Com a caneta na mão...

by - sexta-feira, julho 13, 2018


Era triste ver como ela desconhecia seu real potencial. Mais triste ainda era eu não passar de um mero expectador... 

Tem dias que a gente acorda com a sensação de que aquele será o dia que mudará nossas vidas. Naquele dia em especial acordei assim, certo de que algo aconteceria. Levantei mais cedo que o habitual e sai para correr, ou pelo menos tentar. Apesar de morar a mais de 5 anos naquele bairro eu nunca o havia explorado. Coloco os fones de ouvido e corro no ritmo da música enquanto uma brisa leve acaricia meu rosto.  Então eu a noto. 

Do outro lado da rua está a pessoa mais incrível que eu já havia visto na minha vida. Ela está sentada em uma mesa  na parte da frente de uma cafeteria, tenho como companhia um notebook, um caderno, uma caneta e uma xícara.  Seu olhar é distante, mas sua mão está em um ritmo frenético. Sou tomado pela curiosidade. E eu que nem gosto de café me vejo entrando no estabelecimento e pedindo uma xícara. 

O que foi um feliz acaso, se tornou uma hábito. Todos as manhã eu saia para correr e lá estava ela escrevendo.  Certo dia acho que ela se descuidou e um folha de papel acabou se separando das demais e indo parar perto do balcão onde eu fazia meu pedido, antes que eu pudesse me dar conta um sorriso brotou em meu lábios e sem que ninguém percebesse peguei a folha e sai. 

Como ela era talentosa! Já nas primeiras linhas e me vi ansiando por mais. Era como se ela pudesse dar vida as palavras através da caneta.  Tudo era tão mágico, tão real. Mas quem era ela? Eu ainda não sei, mas espero um dia saber e poder fazer parte de suas histórias. 



Você pode gostar

9 comentários

  1. Daqueles momentos que a gente não abre mão né?rs
    É nos descuidos da vida que trombamos com pessoas incríveis.. mas nem todos estão prontos pra notar. :)

    ResponderExcluir
  2. Amo esses acasos 💕
    Que delícia ler um texto assim, leve, interessante e muito bem escrito! Amei, parabéns! 😍

    ResponderExcluir
  3. Oie, adorei o projeto escrita criativa. O texto está muito bom e envolvente, já quero ler mais. Beijo.
    Mirela Alícia - http://mirelaalicia.com/

    ResponderExcluir
  4. Que texto lindo! São exatamente nesses momentos inesperados que encontramos pessoas que fazem a diferença, né? <3 Você escreve muito bem! Parabéns pelo post!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. ahhhhhh que lindo, tens muito talento! simplesmente amei

    ResponderExcluir
  6. Esse é aquele tipo de conto que me faz ficar imaginando desfechos para a história hehe. Ficou uma graça, moça! Essas premissas mais simples tem me encantada ultimamente. Continue escrevendo *-*

    ResponderExcluir
  7. Ahhh amo esses textos, e amo mais ainda os “acasos” da vida 😍😍

    ResponderExcluir
  8. Que texto mais deliciosooo, de verdade me tocou viu!

    ResponderExcluir
  9. Fiquei apaixonada por esse texto do começo ao fim.
    Muito legal a ideia do projeto, colocar nossos sentimentos no papel enriquece nossa mente!

    Beijão!

    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.