As mentiras que nos contam

segunda-feira, abril 18, 2016

Desde muito cedo aprendemos que é errado mentir ao mesmo tempo que nos são contadas milhares de mentiras. As tais mentirinhas boas, as que não fazem mal a ninguém, mas aí eu te pergunto desde quando existe mentira boa?

A mentira é como um analgésico usado na hora errada. Ela mascara a nossa dor nos impedido de tratar aquilo que realmente nos fere. Deixa que soframos em silêncio um mal que até então não tínhamos conhecimento e um dia quando nos damos conta a doença já está enraizada em nosso corpo e muitas vezes os danos causados são fatais. 

Uma vida que deixou de ser vivida e se tornou apenas um reflexo de algo que poderia ter sido se não houvesse tantos poréns. Porque você nunca vai ser tão boa quanto eles, seu cabelo nunca será tão bom quando eles dizem que deve ser, sua pele nunca estará no tom certo e não aceita os tons do arco-iris, sua roupa sempre vai valer mais que a sua essência, você nunca será feliz sozinha, suas escolhas nunca serão suas e acredite seu corpo não são suas regras. Dizem que você é muito nova para realizar e velha demais para sonhar, rotulam tudo para te limitar, para impedir que você seja você, que seja algo mais, que seja incrível, invencível. Eles têm medo que você seja melhor do que eles já foram então eles mentem, a sociedade te engana, porque um dia também foi enganada e vira um circulo vicioso, como aquele professo chato que pega no pé dos alunos porque um dia teve um professor que fez o mesmo com ele. 

Sinceramente estou cansada. Tudo anda tão difícil e o fardo tão pesando que está ficando impossível continuar a caminhar.  Mas hoje isso acaba. Juntei todas as mentiras que me foram contadas e as que eu ainda vou contar as coloquei em uma mala, as fechei a sete chaves e a mandei em uma viagem sem voltar. Me senti mais leve, livre e feliz quem sabe. Ao assumir que todas aqueles mentiras não eram verdade pensei que isso me destruiria, mas fiquei feliz ao descobrir que  na verdade isso era uma mentira. No fim eu fiquei mais forte. Enfim eu poderia ser a verdadeira Alice e construir meu país das maravilhas e deixar para trás a aquele outra que cresceu e aprendeu a viver em um país de mentiras. 




Este texto faz parte do Projeto Escrita Criativa. Para conhecer o projeto clique aqui.

Você Pode Gostar Também

3 comentários

  1. "A mentira é como um analgésico usado na hora errada. Ela mascara a nossa dor nos impedido de tratar aquilo que realmente nos fere." OMG! Muito bom, parabens pelo texto. <3

    http://www.verdadeescrita.com/daqueles-textos/

    ResponderExcluir
  2. Adorei o texto! É deprimente esse ciclo vicioso de mentiras que nos cercam :/

    ResponderExcluir
  3. Oi Ane,
    O meu texto acabou chegando nessa pressão que colocam na gente sobre o devemos ser também. Gostei da forma como você se livrou dessas mentiras todas, porque só assim podemos viver plenamente. Sem toda essa pressão.

    Parabéns pelo texto!

    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.