Essa Luz Tão Brilhante

quinta-feira, janeiro 05, 2017


O pai dela surtou e foi internado. A mãe disse que ia viajar por uns dias e nunca mais voltou. Wren, sua irmãzinha, parece bem, mas já está tendo problemas na escola. Lucille tem só 17 anos, e todos os problemas do mundo. Se não conseguir arrumar um emprego para pagar as contas e fingir para os vizinhos que está tudo em ordem, pode perder a guarda da irmã. Sorte a dela ter Eden, uma amiga tão incrível que se dispõe a matar aulas para ajudá-la. Azar o dela se apaixonar perdidamente justo agora, e justo por Digby, o irmão gêmeo de Eden, que é lindo, ruivo... mas comprometido. Essa luz tão brilhante é a história de uma garota que descobre uma grande força dentro de si enquanto aprende que a vida e o amor podem ser imprevisíveis, assustadores e maravilhosos – tudo junto e misturado.   
📖Skoob  👍Avaliação Final:⭐⭐

Lucille leva uma vida normal para uma garota de 17 anos, porém de uma hora para outra seu  pai  acaba surtando e vai parar em uma clínica psiquiátrica, já a sua  mãe não lida pede com o acontecido e se dá de presente  "férias" da família.  Então de  uma hora para outra ela vê o seu mundo desmoronar se vendo responsável por sua irmã de 10 anos Wren,  e todas as responsabilidades da casa. Como se não fosse o bastante, ela nutre uma paixão secreta por Digby, irmão gêmeo de sua melhor amiga Eden. O grande problema é que ele tem uma namorada incrível

Como é que num dia uma pessoa é um componente de decoração na casa (uma mesa bacana, talvez)e no outro passa a ser os canos, a fundação, a viga central sem a qual toda a estrutura desaba? Como é que uma estrela que mal se nota se transforma no sol?



Ao longo da história vemos o quanto a protagonista amadurece, assim como a sua irmã e como a ajuda dos amigos e até de desconhecidos é fundamental para que Lucille consiga manter as coisas em ordem até que sua mãe volte. 
Talvez todos nós sejamos frágeis. É só uma questão de saber o que nos machuca.




Explique qual é o objetivo de viver se você não estiver disposta a lutar pelas verdades do seu coração, a correr o risco de se machucar. 

Essa Luz Tão Brilhante é aquele tipo de livro que te deixa aflita ao mesmo tempo que te dá esperanças e te faz acreditar que ainda existem pessoas boas nesse mundo. O livro nos mostra que ainda em meio a dificuldades existe beleza, basta você saber olhar ao seu redor.  É praticamente impossível não se imaginar no lugar da protagonista e no quanto foi difícil para ela de uma hora para outra deixar de ser uma simples adolescente e passar a fazer o papel de mãe, pai, dona de casa, provedora e ainda lidar com os dramas da juventude. Os personagens secundários são tão cativantes que dá vontade de tê-los como nossos melhores amigos também. 


O livro possuí uma diagramação simples e os e cada capítulo corresponde a um dia na vida de Lucille, temos algumas alternâncias entre o que está acontecendo e o que acontece para que a gente entenda o que aconteceu para que tudo virasse do avesso na vida da protagonista. Gostei bastante da escrita da autora e provavelmente leria outros livros dela, porém confesso que a maneira que terminou tudo me deixou um pouco decepcionada. Tive a sensação de uma história inacabada e que precisava urgentemente de uma desfecho, mas acredito que esse detalhe não tirou o encanto da história. Prefiro acreditar que a autora quis deixar o final da história como algo real onde nem sempre tudo tem uma resposta e se resolve de maneira mágica ou milagrosa, ou ainda que haverá uma continuação da história. 

É leitura apesar de tratar de uma situação delicada flui de maneira leve e descontraída, sendo uma leitura agradável e rápida. Recomendo! 

Essa Luz Tão Brilhante terá uma continuação intitulada But Then I Came Back e terá como protagonista Eden Jones, a melhor amiga de Lucille

Você Pode Gostar Também

5 comentários

  1. Gente que livro fascinante, estava passeando pela minha lista de blog quando essa capa maravilhosa me chamou a atenção, sem falar que o conteúdo é simplesmente maravilhoso. Mais um livro para a minha lista.

    criaturacrista.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Wow! Nem li e já estou torcendo pela Lucille! Rsrsrsrs

    Parece um livro muito bom, é na hora do aperto que vemos quem realmente se importa, fiquei curiosa também para saber no que deu esse sentimento que cresceu nem pelo ruivinho! Esse livro pelo visto tem em suas páginas algo ainda mais belo que essa capa que já é linda de tudo! Agora estou super curiosa!

    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  3. Adorei a sua postagem assim como adoro resenhas, por que sou daquelas que compra o livro pela capa, talvez esse não fosse me chamar muita atenção, logo, você me ajudou muito!
    Fiquei curiosa para ler.
    Beijos.
    Http://www.prosadedesigner.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico realmente muito feliz por isso! Como blogueiras meio que apresentar o livro para ajudar nossas leitoras é algo muito importante, eu adorei a capa do livro, mas sem sua resenha acho que eu não iria ler porque o nome não me chamou atenção, já com sua resenha me interessei muito! Rsrsrsrs

      Beijos!!!

      Excluir
  4. AHHH que intrigante! Amei a forma como você fez a resenha, como conseguiu deixar o enredo explicito e excitante, sem dar spoiler.As suas fotografias ficaram tão lindas, tão lindas mesmo. Amei a capa,as cores, o design do livro. Fico pensando nos detalhes dos momentos que a protagonista vive, aaaai, chega dá uma curiosidade gigantesca de ler hahahaha
    Você arrasou, simplesmente!

    www.ultimobiscoito.com

    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.