Lock & Mori

terça-feira, novembro 14, 2017


Uma pessoa foi assassinada no Regent’s Park, a polícia não tem pistas. Sherlock Holmes, um adolescente brilhante, desafia a jovem James Moriarty a resolver o crime antes que ele mesmo o faça. Existe uma única regra: devem compartilhar todas as informações que encontrarem. O que começou como um jogo divertido logo se torna assustador. À medida que se aproxima da solução do caso, Mori descobre que o assassinato está conectado ao próprio passado. Agora, a garota está guardando segredos de Sherlock, de sua família e da melhor amiga... E esses segredos podem trazer severas consequências. Para salvar aqueles que ama, Mori está disposta a acabar com tudo com as próprias mãos. Será que Lock ainda estará ao seu lado quando tudo estiver resolvido? Esse é um mistério que Mori não pode solucionar. Um assassinato uniu Lock e Mori. A verdade pode separá-los para sempre.
📖Skoob 👍Avaliação Final: ⭐⭐

Lock & Mori, escrito por Heather W. Petty é uma obra inspirada na história do detetive Sherlock Holmes e seu arquirrival James Moriarty, criada por Arthur Conan Doyle. Mas antes de tudo gostaria de avisar que este é um livro que você deve ler com a mente aberta e deixar um pouco de lado tudo o que você já leu ou assistiu sobre os personagens. Diferente do que estamos acostumados a ver, aqui temos uma história narrada por James Moriaty, mais conhecida como Mori, uma garota brilhante, mas com uma vida complicada. Órfã de mãe e vivendo com seu três  irmãos caçulas e um pai alcoólatra, abusivo e que se acha acima de qualquer lei vemos como sua vida interfere na maneira que ela se relaciona e afeta sua narrativa e motivações. E se você estiver se perguntando cadê o John H. Watson, o fiel parceiro de Sherlock, sinto lhe informar que aqui ele será mero figurante. 

Então você é o enigma que nunca vou tentar resolver. 

Mori e Lock são duas pessoas totalmente diferentes, mas ao mesmo tempo muito parecidas quando analisamos a maneira como enxergam o mundo. Aqui eles não são amigos, nem inimigos, mas duas pessoas distintas que acabam se encontrando graças a um incidente na escola e posteriormente tendo suas vidas ligadas por um assassinato. Não vou entrar em mais detalhes pois a sinopse se entrega muita coisa e esse é o tipo de livro que quando menos você souber sobre melhor vai ser sua experiência durante a leitura. 


A narrativa de Heather é agradável e sem enrolações. Essas características aliadas a curiosidade de solucionar um bom mistério faz com que a leitura fluía rapidamente. Os personagens criados por ela conseguem trazer elementos básicos dos personagens originas, porém ela conseguiu ainda assim trazer algo novo, de uma certa forma ela "humanizou" cada um, mudanças essas que possibilitaram o desenvolvimento de um romance, isso mesmo gente tem romance na história e confesso que ele roubou a cena mas vezes do que eu esperava, o que me incomodou um pouco.

Porque amar alguém quer dizer fingir quem você é capaz de proteger essa pessoa quando está com você, que a pessoa vai ficar bem quando não está.

Durante a leitura me senti jogando uma partida de detetive, onde antes da metade do livro eu já sabia o assassino, a arma e local, ou seja fim de jogo. Porém ainda assim eu não queria arriscar revelar a descoberta pro achar tudo fácil, poderia ser uma pegadinha. E desejei que eu estivesse errada e esperei por uma reviravolta, mas infelizmente ela não veio. Então me atendei em descobrir a motivação do assassino que também não me convenceu. Nesse quesito achei que a autora não criou um desafio para o leitor. Senti falta do brilhantismo tão conhecido de Sherlock e Moriarty. 


