Resenhas

Entretenimento

Receitas

Modern Love

by - quarta-feira, novembro 13, 2019



Em meio a tantas notícias que nos fazem desacreditar na existência do amor, a série original da Amazon Modern Love, surge como um bálsamo em meio ao caos da vida moderna. Com oito episódios de cerca de 35 minutos, Modern Love ou Amor Moderno, em português é uma antologia inspirada em histórias reais, sobre os mais diferentes tipos de amor, contadas através de artigos na famosa coluna (que também já virou livro, podcast e agora uma adaptação para TV), de mesmo nome do New York Times.

À primeira vista o que chama a atenção é o elenco com nomes de peso como: Anne Hathaway (O Diário da Princesa), Tina Fey (30 Rock), Cristin Milioti (How I Met Your Mother), Dev Patel (Quem Quer Ser um Milionário?), Catherine Keener (Kidding), John Slattery (Mad Men), Andy Garcia (Mamma Mia 2) e Andrew Scott (Fleabag). Porém ao dar play no primeiro episódio nos conquista por sua narrativa leve e cativante. 

Por ser uma antologia você pode assistir os episódios fora de ordem, porém a narrativa do ultimo episódio é construída de uma forma que todas as histórias retratadas anteriormente se conectem, ainda que de maneira bem sutil, assim como acontece na vida real diariamente sem que a gente muitas vezes se de conta. 

1. When the Doorman Is Your Main Man



Uma simples amizade entre uma mulher solteira e solitária que mora em Nova York, e seu porteiro que cuida dela, agindo como porteiro, guarda-costa, e figura paterna.

No início de Quando o Porteiro É Seu Melhor Homem.é um pouco complicado entender a complexidade do relacionamento entre Maggie  e Guzman. Porém ao longo dos 32 minutos vamos entendendo um pouco mais de como a relação entre o porteiro e inquilina se constrói, nos lembrado que existe sim amor em um mundo as pessoas estão cada vez mais egocêntricas. 

2. When Cupid Is a Prying Journalist



Quando fiz uma última pergunta: Você já se apaixonou? Ele disse que ninguém havia perguntado isso a ele em uma entrevista. Até que finalmente respondeu: Sim, mas só percebi isso tarde demais.

Se você já assistiu a trilogia composta pelos filmes  Antes do Amanhecer (1995), Antes do Pôr-do-Sol (2004) e Antes da Meia-Noite (2013), que inclusive foi inspirada em uma história real também,  vai se encantar por Quando o Cupido é uma Jornalista Curiosa.


3. Take Me as I Am, Whoever I Am



Minha vida pessoal era outra história. No amor, não há como se esconder: Você precisa deixar alguém saber quem você é. Mas eu não fazia ideia de quem eu era, até, de repente, descobrir.

Me Aceita como Eu Sou, Quem Quer Que Eu Seja, sem dúvida se destaca em meio aos oito episódios desta temporada. Anne Hathaway com sua atuação consegue despedaçar e aquecer nosso coração ao mesmo tempo, a dar vida a história de uma mulher que tem que conviver com a bipolaridade. 

4. Rallying to Keep the Game Alive



Nós nos recuperamos, não com a adrenalina elevada pra vencer a qualquer custo, mas com a paciência e o controle de quem não queria que isso acabasse: nem no verão, nem na infância do nosso filho, nem nesse jogo.

Renovando pra Manter o Jogo Vivo possui um ritmo mais lento em comparação aos demais episódios, mas apesar disso pode ser considerado a história mais real de todos, gerando identificação principalmente para quem está em um relacionamento a bastante tempo e já começou a sentir o desgaste que tempo traz, apesar de todo amor e companheirismo envolvido.  

5. At the Hospital, an Interlude of Clarity



Não existe um bom momento para cair do sofá em cima de um copo de martíni e começar a perder uma quantidade perigosa de sangue, mas quando isso acontece bem no meio de um promissor encontro, é um momento péssimo.

No hospital, um interlúdio de clareza retrata bem como os jovens adultos se relacionam atualmente.  Em meio aos likes e a exposição excessivas nas redes sociais pouco se sabe sobre a pessoas por trás da câmera. Depois de um situação inusitada o jovem casal acaba expondo um para outro seus próprios medos e vulnerabilidades, aquele tipo de coisa que às vezes a gente não compartilha mesmo depois de anos de relacionamento. 

6. So He Looked Like Dad. It Was Just Dinner, Right?


Ele era muito bonito. Usava suéter cinza de gola alta e tinha cheiro de loção pós-barba de menta e de livros antigos. Estava com 55 anos e tinha se divorciado pela segunda vez há pouco tempo. Ele era o meu pai. Na verdade, ele não era realmente o meu pai.

Então Ele Parecia um Pai, e Era Só um Jantar, Não É?  é o episódio mais fraco e um tanto quanto perturbador. Nele temos uma jovem que vê  um dos seus chefes como uma figura paterna, porém ele não se sabe exatamente de que forma ele a vê inicialmente. A relação fica confusa em como esse sentimento se desenrola entre os envolvimentos.


7. Hers Was a World of One



Não havia garantia de que, fazendo uma adoção aberta, conseguiríamos um bebê mais rápido... Na verdade nossa agência nos alertou que, sendo um casal gay, poderíamos esperar por muito tempo.

Um Mundo Só pra Ela é um dos episódios mais divertidos e que também trás algumas reflexões graças ao choque cultural entre um casal gay e uma jovem nômade idealista cujo bebê eles irão adotar.

Obs:  Esse episódio conta com uma participação pra lá de especial. Para não deixar vocês curiosos lá vai uma dica: a pessoa em questão já fez participação em  O Bebê de Bridget Jones e Game of Thrones. 


8. The Race Grows Sweeter Near Its Final Lap



O amor maduro é bem diferente. Quando temos 70 ou 80 anos, já passamos por muitos altos e baixos na vida. Sabemos quem somos e aprendemos a fazer concessões. Afinal, a linha de chegada está se aproximando.

A Corrida Fica mais Gostosa na Volta Final nos apresenta o amor na terceira idade e traz  consigo uma narrativa que consegue deixar o telespectador com os olhos marejados. 

Modern Love agradou tanto o publico que já garantiu sua segunda temporada, que ao que tudo indica deve estrear em 2020. Com episódios curtos é uma série perfeita para se ver em apenas um dia ou  para assistir um episódio ou outro após um dia cheio. 

Enquanto a segunda temporada não chega que tal conhecer um pouco sobre quem são as pessoas que inspiraram cada um dos oito episódios na matéria da  Natalie Rosa, no CanalTech:  Modern Love | Por onde andam as pessoas reais da série do Amazon Prime Video?

Agora nos contem você já assistiram a série? Se sim qual seu episódio favorito? 


Você também pode gostar

3 comentários

  1. Oi
    Eu adorei a dica 😊 já ouvi falar, mas ainda não assisti.Parece ser bem interessante

    ResponderExcluir
  2. Ai que interessante! Não conhecia a série mas a história parece muito legal! Vou assistir

    ResponderExcluir
  3. Adorei a dica. Gosto de séries curtas e com epidosios sem tanto assunto a ser resolvido. Ando cansada do formato de 22 episódios e aquela famosa enrolação com meiga dúzia de bons episódios e o restante sem graça. Anotei aqui para ver logo mais. Valeu.

    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.