Aquilo que meus olhos não veem

segunda-feira, julho 03, 2017


O que os olhos não veem o coração não sente.  O que os meus ouvidos escutam enquanto a tua boa mente eu insisto em não querer ver.  Você me diz que o amor é isso, é se jogar em um precipício de olhos vendados e confiar que lá embaixo está alguém preparado para te segurar. 

Você mente e eu  minto dizendo que acredito. Mas como manter de pé um relacionamento onde seu alicerce foi construído em um teia de mentiras? Porém você me diz que amar é isso, proteger o outro da verdade cruel do mundo. Mentiras sinceras, verdades omissas essa era sua política. 

Mas depois de algum tempo se fez necessário tirar a venda, e me deparei com uma realidade que apesar de não querer ver eu sentia que ela existia. Mas que por algum motivo eu me recusava a encara-la. Aquilo que meus olhos não veem apesar do que dizem eu sinto, e não sinto pouco. É uma dor crescente, um vazio de algo que a cada dia é perdido, solidão acompanhada, frio em dia quente. 

O amor talvez nos cegue, mas o amor certo nos faz ver claramente. Depois de alguns anos descobri com você que só o amor próprio, aquele amor dos primórdios até então deixado de lado é que permite ser verdadeiramente livre e amar de forma verdadeira  quem se escolhe para caminhar junto, construir um futuro, mas você certamente é o cara errado para dividir o passo, para se ter do lado na saúde e na doença, agora e para sempre.







Você Pode Gostar Também

10 comentários

  1. Que texto lindo com aquele toquezinho interessante, sabe? Me pesou muito em uma parte de relacionamento tóxico e de como ficamos cegas, a romantização do relacionamento complicado, pesado e difícil é tão grande na nossa vida que nos prendemos em relações assim e nem percebemos. Beijão

    Quero ser Miranda

    ResponderExcluir
  2. Falou tudo e mais um pouco rsrs. As vezes é bom não ver nada, pra não sofrer por algo que não seja tão bom.
    Seguindo https://blogdajenny2014.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Às vezes nós acabamos tapando nossos olhos para não enxergar o que está acontecendo na nossa frente, porque é algo mais fácil, principalmente quando o assunto é relacionamento afetivo, talvez pelo medo de ficar sozinho ou pela dificuldade de reconhecer quando se está em um relacionamento tóxico. Mas temos que ter consciência de que, mesmo que doa, o melhor é conhecer a realidade.

    http://lenabattisti.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oiie

    Amei o texto!! É... realmente tem situações em que preferimos "não ver". É como se no íntimo entedessemos tudo que estamos passando, mas a verdade é tão dolorida...

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. "Você mente e eu minto dizendo que acredito"
    Boa escolha de palavras. Senti cada palavra escrita. Muito bonito. Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem? Que texto diferente. Fico admirada com a criatividade que esse projeto proporciona. É possível pegar uma palavra, situação, ou acontecimento e transformá-lo no texto incrível. Parabéns. Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  7. Ual! Que texto! Achei bem real. Deu para sentir direitinho o que você quis passar com o texto. Gostei muito!
    Um beijo!

    www.brincandodeolivia.com

    ResponderExcluir
  8. As vezes a gente finge que não vê pra não se magoar e no fim se magoa o dobro, porque foi omissa e perdeu tempo em coisas que não valiam a pena. O texto é bem sincero e retrata uma realidade comum, infelizmente né? As pessoas precisam aprender a se amar primeiro, porque valor é a gente que determina.

    =D

    ResponderExcluir
  9. Ane, acho linda a sua sensibilidade! :D
    Você retratou a libertação de um relacionamento abusivo de maneira tão carinhosa que é bacana de se ver. No fundo, livrar-se da dor e se reconhecer como pessoa é um processo bonito. Você conseguiu captar isso com o seu texto!

    Beijos,

    Algumas Observações

    PS: Volta, mulher! Ayumi e eu estamos preocupadas :/

    ResponderExcluir
  10. Um relacionamento com mentiras não pode ir muito longe, por isso você fez muito certo de terminar tudo logo, enquanto há tempo. Pois quanto mais o tempo passa, mais as feridas e as cicatrizes vão se aprofundando. Vão formando uma teia com fio invisíveis, difíceis de se desvencilhar. Sucesso. Bjs!

    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.