Vermelho Como O Sangue

by - quinta-feira, fevereiro 15, 2018


No congelante inverno do Ártico, Lumikki Andersson encontra uma incrível quantidade de notas manchadas de vermelho, ainda úmidas, penduradas para secar no laboratório de fotografia da escola. Cédulas respingadas de sangue. Aos 17 anos, Lumikki vive sozinha, longe de seus pais e do passado que deixou para trás. Em uma conceituada escola de arte, ela se concentra nos estudos, alheia aos flashes, à fofoca e às festinhas dominadas pelos garotos e garotas perfeitos. Depois que se envolve sem querer no caso das cédulas sujas de sangue, Lumikki é arrastada por um turbilhão de eventos. Eventos que se mostram cada vez mais ameaçadores quando as provas apontam para policiais corruptos e para um traficante perigoso, conhecido pela brutalidade com que conduz os seus negócios. Lumikki perde o controle sobre o mundo em que vive e descobre que esteve cega diante das forças que a puxavam para o fundo. Ela descobre também que o tempo está se esgotando. Quando o sangue mancha a neve, talvez seja tarde demais para salvar seus amigos. Ou a si mesma.
📖Skoob  👍Avaliação Final: 

Vermelho Como O Sangue é  o primeiro volume da trilogia Branca de Neve, da escritora finlandesa  Salla Simukka, publicado aqui no Brasil pela editora Novo Conceito. Este é um livro que chama a atenção logo de cara. Um título sugestivo alindo a uma capa um tanto quando misteriosa e a proposta de apresentar uma releitura da história da Branca de Neve, mas com uma pegada mais sombria e menos conto de fadas, é a combinação perfeita nos deixar curiosos pela leitura. 

Desculpe, mãe. Nem mesmo você pode saber ou controlar tudo. Às vezes, precisamos apenas correr. 

A sinopse já nos conta tudo que precisamos saber da história sem que tenhamos nossa experiencia de leitura comprometida, então não vou entrar em detalhes sobre a trama. Porém posso dizer que Vermelho Como O Sangue entrou para a minha lista das leituras mais difíceis de se concluir. Como disse anteriormente ele nos apresenta uma premissa interessante um pouco de drama, suspense e um mistério a ser solucionado, um conjunto de características capaz de nos empolgados e criar um certa expectativa. 


Porém infelizmente não é isso acontece, pelo menos não funcionou para mim.O que encontrei ao longo das 240 páginas foi uma história confusa, com personagens nada carismáticos e uma escrita cansativa. Apesar de temos no enredo assunto como tráfico e uso de drogas, corrupção e bullying, os assuntos não são trabalhados com maestria e acabando se perdendo em meio aos vários acontecimentos que não fazem muito sentido.  

Dentro de você, há sempre uma parte sua que ninguém pode tocar. Você é você. Você é sua e dentro de você está o universo. 

Como este é o primeiro livro da trilogia acredito que talvez aos coisas melhorem e algumas resposta sejam apresentadas deixando tudo mais claro nos próximos volumes.  O segundo livro Branco Como A Neve já foi lançado e espero dar uma chance para ver se a autora pode me surpreender uma vez que não tenho nenhum expecta para leitura. Já Preto Como O Ébano, o terceiro volume ainda não foi lançado por aqui. 


Apesar de não ter sido uma leitura incrível para mim, acredito que para os fãs de Thriller, talvez essa seja uma boa aposta quando se busca um livro curto para passar o tempo. Agora me contem alguém já leu? Se sim qual foi sua experiência durante a leitura? 


Você pode gostar

9 comentários

  1. As fotografias estão incríveis!!
    O livro parece muito interessante, iremos considerar a leitura!!

    Vamos seguir, para estarmos a par dos novos livros!

    http://me-myself-and-her.blogs.sapo.pt/

    ResponderExcluir
  2. Achei a sinopse muito interessante, mas já desanimei quando li o resto do post, hahaha! É bem triste ter assuntos incríveis e que podem ser bem explorados em uma história e isso não acontecer :(
    Como no final você disse que pode ser uma boa pra quem gosta de Thriller e eu sou apaixonada por esse gênero, acabei me animando mais!
    Sem contar que por ser uma releitura de um conto clássico, já ganha meu coração, hahaha!

    Cheiro de Pipoca

    ResponderExcluir
  3. Ainda não conheço esse livro, mas pela trama me despertou a curiosidade em ler.
    Big Beijos
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia o livro, mas estou encantada pela a fotografia que fizeste, está incrível, parabéns pelo o trabalho. Fiquei interessada em ler, gosto de livro assim

    ResponderExcluir
  5. Gosto de releituras de contos de fadas mas seria um tipo de livro no qual eu não iria conseguir ler por ser do estilo thriller. A sua resenha foi muito boa e amei as suas fotos do livro. É uma pena que o livro tenha decepcionado um pouco até porque pela capa e pela sinopse parecia que era muito bom. Espero que os próximos sejam melhores.

    Beijinhos ;)

    O Mundo de Eulália

    ResponderExcluir
  6. Eu ainda não li, na verdade nem conhecia a trilogia. Adoro demais releituras de conto de fadas e quando vc falou isso fiquei toda empolgada, mas conforme fui lendo sua resenha e sua opinião final fiquei meio desanimada rsrs confesso que tenho muita dificuldade de ler livros arrastados rsrs

    ResponderExcluir
  7. Poxa fiquei super empolgada e depois murchei 😂😂😂
    Pena que ele não é cativante, uma história que tinha tudo pra ser envolvente!!

    ResponderExcluir
  8. O bom de ler resenhas é que pode-se conhecer novas histórias, enredos, gêneros e títulos, mas quando se trata do ponto negativo é que os resenhistas dão seu ponto de vista e dizem caso o livro seja ruim ou não, mas até que me interessei parece haver um suspense que vale a pena dar uma chance. Algumas vezes o segundo pode ser melhor que o primeiro. :)
    Vou dar a chance para essa trilogia! *-*

    ResponderExcluir
  9. É um enredo interessante, fiquei cuiriosa pra saber se teria a mesma opnião que a tua lendo. Mas não me pareceu nada de releitura de Branca de Neve.

    Bites!
    Tary Belmont

    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.