Charlotte Street

quinta-feira, agosto 23, 2012


Sinopse: Tudo começa com uma garota... (porque sim, sempre há uma garota...) Jason Priestley acabou de vê-la. Eles partilharam de um momento incrível e rápido de profunda possibilidade, em algum lugar da Charlotte Street. E então, em um piscar de olhos, ela partiu deixando-o, acidentalmente, segurando sua câmera descartável, com o filme de fotos completo... E agora Jason — ex-professor, ex-namorado, escritor e herói relutante — se depara com um dilema. Deveria tentar seguir A Garota? E se ela for A garota? Mas aquilo significaria utilizar suas únicas pistas, que estão ainda intocáveis em seu poder... É engraçado como as coisas algumas situações se desenrolam...

Adicione no Skoob Onde comprar: Compare preços  
Avaliação final: 

Charlotte Street é um livro que nos leva penas inúmeras ruas de Londres em busca do amor. Uma caçada divertida e inteligente, que nos leva a pensar sobre quem realmente somos e o que queremos e sobre aquela possibilidade que deixamos passar de vez em quando pelo simples medo de tentar.


Jason Priestley, 32 anos, ex-professor, ex-namorado, escritor, cheio de dúvidas sobre que rumo dar a sua vida, mas vê sua vida mudar quando conhece uma garota no centro de Londres , mas precisamente em Charlotte Street. Tudo aconteceu muito rápido, mas tempo suficiente para que algo mudasse dentro de Jason e uma chama de esperança se acendeu dentro dele, algo que traria cor para seus dias cinza.


"LONDRES  NO VERÃO É IMBATÍVEL.  É como se a cidade aparecesse depois  de se esconder do Sol. As coisas que você nota, as pessoas que você vê, a tranquilidade instantânea que suaviza a cidade e desacelera a hora do almoço." - Página: 170 - 171


Do encontro rápido com a garota, Jason fica com sua câmera descartável 35mm, com o filme de fotos completo, que ela acidentalmente deixa para trás. A partir daí ele com seu melhor amigo Dev começam a juntar as peças do quebra-cabeça que são as fotos da garota misteriosa e ver onde elas o levaram, quem sabe com sorte e uma pequena ajuda do destino direito para a dona delas. 

Nessa procura pela A Garota, Jason terá que rever alguns assuntos pendentes em sua vida, como sua relação com sua ex - namorada que agora está noiva e grávida, com sua chefe Zoe, com seu antigo emprego como professor, e com as novas pessoas que ele vai conhecer ao longo da história. 


"Então é das antigas. Mas tem alguma coisa a mais sobre ela. É uma nostalgia instantânea.  É como se aquelas fotos significassem alguma coisa, pois elas foram planejadas. Não é como aquelas bilhões que você tira com o celular ou com o que quer que seja. Aquelas fotos são papéis de parede. Descartável é permanente."  – página 189


O livro não narra uma estória de amor convencional, apesar de começar com o garota que encontra a garota e tudo muda. Tudo acontece de uma maneira indireta, sempre mantendo o mistério e a curiosidade sobre o que vem a seguir. Londres foi uma ótima escolha para ser o plano de fundo, agregando mais encanto ao enredo. 

A estória é contada em primeira pessoa por Jason Priestley, e há momentos em que ele conversa diretamente com o leitor, deixando tudo mais familiar, como se fosse algo que acontece com aquele nosso amigo que a tempos não tínhamos noticia e de repente ele surgi com uma história no mínimo inusitada e divertida, que não nos resta outra saída a não ser ouvir e nos divertir com suas aventuras e tropeços em busca ao que vai mudar sua vida. 


"Eu gostaria de ter um sonho para seguir. Um que fosse prático. Não apenas um sonho para sonhar, mas um sonho para torna realidade." Página 258


Dev sem dúvidas foi o personagem que mais gostei, ele é excêntrico e bem humorado, um tanto impulsivo e sonhador sem esquecer muito nerd. 

Os capítulos em sua maioria são longos o que podem deixar a leitura um pouco cansativa e as vezes a narrativa se torna massante, mas nada que atrapalhe muito. Em alguns capítulos temos pequenos posts do blog que A Garota da câmera descartável escreve que posteriormente vão fazer muito sentido,conforme vamos descobrindo novas pistas. 

O que mais gostei do livro foi a criatividade de trazer um romance de uma maneira totalmente diferente do conversacional, personagens reais daqueles que a gente facilmente se identifica, com seus dramas cotidianos e conflitos internos que no fundo precisam só de um pouco de esperança e alguém para mostrar o caminho.


Curiosidade:  Charlotte Street teve seus direitos comprados pela  Working Title Films e em breve devemos ver a estória no cinema. 


Você Pode Gostar Também

9 comentários

  1. Quando estiver no cinema quero ver. Beijo

    ResponderExcluir
  2. Aii deve ser bem legal o livro!!
    Beijos Emilia. Não conhecia vou procurar.
    Beijos

    http://coffemilia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Muitooo bom mesmo! Estou muito louca para ler esse livro...de tanto que a NC fala dele eu fico pirando!^^
    Beijocas!
    http://palomaviricio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia e adorei a sinopse, com certeza vai pra minha listinha! Sou louca por Londres, acho que vou gostar. Adorei teu blog, muito fofo ^^

    Beijinhos!
    http://ruivices.com

    ResponderExcluir
  5. Adorei! Quero esse livro!!!

    Beijos!
    Cah. - Meu mundo é Colorido

    ResponderExcluir
  6. Sinceramente, prefiro livros narrados por menina, porque sempre me identificou melhor com a história, e este é um dos pontos que achei negativo. Outro ponto foi o fato de os capítulos serem longos, tornando a leitura cansativa.
    Tirando isso, parece se um bom romance, e fiquei com vontade de ler. A capa é perfeita e Londres é o cenário ideal para uma história de amor!

    ResponderExcluir
  7. Vai ter filme? Já guardei meu assento no cine! Gostei do livro e espero poder lê-lo em breve. Muito fofo!

    ResponderExcluir
  8. PErcebi que você gostou muito do livro, e estou querendo muuito. Eu acho muito legal essa abordagem do autor. Eu já li tantas resenhas do livro em tão pouco tempo, que ele já esta sendo um dos livros que estou desejando. Eu tô louquinho para lê-lo. Mas é verdade todos os livros tem um tempinho onde fica-se um pouco cansativo ler não é? Então, isso deixamos de lado, e, passamos pro meu desejo de ter o livro...

    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Já tinha ouvido falar sobre esse livro, parece ser super legal.
    Beiijos:)
    http://cartasp-voce.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.