E seu nome é Jonas

sábado, dezembro 16, 2017


Antes de mais nada queria dizer que não sei o motivo de não ter falado sobre esse filme aqui no blog antes, sendo que ele traz uma mensagem super necessária nos dias atuais.  Mas graças ao tema da redação do Enem deste ano que foi "Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil" me lembrei desse filme e revolvi compartilhar por aqui. 


E seu nome é Jonas (And your name is Jonah) é um filme estadunidense de 1979, que apesar de ter se passado 38 anos de sua estreia ainda aborda um triste realidade. Depois de passar alguns anos em uma instituição que trata os mais variados tipos de deficiência, tendo sido diagnosticado como um “retardado mental”, Jonas ganha uma segunda chance ao receber o diagnostico correto. Na verdade o real diagnóstico é que ele possui apenas surdez. Com essa descoberta a família busca um meio de ajudar o filho a se comunicar com o mundo. E nessa busca eles passam a aprender a se comunicar usando a linguagem de sinais, mas não pense que isso será uma tarefa fácil. 



Depois de muitas idas e vindas (você terá que assistir para ver todo o caminho a ser percorrido), Jonas é matriculado em uma escola de surdos que utilizava a Língua de Sinais, e ao perceber que as outras crianças possuem características iguais as suas, se comunicando entre si, ele se sente como uma "criança normal". 


Esse filme é bastante trabalho em sala de aula devido aos temas abordados, inclusive conheci o filme em uma aula de livras na faculdade. Entre os vários temas retratados temos o preconceito da sociedade, da família, o impacto de um diagnostico errado, e o principal de tudo, ausência de informação e conhecimento sobre a criança surda e sua adaptação ao meio social.

E seu nome é Jonas é aquele tipo de filme que nos ajuda a entender um pouco mais sobre um assunto pouco trabalhado na mídia e até mesmo nas escolas, apesar dos avanços. Como estamos naquele período do ano onde se torna comum a reflexão, empatia, acredito que essa seja uma história super válida para começar 2018 com uma nova visão. 

Me contem alguém já assistiu ao filme? Se sim o que achou? Conhece algum filme com uma temática que vale a pena conhecer? Conte-nos nos comentários. 




Você Pode Gostar Também

0 comentários

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.