Life Is Strange

segunda-feira, setembro 11, 2017

Sabe aquele jogo que te conquista antes mesmo de você ter a oportunidade de joga-lo? Então Life Is Strange pode se encaixar perfeitamente nessa lista e me pergunto o motivo de ter demorado tanto tempo para vir aqui e compartilhar essa dica com vocês. Quando ele foi lançado lá em 2015 ele foi bastante comentado e elogiando pela proposta de você poder decidir o rumo que a história irá tomar.  

Life Is Strange é um jogo no estilo escolha e consequência, ou seja cada ação que você faça terá uma reação equivalente no futuro. Ele é dividido em cinco episódios, disponíveis para para PC, PlayStation 4, PS3, Xbox One e Xbox 360.   A dublagem é em inglês, mas possui legenda em português então é bem tranquilo de acompanhar. A jogabilidade é bem tranquila, no início pode parecer confuso, mas em poucos minutos você já pega a prática.  


“Uma coisa tão Simples, quanto o bater de asas de uma borboleta, pode causar um tufão do outro lado do mundo.” 

A história é centrada em Max Caufield, uma estudante de fotografia que descobre possuir a habilidade de voltar no tempo a qualquer hora, podendo refazer cada escolha sua e assim mudando também as consequências de seus atos, mas isso não significa que as coisas irão ficar melhores (quem aí lembra do filme Efeito Borboleta?). Com essa nova habilidade Max acaba reencontrando e se reaproximando de Chloe, sua melhor amiga de infância, juntas elas vão investigar o desaparecimento de uma jovem local e tentar impedir a destruição da cidade.

Como jogadores assumimos a responsabilidade pelas ações durante o jogo e vamos acompanhando o desenrolar da trama. Ao final de cada episódio temos a oportunidade de ver quais escolhas nossas tiverem uma consequência significativa e quais eram as outras opções de escolhas, assim como a porcentagem do número de pessoas que fizeram a mesma escolha que a nossa.  



A cada novo episódio a complexidade aumenta e cada detalhe é importante. Então não tenha medo de ser curiosa, explore os cenário, converse com os personagens secundários. Uma dica tenha um bloco de anotações por perto, vai por mim isso vai te ajudar ao longo do jogo. A trilha sonora original é um dos destaques do jogo, o que deixa a experiencia ainda mais incrível, aposto que você vai querer adicionar várias, para não dizer todas em uma playlist.

Como o jogo é baseado em escolhas provavelmente o final que você chegará será provavelmente diferente de um amigo seu. Confesso que com o avançar dos acontecimento fiquei surpresa com algumas revelações e fiquei me questionando quais ou outros possíveis finais para a trama. Um das coisas legais que ele apresenta é que ele traz três opções para salvar ou jogo, ou seja você pode ter três jogos distintos ou jogar três pessoas cada um como seu jogo pagando por apenas 1. 


E para finalizar não se engane achando que este é apenas mais um jogo que explora viagem no tempo. Muito pelo contrário ele explora o o cotidiano de jovens que vivem em extremos, a diferença de ideologias, a importância da amizade e de saber que você não está sozinho no mundo, ele também traz temas pesados como abuso – tanto físico quanto psicológico (não sei se indicaria por este motivo para todo mundo). Como este mês temos o Setembro Amarelo (que é uma campanha de conscientização a prevenção do suicídio), acredito que esse jogo traga uma visão interessante do assunto, afinal a gente nunca sabe o que outro está passando e as vezes a nossa indiferença pode ser um grande agravante. No jogo vocês poderão perceber que muitas vezes a não interferência da Max traz consequências bem tensas.

Ficou curiosa? Aproveita que o primeiro episódio está grátis lá na  Steam. Life is Strange - Episode 1.  Agora me contem alguém já jogou? Se sim o que achou da experiencia? 

obs: Recentemente foi lançando o Life Is Strange: Before the Storm que conta os acontecimento antes deste jogo, onde temos como protagonista a melhor amiga de Max, a Chloe, mas esse já é um assunto para outro post. 


Você Pode Gostar Também

3 comentários

  1. E sou louca por conhecer esse jogo melhor mas ainda não tive a chance de jogar. Há alguns meses trás estava de graça na PSN Plus no PS4, peguei pela conta do meu namorado, mas tive que tirar do video game por pouco espaço. Saudades da época em que era só comprar o jogo e colocar no video game e pronto XD Eu fiquei muito apaixonada pelo visual da Chloe e queria muito conhece-la melhor. Eu já joguei um jogo chamado Until Dawn, que também é desses jogos de escolhas e eu acho muito legal.

    Bites!
    Tary Belmont

    ResponderExcluir
  2. Bom, faz muito tempo que não jogo video game, e gosto muito de jogos de RPG (ou MMO) e relacionados a música ou missões, etc. Esse me interessou, mesmo que parecido não acho que chega perto de The Sims (sinceramente não vi muita graça), mas me chamou a atenção (até porque assisti vários filmes da trama Efeito Borboleta). Achei bacana e aquela mocinha de cabelinho azul eu super "xonei" nela, *O* ... Será que dá para casar com ela? HUAHUAHUAHUA
    Sinceramente: GOSTEI MUITO!

    Até mais! O/
    Karolini Barbara

    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.