27 de mai de 2015

Viver: uma arte que se reinventa!

Web Imagem
 Por muitas vezes corri à janela para procurar aquele doce brilho de amanhecer e existir. Corria os olhos e ao meu redor havia somente árvores, cercas, carros e pessoas. Voltava para a cama ainda mais curiosa. Pois queria enxergar a beleza que o mundo falava ser a vida. 

Meu quartinho escuro era então meu refúgio. Abrigo contra a felicidade alheia que, por não ter em mim, me vinha de encontro e estilhaçava a alma que eu ainda mantinha viva dentro aqui dentro. Me sentia em guerra contra o mundo e contra mim mesma. 
Um dia porém, olhando pelas grades da janela, que há muito deixara de abrir, vi uma menina, bem pequena. Aparentava uns dez anos de idade. Ela me chamou a atenção porque ria sozinha brincando com umas folhas caídas das árvores. Umas verdes, outras já secas, algumas ainda nos galhos. Estranhei a forma boba como aquela menina ria. Como podia achar graça nas folhas de uma simples árvore!? Voltei a deitar e me adormeci ao som de suas gargalhadas. 

No próximo dia, veio um menino, brincou um pouco com as folhas e sorriu, tanto quanto a menina, mas se encantou mesmo foi com a cerca. Era de arame aquele com pequenos nós. Quando pequena me ensinaram que era arame farpado. Que graça haveria naqueles nós!? Não sei. Mas o menino ficou um bom tempo por lá. Comecei a pensar que minha loucura se tornara real. Não havia mais jeito para mim...

Foi então, que percebi que o menino e a menina eram irmãos e moravam na casa ao lado da minha. Estava há algum tempo sem alugar. As pessoas sentiam medo de mim porque eu nunca aparecia, mas com aquelas crianças estava sendo diferente. Porque vinham brincar justo em frente à minha casa?

Dia sim, dia não eles sempre me intrigavam com alguma questão. Acho que comecei achar normal tanta loucura, pois me peguei rindo da menina que se estabacara no chão....  Ora! Cadê a graça? 

Pois eles ouviram meu riso e correram à minha porta. Com cuidado abri. Sei lá o que queriam... "-Vamos brincar?" Me chamaram e saíram me puxando pelas mãos. Quando vi já estava lá, perto da cerca e das árvores e das pessoas e dos carros. De alguma forma o ar estava mais leve. Senti algo gelado no rosto e em seguida um arrepio fino. Uma sensação boa. Dei àquilo o nome de liberdade. E como uma folha que se enrosca no vendo me pus a rodar de braços abertos para o mundo alcançar. Mas, num descuido me estabaquei no chão. Todos riam e para minha surpresa eu também. Então olhei para minha mãe, que estava na porta de casa e vi sorriso e lágrimas em seus olhos. 

Depois daquele olhar de minha mãe, não pude enxergar mais nada a vida me levou para si. Mas naquele dia descobri o que era a tal alegria que eu buscava para aceitar estar no mundo. 

Boa reflexão!

26 de mai de 2015

5 curtas que você precisa conhecer


Eu já indiquei aqui no blog alguns curtas que valem muita a pena conhecer (veja aqui), e como ultimamente muitas pessoas não tem muito tempo para ver um bom filme ou simplesmente não tem paciência para acompanhar algo com mais de 90 minutos  resolvi trazer mais 5 curta-metragens para vocês conhecerem. 

Sinais

Uma poesia sensacional sobre os relacionamentos nos tempos modernos, cheio de virtualidade e distanciamento, que provoca medo e insegurança, mas que pode ser vencido com pequenas artimanhas. Ele lembra um pouco Paperman e é tão fofo quanto. 



25 de mai de 2015

iZombie

Ao que tudo indica os zumbis são os novos vampiros. Depois de The Walking Dead que tal conhecer uma nova versão onde ser zumbi não é algo tão ruim. iZombie  estreou em março deste ano e é uma adaptação da CW do quadrinho de mesmo nome da Vertigo, exibida todas as terças-feiras. A série traz uma proposta bem interessante sobre o que é ser um zumbi. 

24 de mai de 2015

>>>> DICA DE MODA <<<<: ESTILO LUMBERSEXUAL

O que significa ser Lumbersexual?

Lumbersexual é um termo de origem inglesa formado pela junção da palavra lumberjack ("lenhador", em português, também é sinônimo de lenha e madeira) e sexual, cujo significado se refere a um estilo de moda masculino em que predomina a aparência e o comportamento rústico. Na tradução literal, lumbersexual significa "lenhador sexy".



O lumbersexual é caracterizado por ter um apelo sexual bastante forte, remontando a imagem do clássico lenhador norte-americano, com calças jeans, camisa xadrez, barba por fazer e comprida, cabelo despenteado e poucas preocupações com sua aparência física.

23 de mai de 2015

Fingindo

Fingindo
Meu nome é Cade Winston. Aluno de mestrado em belas-artes, voluntário, abraçador de mães e seu namorado pelas próximas vinte e quatro horas. Prazer em conhecê-la. Com seus cabelos coloridos, tatuagens e um namorado que combina com tudo isso, Max tem exatamente o estilo que seus pais mais desprezam... E eles nem sonham que a filha vive assim. Ela fica em apuros quando seus pais a visitam e exigem conhecer o futuro genro. A solução que Max encontra para não ser desmascarada é pedir para um desconhecido se passar por seu namorado. Para Cade, a proposta veio em boa hora: é a chance que ele esperava para acabar com a sua fama de bom moço, que até hoje só serviu para atrapalhar sua vida. Um faz de conta com data marcada para terminar... E um casal por quem a gente vai adorar torcer. Skoob  Avaliação Final: 


Fingindo é o segundo volume da trilogia Perdendo-me (confira a resenha do primeiro aqui), mas apresenta uma história totalmente nova, fato que possibilita lê-lo sem ter lido o primeiro sem grande prejuízo no entendimento da história. Se em Perdendo-me somos envolvidos em meio a um universo repleto por citações literárias, bastidores de teatro e romance, em Fingindo entramos em uma atmosfera repleta de música, dor, paixão e muita encenação. 

Mas às vezes você só se dá conta do que está procurando depois de ter sido jogado no chão. E qual era o sentido de viver se eu pretendia percorrer os mesmos caminhos repetidas vezes?

Cade é o sinônimo de perfeição, mas nem sempre ele foi assim. Max é totalmente o seu oposto, ela e o perigo parecem andar lado a lado. Mas com dizem os opostos se atraem e o que não faltou entre os dois foi atração desde o primeiro encontro, que por sinal foi bem inusitado. 
´
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...