Aqui por se tratar de dois adolescentes deu a impressão que a autora desejou pegar leve com a história, fazer algo fácil de explicar e que possibilitasse criar uma base para o que vem pela frente. Lock & Mori como disse aqui eles ainda não são inimigos, mas desenvolvem uma relação afetuosa em meio ao caos e ao que tudo indica é exatamente esse sentimento que nasce entre eles que vai ser o grande divisor de águas quando as coisas se complicarem, afinal a solução que antes era apenas um jogo virá algo pessoal quando conforme as investigações avançam Mori descobre que aquele não é apenas um assassinato qualquer e sim a chave para descobrir a verdade sobre o passado de sua família e quem ela realmente é.  Nessa busca pela verdade temos um vislumbre de como essa brincadeira pode ser o começo do processo da criação do antagonismo de Sherlock e Moriarty, uma vez que este é apenas o primeiro livro da série, os próximos volumes são Mind Games  Final Fall, ainda sem previsão de lançamento por aqui. 

E ali, protegida nos braços dele, tive duas percepções surpreendentes. Eu soube que provavelmente amaria aquele garoto pelo resto da vida. Também soube que nunca, jamais o perdoaria. 

Apesar da previsibilidade e do romance em  momentos inoportunos ao meu ver Lock & Mori é uma boa história para quando queremos uma leitura rápida, envolvente e divertida. Se você gosta de quebra-cabeças, histórias de mistério, romance, Sherlock Holmes, Londres ou todas as alternativas anteriores há fortes chances de você gostar de Lock & Mori


Você Pode Gostar Também

10 comentários

  1. deve ser um livro muito bom, vou colocar aqui na listinha
    saudades de passar por aqui

    ResponderExcluir
  2. Adoro livros de mistério, mas quando o mistério se mantem atéé o final, fico triste quando a gente acaba descobrindo tudo na metada da história :/

    Beijão,
    Quase Mineira

    ResponderExcluir
  3. Nem preciso dizer que ja to morrendo de vontade de ler, ne? Quem não ama o Sherlock? E trazer isso pro mundo adolescente foi incrível. Me interessei bastante pela Mori, parece ser uma personagem muito bem montada. Ja coloquei o livro na minha list para leitura.

    Beijos
    Isa Nonemacher

    ResponderExcluir
  4. Eu gostei da ideia da história, transformando Sherlock e Moriarty em adolescentes, mas desanimei um pouco ao saber que o mistério não é tão misterioso assim. Mas quem sabe um dia resolvo ler?
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  5. Eu gostei muito da capa. Agora sobre o enredo se um pouco previsível, acho que deve ter a ver com o publico alvo. Mas claro que se tivesse uma reviravolta seria tudo mais interessante. Também me incomoda romances em momentos que o leitor está focado em outras questão da narrativa.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Admito que nunca li nada do Arthur Conan Doyle e começar por uma "adaptação" de seus personagens talvez não seja o mais ideal para adentrar nas histórias do Sherlock Holmes, né? Não sei se eu gostaria desse livro, romances em horas inoportunas e com foco desnecessário me irritam. Em livros assim eu prefiro que desenvolvam o mistério, e não um possível romance. Dá a impressão que a autora quer agradar dois tipos de públicos ao mesmo tempo e "escorrega" em ambos, sabe? Mas acho que esse título pode agradar aos mais jovens, sendo assim uma boa pedida para aqueles que estão começando a gostar de ler.

    www.sonhandoatravesdepalavras.com.br

    ResponderExcluir
  7. Ola, tudo bem? Estava bem empolgada com sua resenha, Já que amo mistério, mas quando você disse que o mistério e um tanto previsível, confesso que fiquei bem frustrada. Porém l, acho que darei uma chance. Valeu pela indicação.

    ResponderExcluir
  8. Oie, tudo bem? Que dica mais interessante. Apesar de gostar muito de Edgar Alan Poe ainda não conhecia esse título. Conforme fui lendo a sinopse achei ainda mais legal o enredo. Amo suspense. Investigação. E claro bons detetives trabalhando no caso. Uma pena o fim não ter surpreendido. Também não gosto quando crio expectativas e o final é morno haha Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  9. Eu curti demais a capa, mas confesso que a história não me interessou muito. Ainda assim, me parece ser uma história bem interessante pra galera mais nova. Talvez eu mesmo fosse curtir bastante o livro, se tivesse com ele em mãos num dia que eu estivesse numa vibe mais leve e despretensiosa.

    ResponderExcluir
  10. Oie!
    A ideia de colocar os dois como adolescentes e adaptar a história delez é até boa, mas não me cativou ao ponto de querer ler, eu ia sentir que está faltando alguma coisa sabe?
    Beijo

    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.