Resenhas

Entretenimento

Receitas

Queer Eye

by - terça-feira, agosto 06, 2019


Antes de começar este post já avisamos que há altos riscos de você se apaixonar por esse reality e sentir orfã quando chegar ao último episódio. 

Queer Eye  é um reboot do premiado Queer Eye For the Straight Guyque ficou no ar nos Estados Unidos entre 2003 e 2006.  Aqui no Brasil a série foi exibida pelo canal Sony e teve cinco temporada.  


O programa foi lançado em fevereiro de 2018, diretamente na Netflix e é apresentado por cinco homens homossexuais, especialistas em diferentes áreas, que possuem como objetivo transformar as vidas de outras pessoas, tentando ajudá-las a atingirem melhores versões de si. O Fab Five, ou Cinco Fabulosos desta edição  são Antoni Porowski (comida e vinho), Bobby Berk (design), Karamo Brown (cultura), Tan France (moda) e Jonathan Van Ness (beleza).


A série original estava lutando por tolerância, a nossa luta é por aceitação. -  Tan France

Queer Eye traz mais do que uma simples transformação de estilo e reforma de casa. Seu diferencial é que a cada episódio conhecemo a história de alguém real, ao mesmo tempo que conhecemos um pouco da história de vida de cada um dos apresentadores.  A forma que cada participante é apresentado cria em nós telespectadores um laço de empatia e em alguns momentos é impossível não se emocionar com o que vemos na tela. 


Atualmente o reality conta com 4 temporadas, cada uma contendo 8 episódios, disponíveis na Netflix. Nas duas primeiras temporadas acompanhamos o Fab 5  transformando a vida de homens héteros, em sua maioria. É notável ver como o machismo é nocivo  tanto para quem é alvo quanto para quem o pratica. Já nas temporadas 3 e 4 ganhamos uma diversidade maior entre os participantes o que só enriquecem ainda mais o programa. Além das transformações são abordados temas como política, religião e preconceito, tudo de uma maneira muito natural.




Por exemplo, em God Bless Gay (2x01) conhecemos Tammye uma mulher negra, extremamente devota, sobrevivente de um câncer e mãe de um filho gay que ama cantar. Ao longo do episódio vamos conhecemos um pouco mais de Tammye e sua relação como filho e a igreja. Assim como também conhecemos o pouco mais da história de Bob  e como foi crescer sendo gay em uma lar extremamento religioso. Esses sem dúvidas é um dos episódios mais emocionantes e resume bem a essência de Queer Eye e como ele traz um olhar mais humano para situações diárias e temas que no geral são negligenciados por serem visto como problemáticos demais.

Esperamos que tenhamos despertado a sua curiosidade para o programa, se a primeira temporada não te conquistar não desista porque o programa vai melhorando com o passar dos episódios.  Se você já assisti nos conte quais seus episódios favoritos e/ou quem é seu favorito no Fab Five. 

Você também pode gostar

6 comentários

  1. Aaaaaaaaah eu simplesmente amo Queer Eye! Amo tanto que até convenci minha irmã a assistir também hehehe
    Acho incrível como de forma leve e bem humorada o programa consegue discutir assuntos tão importante e/ou complicados.
    Todo final de episódio estou eu lá chorando hahaha
    Meu meu fabuloso favorito com certeza é o Jonathan ❤

    ResponderExcluir
  2. Olá ♥
    Ahhhhh eu amei a dica, nunca assisti essa série, mas já ouvi falar muito bem dela.
    Agora já vou adicionar na minha lista da Netflix pois a vontade de assistir aumentou ♥
    Bjo

    Tati C.

    ResponderExcluir
  3. ah, para garotaaaaaa kkkkk Já cheguei amando essa série e olhe que é a primeira vez que vejo algo sobre ela, já to louca para assistir. Lá se vai minha vida social sendo afundada pelo sofá e netflix ainda mais kkkk.

    ResponderExcluir
  4. aaaaaahhhhhhh! Eles são muito fofos, os conheci em um ep da minha série de confeitaria rsrs eles mandaram muito mal no desafio, mas ñ importa. Foram engraçados, isso que importa hahah Vou ver a série deles.

    ResponderExcluir
  5. Oie, boa noite.
    Nossa, confesso que por não assinar a Netflix, às vezes, me considero como se vivesse em um mundo paralelo. Tenho duas amigas que tentaram me fazer assinar, outra até me deu um cartão, mas confesso que não tenho apreço por televisão e como trabalho a maior parte do tempo na frente da tela do notebook, quando fecha o dia, quero tudo menos uma tela acesa. rs

    bacio

    ResponderExcluir
  6. Interessante este artigo que acabei de ler neste blog, gostei salvei até em meus favoritos no navegador.
    número da larissa manoela oficial

    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.