Resenhas

Entretenimento

Receitas

O Décimo Terceiro Andar

by - segunda-feira, junho 24, 2019

     @jmason

Do décimo terceiro andar olho pela minha janela e vejo que daqui de cima tudo é tão pequeno e insignificante.  Por um momento me sinto poderosa, incrível, invencível. Mas é só voltar a olhar para baixo para perceber  que não sou tão diferente daquelas pessoas. Não é porque estou em uma posição mais alta que isso me faz maior, melhor.

Dizem que quando mais alto maior o tombo, mas é praticamente impossível pensar com os pés no chão quando encontramos algo que nos leva às alturas. Comecei de baixo e aos pouco fui subindo, andar por andar, até chegar  a cobertura.

Quanto mais eu subia mais as portas iam se abrindo e com elas novas possibilidades. Porém o que não me avisaram é que quanto mais longe eu chegasse mais difícil as coisas seriam.  Às vezes a gente acha que estar no comado é algo libertador, mas nem sempre é assim que as coisas acontecem. Quando você tem uma posição de destaque as pessoas criam expectativas, elas te admiram, te invejam, mas na maioria das vezes querem seu lugar, te ver cair, falhar da pior maneira possível.

É você quem manda, mas se você não souber fazer direito não é só a sua vida que está em jogo, todos contam com você, porém nem todos estão dispostos a te ajudar quando as coisas ficam complicadas. Acabam-se as férias, os finais de semanas livres para curtir com a família e amigos, as noites de sono. Tudo o que resta são reuniões, sorriso forçados e apertos de mãos nada confiáveis.

Era a vida dos sonhos, quem não gostaria de chegar ao décimo terceiro andar!? O céu é o limite era o lema, e quando digo céu me refiro ao último andar do prédio mais cobiçado da cidade, quiçá do país. Chegar até lá era como desbravar uma floresta intocada apenas com as mãos enquanto reúne forças para lutar com gladiadores e seus leões no meio do caminho.

Pois é eu venci cheguei ao lugar mais alto que podia e ainda tenho que matar no mínimo um leão por dia para me manter aqui. Então sim, às vezes quando me sento em minha cadeira e olho pela janela  me sinto poderosa, incrível, invencível, mas também me lembro que ainda sou pequena em um mundo de gigantes.




Você também pode gostar

8 comentários

  1. Texto muito interessante. Faz-nos refletir, principalmente para aqueles de nós que trabalham arduamente para chegar ao topo e que pensam que quando lá chegarem, o mundo se transformará num mar de rosas.

    ResponderExcluir
  2. A gente sempre escuta por aí que o mais difícil não é "chegar lá" - não importa onde é o "lá" particular de cada um - mas sim se manter nessa situação. Quanto mais alto não só maior a queda, mas também mais difícil é segurar a barra... Principalmente quando o caminho não foi dos mais fáceis!
    Eu amei toda a reflexão e comparações do texto, um "ninguém é melhor do que ninguém" visto dos dois lados da moeda.

    ResponderExcluir
  3. Texto apaixonante e reflexivo. O décimo terceiro andar me fez recordar de algo, não sei se é porque já morei nesse andar, ou se é um nome de um livro ou filme. Mas quando vi esse título logo pensei: "Vem bomba por aí", e veio mesmo.
    Acredito que todos somos pequenos e não há gigantes. Talvez eles possam existir num mundo econômico e capitalista, mas nem tudo é só dinheiro, não?

    ResponderExcluir
  4. Isso tudo é muito louco, né? O sucesso, as realizações têm sua parte boa, que nos traz felicidade, mas tudo vem com um certo peso, ou responsabilidade. Essa cobrança do outro sempre vai existir, principalmente quando estamos em destaque. O importante é sonhar, aproveitar mas ter sempre os pés no chão e a cabeça no lugar. Belo texto 💛

    ResponderExcluir
  5. Adorei o texto, tem razão, mesmo chegando tão alto, para nos manter aonde chegamos ainda temos que enfrentar diversos obstáculos, é ótimo para refletir!! <3
    Beijos - Giovanna Otuka
    www.giovannaotuka.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Adorei seu texto. Lidar com pressão e inveja não é fácil. Temos que ter muito autoconhecimento para não deixar que os outros nos destruam.

    Espero que você continue subindo cada vez mais ❤

    ResponderExcluir
  7. Pra se chegar ao topo mata-se um leão por dia, depois no topo é no mínimo 3 leões que você mata no café da manhã !!

    ResponderExcluir
  8. Nós somos sim invencíveis! Basta acreditar nisso e ser confiante, e sim, continuar matando um leão por dia. Adorei o texto!

    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.