Sem Filtro

quinta-feira, abril 05, 2018


Lily Collins estreia na literatura com um tocante relato sobre autoimagem, confiança, amor-próprio, relacionamentos, família, amor e muito mais. Lily Collins — estrela de filmes como Instrumentos mortais, Espelho, espelho meu e Simplesmente acontece — estreia na literatura com um livro confissão; uma conversa entre amigas. Honesta. Sem filtro. Pela primeira vez, Lily fala da vida pessoal e confessa seus segredos mais bem guardados. Lily desnuda suas vulnerabilidades com uma coragem comovente, e lembra que a vida não é feita apenas de risos e um eterno alvorecer cor-de-rosa. Para cada alegria há, também, dor e desilusão; luz e trevas, como em qualquer trama bem urdida. Aceitação é a palavra mágica. Para Lily, olhar o espelho e gostar do que vê, fazer as pazes com você mesma é a chave para suportar os dias ruins. Embora o caminho para o amor-próprio possa ser sinuoso, a autora aprendeu que basta uma pessoa estender a mão, alguém tomar uma pequena atitude para todos os demais entenderem que não estão sozinhos. Engraçada e terna, a voz de Lily irá inspirar você a ser quem é e a sempre dizer o que sente. Chegou a hora de achar sua voz. E viver sua vida... plenamente.
📖Skoob 👍Avaliação Final: 


Sem Filtro é o livro de estreia da atriz Lily Collins, conhecia por filmes como Um Sonho Possível, Simplesmente Acontece, Os Instrumentos Mortais: Cidade dos Ossos e O Mínimo para Viver. A princípio o livro pode transmitir a ideia de ser algo voltado para os fãs ou ainda uma biografia, porém ele está mais para uma conversa entre amigas sem rodeios, sem sem tabus, sem filtro. 


Aqui Lily abre seu coração e compartilha com o leitor alguns dos momentos mais difíceis de sua sua vida. Ao longo de 17 capítulos  ela nos conta sobre sua infância na Inglaterra e a mudança e adaptação para os EUA,  sua relação um tanto conturbada com o pai (o ator e cantor Phil Collins), sua relação com a mãe, os distúrbios alimentares (inclusive ela conta como foi para ela fazer o filme O Mínimo para Viver, onde interpreta uma garota que passa pelos mesmo problemas que ela vivenciou), suas inseguranças, os relacionamentos abusivos, os dilemas de se conviver com os vícios alheios, sua relação com a comida, tatuagens e por fim aceitação e empoderamento.

As peculiaridades que nos diferenciam são o que nos torna lindo. O diferente não deve ser considerado ruim. 

Ao longo dos capítulos Lily sempre tenta deixar claro que não é vergonha nenhuma assumir sua fraquezas e que tudo bem se você levar um tempo para isso. O importante é que você se lembre o quão incrível você é que suas peculiaridades são o que de fazem ser tão especial. 


Talvez esse livro não vá fazer tanto sucesso com o público adulto, uma vez que a gente geralmente busca uma certa identificação em livros com uma pegada mais reflexiva e por que não dizer de auto-ajuda . Porém acredito que seja uma leitura necessária para o público mais jovem. Adoraria  ter lido algo assim quando tinha  meus 14, 15 anos. Afinal é na adolescência que estão mais suscetíveis aos impactos da mídia sobre a maneira que nos vemos, nossa relação com nosso corpo e com o mundo. 

Seja fiel a quem você é em todos os sentidos, e, se a verdadeira garota que você é for alguém como eu, que quer usar a própria voz e enfrentar as coisas de frente, em algum momento vai aparecer a pessoa certa. Alguém que vai respeitar esse confronto e considerá-la empoderada, atraente e sexy.

Apesar de não ser fã da atriz já tive a oportunidade e assistir seus principais trabalhos no cinema e eu nunca imaginei, apesar de sabermos que os bastidores de Hollwyood não são assim tão glamourosos, que sua vida fosse tão conturbada e que ainda assim ela tem conseguido se manter firme e forte.  E o melhor não teve vergonha de compartilhar com o mundo a pessoa por trás da celebridade, nos mostrando que todas as pessoas tem problemas e que essa perfeição idealizada está longe de existir.  Ao final do livro encontram uma lista de recursos sobre transtornos alimentares, relacionamentos abusivos, bullying e saúde mental.




Sem Filtro é um lembrete de que não devemos nos diminuir para caber na vida de alguém, que às vezes receber um não é a melhor coisa que pode nos acontecer e que problemas todos mundo tem o que difere é a maneira que cada um lida com o seu. 

Você Pode Gostar Também

7 comentários

  1. Perfeito ,simplesmente perfeito,ta ai um livro que vale a pena deleitar se,adorei a postagem.

    ResponderExcluir
  2. A lily é uma das Liars mais queridas...Eu leria a biografia dela.
    xoxox

    ResponderExcluir
  3. Olá Anne, tudo bem?
    Eu nunca me interessei por livros sobre artistas ou escritos por eles, não tenho preconceito, mas ainda não tinha surgido nenhum livro interessante o suficiente para mim. Quando li a sinopse desse livro foi totalmente diferente, foi amor a primeira vista...kkk
    Coloquei ele na minha lista de compras e logo vou poder escrever minha resenhas sobre ele, amei tudo o que escreveu.

    ResponderExcluir
  4. Que post mais fofo! Parabéns pela composição das fotos!
    Eu adoro a Lily, mas ainda não li o livro dela. Admiro ela demais como pessoa e tenho certeza que após ler, vou gostar ainda mais!

    Um beijo e até mais!
    → @deixeapenasfluir

    ResponderExcluir
  5. Adoro a Lily e acho que vou amar esse livro por se tratar de auto confiança e amor proprio, espero um dia ter a oportunidade de le-lo. Apesar de ter uma poa auto estima, as vezes bate um bad, e tbm quero conseguir ajudar as pessoas ao meu redor, quem sabe esse livro não me ajude a fazer isso

    ResponderExcluir
  6. Assisti o Instrumentos Mortais mas não fui atras dos atores para conhece-los melhor, não sabia que ela era filha do Phill Collins. Fiquei curiosa pra conhecer mais sobre a vida dela.

    Bites!
    Tary Belmont

    ResponderExcluir
  7. Uau, que fotos lindas!
    Eu curti a vibe do livro, principalmente por ela não ter vergonha de falar das fraquezas, eu atribuí essa prática à minha vida e foi libertador! <3
    Beijo :*

    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.