um, assim como os aproxima do leitor. Um fato interesse é que originalmente a personagem da Mulher-Gato foi criada para ser um  interesse romântico para o Batman, mas que não fosse uma dama frágil que precisasse ser salva, tanto que foi apresentada como uma vilã, porém alguns anos depois de sua criação ganhou o título de anti-heroína (para conhecer um pouco dessa dinâmica dos dois assista Batman: Hush). Aqui ainda temos essa característica, porém a autora trocou o Batmam pelo Batwing.   
Ela também estivera do outro lado do oceano. Enquanto Luke lutava por seu país... ela aprendia como destruí-lo.
Ainda que você não seja fã de de Hqs, super-heróis e afins, provavelmente já ouviu falar de Gotham e seu morador mais ilustre Bruce Wayne, ou melhor Batman.  Aqui ainda que a protagonista seja a Mulher-Gato a autora trouxe alguns nomes bem conhecidos dos fãs como o próprio Batman (ainda que de maneira indireta), o Coringa, Arlequina, Hera Venenosa, o comissário Gordon, o Alfred, Carmine Falcone, a Liga dos Assassinos, e é claro o Batwing, um personagem não tão conhecido pelos não fãs (inclusive se você quer conhecer um pouco mais do personagem assista Batman: Bad Blood). Ou seja o que faltou em Batman: Criaturas da Noite encontramos em Mulher-Gato: Ladra de Almas

Sem dúvidas esse foi ao meu ver o melhor livro dá série até agora. Sarah J. Maas  criou uma história onde os personagens tem motivações que são fáceis de a agente se identificar, ainda que não seja a nossa realidade. Trouxe a tona também temas como racismo, feminismo, sororidade, relacionamento abusivo, desigualdade social, corrupção.  Inclusive uma das coisas que mais gostei foi os laços de amizade que vão surgindo entre a protagonista e suas companheiras de crime. 

Espero que eu tenha conseguido despertar, ainda que singelo, seu interesse por está história. Então se você procura uma leitura rápida com uma boa dose de ação, uma pitada de romance, intrigas e conspirações dê uma chance para  Mulher-Gato: Ladra de Almas
    

Você também pode gostar

7 comentários

  1. Quanto tema legal a gente encontra dentro dessa história. Eu ainda não li mas já fiquei super interessada.
    Inclusive, a ilustração do livro tá linda ♥
    Amei a resenha... irei comprar.

    ResponderExcluir
  2. Estou inteiramente chocada que existe um livro sobre a mulher-gato. E isso porque, sempre estamos com os olhos vidrados ao que realmente chama atenção (o batman tá tá). Mas acho lindo essa representação, além do mais, achei muito linda a edição do post e como a resenha foi montada!

    Cordialmente,

    Raelogia

    ResponderExcluir
  3. Olá tudo bem ? primeiramente amei conhecer teu blog, achei super fofo <3 sobre o livro amei tua resenha, eu não conhecia a Sarah J. nunca tinha ouvido fala mais já salvei uns livros dela pra ler falta só tempo na minha vida pra parar e ler. beijos

    https://apenasdenise.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Sem dúvida uma personagem muito interessante do universo de Gotham que ainda pode ser muito bem explorada.

    ResponderExcluir
  5. Não sou muito antenada no universo da DC, mas adorei o seu post! Nunca tinha ouvido falar desse livro, mas fiquei com bastante vontade de ler. Já vou até deixar anotado na minha lista de livros para ler ainda este ano, hehe.

    Parabéns pelo post e o seu layout é uma gracinha!

    Beijão ♥

    http://www.vinteinvernos.com/

    ResponderExcluir
  6. Eu quero esse livro na minha mesa agora, neste exato momento! Menina, necessito ler esse livro e amei sua resenha.

    ResponderExcluir
  7. Estou completamente em choque e doida para ler este livro depois dessa resenha maravilhosa.
    Sempre gostei da mulher gato, mas nunca me aprofundei na história dela.
    Que sinopse incrível! Despertou minha curiosidade e admiração por essa personagem.

    blogdeaventuras.com ♥

    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.