Bolsas, Beijos e Brigadeiros

quinta-feira, dezembro 18, 2014

Bolsas, Beijos e BrigadeirosMelissa é uma jovem e impetuosa jornalista, que vive de escrever suas deliciosas aventuras por belas e curiosas cidades do mundo. Em uma nova fase de sua vida profissional, ela viaja á Europa em busca de cenários para as suas matérias e também de suas raízes italianas. Em meio a essa instigante jornada, além dos percalços comuns a uma mochileira no Velho Mundo, Melissa precisa lidar com a distância de seus familiares queridos, principalmente de sua mãe - grávida de um filho temporão -, e os misteriosos sumiços de seu namorado, Théo. O que será que ele esconde? Por que desaparece sem deixar rastros e reaparece como se nada tivesse acontecido? É o que o leitor irá descobrir ao ler este saboroso romance misto de guia turístico da Europa. 
Skoob   Avaliação Final: 

Bolsas, Beijos e Brigadeiros é a continuação do livro  Malas, Memórias e Marshmallows da autora nacional Fernanda França, ambos lançados pela Editora Planeta. Antes de iniciar a resenha propriamente dita gostaria de dizer que eu não sabia que esse livro era uma "continuação", então minha resenha pode ser um tanto quanto falha, apesar que não ter lido o livro anterior não atrapalha muito a leitura, por a protagonista está vez ou outra relembrando fatos do seu passado. 

Melissa é uma jovem de vinte e poucos anos que ainda tem tem sua vida resolvida, tem uma péssima memória, mas apesar disso é uma boa amiga, namorada, enfim uma boa pessoa. Ela viaja para a Europa a trabalho para escrever o Europa sobre trilhos, basicamente vai ser um roteiro com dicas de viagens de lugares incríveis para conhecer na Europa, mas em meio ao trabalho, Melissa vai se aproximar de suas raízes italianas, se reaproximar do namorado Théo que vive pisando na bola, mas que mesmo assim ela ainda continua o amando... 
E se o amor tem rotas que às vezes divergem, agora sei que estamos no caminho certo. 
Achei a diagramação desse livro incrível, a proposta da história boa, mas não sei alguma coisa não me convenceu e confesso que a leitura deste livro para mim foi cansativa. Talvez por não conseguir me conectar com a protagonista, por não acha-la cativante, por ter pegado sua história no meio do caminho,  ou achar algumas situação forçadas.  

Adoro livros que nos fazem viajar através de suas páginas para novos lugares e nos fazem sentir como se estivéssemos ali vivendo junto com os personagens cada momento. Mas apesar de Melissa nos levar por vários lugares da Europa, não consegui me ver em nenhum desses lugares, na verdade me senti lendo um livro didático ou um guia turístico totalmente técnico. E isso me decepcionou um pouco, mas em compensação o fato de não conseguir me "sentir" nesses lugares me deu mais vontade de poder viajar e conhece-los.  
Quando algo tem de acontecer, os obstáculos não importam. O destino dá um jeito de se cumprir. 
A escrita da autora é boa, assim como a proposta da história, mas alguma coisa não convenceu ou me conquistou. Gostei dos personagens secundários, os achei divertidos, mas o casal protagonista  achei sem graça e mal resolvido. Uma coisa que achei legal é que durante a leitura fica claro para gente o título do livro, que por sinal achei super criativo e divertido. Espero ler Malas, Memórias e Marshmallows e quem sabe reler Bolsas, Beijos e Brigadeiros para ter uma melhor analise da história. 

Você Pode Gostar Também

1 comentários

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.