O Grande Ivan

quinta-feira, outubro 05, 2017


Ivan mora dentro de um shopping e nunca tinha pensado em voltar para a natureza até o dia em que a pequena Ruby, um filhote de elefante, foi comprada pelo dono do circo. Baseado em fatos reais, O GRANDE IVAN é uma história deliciosa, cheia de humor, ao mesmo tempo doce e inteligente, sobre os direitos dos animais e sobre a força da amizade. Não importa quantos anos você tem... Você deveria ler este livro hoje, agora mesmo. Aliás, o que você está esperando para começar?
📖Skoob  👍Avaliação Final:⭐⭐

O Grande Ivan é um livro voltado para o público infantil, mas se engana quem acha que este é um livro de crianças. A autora Katherine Applegate fez um trabalha incrível dando voz ao gorila Ivan, que embora essa seja uma obra de ficção, é inspirada em uma história real.

O livro é narrado por Ivan, um gorila que passou 27 anos vivendo em uma jaula e servindo de entretenimento aos "humanos" junto com alguns outros animais em um  shopping. Nosso protagonista não apresenta uma "memória de elefante", mas ainda assim ele possuí algumas recordações aos quais compartilha conosco em sua narrativa. Ele foi afastando de sua casa e de seu família muito cedo e de maneira cruel. Por um período foi criado com um bebê humano e depois quando já não era mais tão fofo e se tornou um incomodo em casa foi transformando em uma atração de circo podemos assim dizer. 

Com o passar dos anos, aprendi a entender as palavras humanas, mas entender o que os humanos dizem não é a mesma coisa que entender os humanos. 

No decorrer da trama somos apresentados aos amigos de Ivan, o vira-lata Bob,a elefanta Stella, a jovem Julia e seu pai George e a elefantinha Ruby que vai é a peça chave na história e na transformação da vida de Ivan e dos demais ao seu redor. 


Não sou entrar em detalhes sobre os acontecimentos da história, apesar de eu querer comentar várias detalhes incríveis da narrativa, mas a beleza está em descobrir cada coisa ao seu tempo. Quando vi esse livro pela primeira vez achei que ia ser apensas um livro infantil como uma história de humor bobo e acabei deixando ele de lado. Porém agora em clima de Dia das Crianças resolvi ler algo voltando para os jovens leitores e esta foi a minha primeira opção. Já nas primeiras páginas vi o quanto estava engana em achar que essa seria uma leitura rasa e boba. 

As lembranças são preciosas - acrescenta Stella. - Elas nos ajudam a ser quem somos. 

O Grande Ivan ao meu ver diferente do que a sinopse sugere não é uma história cheia de humor, existem alguns momentos que nos deixam com um leve sorriso no rosto, mas só na maior parte do tempo nos deixa com o coração aflito. Talvez uma criança não tenha essa sensação por não tem uma mentalidade tão crítica quanto a de um jovem adulto (lugar esse que me incluo). Cada página me senti imersa em uma realidade que não faz parte do meu cotidiano e me lembrei da minha infância e as idas ao circo achando tudo aquilo mágico. A cada nova descoberta me senti mal por ver como é complicada essa vida de animais criados em cativeiro e forçados a serem atrações para nosso divertimento. Mas ainda que não seja uma leitura divertida no sentido de nos fazer chorar de rir, é uma leitura fluída, inteligente, cativante. Impossível não se apaixonar pelos personagens e torcer por um final feliz para cada um deles. 


Ao final da leitura nos sentimentos que aquela sensação de precisamos mudar o mundo e que juntos nós podemos.  O Grande Ivan traz um visão para as crianças sobre o papel de cada uma na sociedade, a importância do cuidado com a natureza e com os animais e as prepara para a crueldade do mundo e para o triste resultado de uma sociedade capitalista, ao mesmo tempo que planta a semente da esperança de dias melhores. Já para os mais velhos é um lembrete do nosso papel na sociedade e o que estávamos fazendo para torno o mundo um lugar melhor para todos. 

Nunca pedi para ninguém me prometer nada antes, porque promessas são para sempre. E 'para sempre' é um tempo muito longo. Especialmente quando se vive em uma jaula.

E para finalizar gostaria de parabenizar a Editora Novo Conceito por publicar esse livro encantadoramente real e necessário, o trabalhado de diagramação está um capricho só. E nem preciso dizer para você que super recomendo a leitura né!? 

Você Pode Gostar Também

4 comentários

  1. Parece ser um livro com bastante reflexões, principalmente sendo voltado para o público infantil, já que não esperamos isso em livros para essa faixa etária. Mas é algo muito bom, como podemos contribuir para que as crianças pensem sobre o que acontece "por trás da magia do circo" e para que os adultos consigam explicar que nem tudo o que parece belo, realmente o é.

    http://lenabattisti.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Não posso ler esse livro não... quase chorei lendo a sua resenha. Além do mais, animais sempre me deixam sem ar. Se for um humano em uma gaiola, vou pedir para o autor jogar a chave fora. Sou dessas.
    Quando saiu o livro 'quatro vidas de um cachorro' me desidratei completamente. Precisei fazer pausas a cada capítulo do livro. A cada morte, eu morria um pouco também. Mas é uma história linda e imagino que essa deve ser também. Mas não tenho emocional para lidar com o Ivan agora não. Vou esperar pelas férias. ai ai ai
    Adorei sua resenha, seu olhar e os trechos que escolheu. uau
    bacio

    ResponderExcluir
  3. Vou começar dizendo que deixei que estou com uma ressaca literária. Nunca tinha visto um livro com esse gênero ou até mesmo com um enredo como esse, achei interessante e me pareceu ser uma história divertida e tranquila para se ler durante um dia (sim! sou dessas), huahuahuahua

    Até mais! O/
    Karolini Barbara

    ResponderExcluir
  4. Eu li esse livro logo quando ele saiu e ver outras pessoas falando dele (também fiz resenha), me deixa com o coração quentinho. ♥
    Essa narrativa tem várias camadas, sem dúvidas. Desde a mais simples, sobre o cuidado com os animais, até a mais profunda, sobre a relação entre as pessoas e o que verdadeiramente importa.
    Adorei a resenha e a sua sensibilidade ao falar de uma obra (pela qual eu nutro tanto carinho). ♥

    Beijos,

    Algumas Observações

    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.