E as estrelas, quantas são?

quarta-feira, junho 19, 2013


Sinopse: Este é um livro a duas vozes. De um lado, Alice, uma garota inteligente e sonhadora, que algumas vezes se sente deslocada em meio à multidão. De outro, Carlo, sensível e autêntico, diferente dos garotos de sua turma. Dois jovens corações que se veem diante do desafio de enfrentar um mundo adulto que ainda não conhecem. Alice e Carlo sempre foram amigos, daqueles que se entendem apenas com olhares e sorrisos, entretanto algumas de suas escolhas acabam levando-os a caminhos distintos. Alice conhece Giorgio e se encanta por ele. E Carlo é seduzido por Ludovica, uma das meninas mais populares da escola. Rumos que vão levá-los a vivenciar grandes descobertas e, quem sabe, ajudá-los a perceber que suas histórias, assim como as pessoas, não foram feitas para ficar sozinhas. 
 Skoob Avaliação Final:   Comprar: Compare os preçosLivraria SaraivaSubmarino

Aposto que vocês já ouviram aquela frase " Às vezes é preciso se perder para se encontrar".  Então mais ou menos por esse principio que  Alice e Carlo vão descobrir mais sobre eles mesmo e o que ele querem para a nova fase que se inicia. Em meio a incertezas e escolhas  certas  em momentos errados eles descobrem que a vida adulta não é melhor nem mais bonita da que as que eles já viviam. 


Gosto de pensar nele dessa forma, como uma parede com uma rachadura. E eu serei o seu reboco. E ele meu paraquedas. - página 32 
Sabe aquele livro que você não sabe exatamente o que esperar, e tem uma grande surpresa quando  a cada página é como se você se encontrasse entre uma linha e outra. Visse fatos da sua vida narrado ali. Foi mais ou menos assim que me senti lendo esse livro.
Professor, cada um escreve o que pensa. Se enxerga branco, escreve branco; se é preto, escreve preto. Por  que deveríamos nos diluir? Deixem pelo menos o pensamento ser o que é! - página 96
Quem está passando pelo último ano do ensino médio ou já passou sabe o quão difícil é conciliar os estudos, a família, amigos, a pressão sobre o futuro e ainda achar lugar para o amor e para você mesma.  E é em meio a todo esse caos que acompanhamos Alice e Carlo  com seus 18 anos tendo que lidar com tudo isso ao mesmo tempo. O mais legal que conhecemos a versão dos dois dos fatos que eles vivenciam juntos e conhecemos mais o que acontece em momentos que um nos estava com o outro e como a estória de um casa com a do outro.
Tudo aquilo que lhe dá coragem é poesia, tudo aquilo que segura sua mão e lhe explica o mundo, que faz você se sentir menos só, que ajuda você a entender e a se perceber. - página 124
Esta é uma leitura agradável com boas referências musicais, uma boa dose de poesia e uma doce viagem pelas ruas de Roma ao encontro do amor próprio e do verdadeiro amor. Super recomendo a leitura! 
Você não me explicou nada: como é que se nasce, como é que se morre, como é que se pode manter vivo um amor, como é que nos tornamos idiotas quando ficamos à espera de um telefonema,de uma mensagem, de um sinal; como é que se briga com a vida quando ela não nos respeita. - página 96



Você Pode Gostar Também

6 comentários

  1. não conhecia o livro! Fiquei com vontade de ler!! *-*

    Adolecentro

    ResponderExcluir
  2. Não sei se faz muito o meu estilo, mas gostei da resenha. Parece ser uma leitura leve, né?

    Beijinhos

    www.burguesinhas.com.br

    ResponderExcluir
  3. Parece ser bastante interessante , muito obrigada pela dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia o livro e nem a autora, fiquei afim de ler.
    De: Adolescente Para: Adolescente

    ResponderExcluir
  5. Também não conhecia o livro, nem a autora! Vou procurar saber mais um pouco!
    http://moda-teensworld.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. http://becaamonteiro.blogspot.com.br/ Quem puder ajudar, to começando agora! Sigo de volta, é só pedir nos comentário.

    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.