Criaturas e Criadores - Histórias Para Dias De Terror

terça-feira, outubro 31, 2017


Quatro dos mais populares autores contemporâneas brasileiros, Raphael Draccon, Carolina Munhoz, Frini Georgakopoulos e Raphael Montes se uniram para reinventar os contos de terror clássicos. Frankenstein vive, e está numa favela do Rio. Rumores indicam que Drácula pode ser o dono de uma nova e badalada boate. Numa faculdade de artes, há uma lenda que diz que um fantasma ajuda belas jovens a cantar num teatro abandonado. Um mistério ronda a vida de um dentista e pai de família que está prestes a descobrir seu lado mais monstruoso. Quatro clássicos do medo reinventados por quatro escritores brasileiros para noites de sustos, terror e gritos.
📖Skoob  👍Avaliação Final: ⭐⭐

Criaturas e Criadores - Histórias Para Dias De Terror reúne quatro contos inspirados em histórias clássicas do terror, onde cada um é  escrito por um  autor nacional, o que é uma ótima oportunidade para conhecer novos autores. 



O primeiro conto é escrito pelo Raphael Draccon (bem conhecido pela trilogia  Dragões de Éter), e é intitulado A Criatura.  Imagine como seria se o Frankenstein morasse em uma favela aqui do Brasil, onde o lugar é dominado por traficantes e recebe uma visita frequente do BOPE? E temos a revelação sobre a existência desse  mostro através das câmeras de uma Youtuber em busca da sua placa de 1 milhão? Imaginou? Então esse é o plano de fundo em que a história se desenvolve e aos 45 do segundo tempo a trama traz uma reviravolta que que surpreende. 

É um direito seu. Mas alguém tem que fazer, certo? E ninguém consegue ser político sem entrar no jogo. Até para mudar um  jogo é preciso antes conhecer o jogo.


Se você assistiu a série True Blood deve estar familiarizado com a casa noturna Fangtasia administrada pelo sedutor vampiro Eric Northman. Com isso em mente vamos conhecer um pouco da história criada por Carolina Munhoz ( A Fada e O Inverno das Fadas). Conde De Ville traz a mesma pegada. Uma casa noturna com um ar trevoso ao mesmo tempo sexy, e para melhorar as coisas tem como dono Vlad um europeu recém chegado ao Brasil super misterioso.

Muitas coisas são lindas na aparência e horrorosas na essência. Nós nunca sabemos a princípio onde está o amor e onde está o terror.

Do outro lado da da história temos uma contista  que está com um prazo super apertado para a entrega do seu novo conto de terror, mas que está tendo um bloqueio criativo. Eis que uma visita a Conde De Ville surge como uma fonte de inspiração para sua história, porém o que ela entra por lá é muito mais que que apenas uma fonte de inspiração e descobre que algumas de suas piores história são na verdade baseada em fatos reais. 


Aposto que você já ouviu falar em O Fantasma da Ópera, e é nessa história que esse conto escrito pela Frini Georgakopoulos se inspirou. Este é o conto mais longo do livro, com pouco mais de 100 páginas.  Nele conhecemos uma jovem com um dom incrível da música e que sofreu uma grande perda que abalou sua capacidade de cantar. Correndo o risco de perder sua vaga em um dos Institutos mais conceituados da área, ela resolve seguir o conselho de uma amiga e tentar a sorte com um fantasma que tem a fama de ajudar jovens artistas desesperadas. 

Lendas são tão perigosas quanto as histórias que as inspiraram.

Porém para a surpresa de nossa protagonista o Fantasma não é apenas uma lenda urbana e após ouvi-la cantar revolve vai ajuda-la. Porém essa ajuda vem com um preço e a realização de um sonho acaba se tornando um verdadeiro pesadelo. 


Em O Sorriso do Homem Mau, escrito pelo Raphael Montes, temos como protagonista um dentista com uma vida aparentemente perfeita. Ele é um bom marido, bom pai, um profissional respeitado, exceto pelo fato de ele esconder um lado obscuro, um lado que até ele desconhece a existência (fãs de The Vampire Diaries que lembra do Alaric e seu alter ego?).  Mas quando uma tragédia abala sua família e promissor dentista é obrigado a encarar seus segredos mais sombrios e lidar com a consequência deles. 


Seu outro lado vai voltar, eu sei que vai. Você não me escuta quando está daquele jeito. Você gosta que eu grite, gosta de me ver sofrer. Eu não aguento mais.

A história começa do final e com o avançar da leitora vamos descobrindo o que aconteceu para chegar aquele situação. De todos os contos esse foi o que eu achei  mais perturbador. Gente que final! Tenso!

Agora que contei para vocês um pouquinho da história de cada conto, vamos as considerações final. Criaturas e Criadores - Histórias Para Dias De Terror é aquele tipo de livro que ainda que tivesse uma história ruim, que não é o caso aqui, ainda valeria a pena pela capa e a diagramação de um modo geral. O livro é em capa dura com detalhes em dourado que mudam conforme o contato com a luz entre algo mais brilhoso ora mais opaco, dando aquele impressão de livro antigo cheios de segredos algo meio biblioteca de Harry Potter. 



Quanto aos contos o que mais gostei foi Por Trás da Máscara, a autora criou uma história que vai te conquistando aos poucos, há um romance que te incomoda no inicio, te faz torcer em alguns momentos e te destrói no final. Sem dúvidas esse foi o mais assustador para mim. Em segundo lugar fico com O Sorriso do Homem Mau, e como já disse esse foi o mais perturbado.  Em terceiro escolho A Criatura com sua capacidade de me surpreender no final e por último Conde De Ville, esse conto na minha opinião foi o mais fraco, achei o inicio confuso como se fosse uma continuação do primeiro (a autora usa o nome da protagonista do primeiro conto, dando uma sensação de continuidade, para depois descobrirmos que não tem nenhuma relação a não ser se passar no mesma época do anterior), mas na verdade não é, a história não traz uma protagonista que te cativa nem algo inovador. 

Para finalizar Criaturas e Criadores - Histórias Para Dias De Terror apesar de vender histórias de terror é um livro que pode ser lido perfeitamente por pessoas que não são fãs do gênero como eu. Pois ao meu ver o livro nos mostra que o que realmente dá medo, que aterroriza e assombra não são as criaturas sobrenaturais, mas sim a capacidade do seu humano de fazer o  mal. 


“O livro está em pré-venda e acompanha Paper toy de Brinde somente para compras realizadas no site e no período de pré-venda.”

Você Pode Gostar Também

13 comentários

  1. Primeiro eu queria dizer que amei suas fotos, estão muito lindas!
    Mas gente, como assim eu nunca tinha ouvido falar desse livro? Ele parece ser ótimo!
    Adoro isso de os autores brasileiros estarem ganhando cada vez mais destaque, da um orgulho <3
    Adorei a dica, já vou ir adicionar o livro na minha wishlist.

    ResponderExcluir
  2. Nunca ouvi falar de nenhum desses autores mas menina que capa linda, fiquei apaixonada! Não gosto de nada de terror, mas achei tão legal eles reinventarem as histórias, me deu muita vontade de ler! Parece ser bem legal :)
    Ô Morena

    ResponderExcluir
  3. Amei suas fotos.
    Acho bacana essa pegada que alguns autores fazem em realizarem remakes ou dar uma nova "cara" aos clássicos.
    Parece um livro fantástico.
    Beijinhos ♥

    ResponderExcluir
  4. Fiquei com vontade de ler todos, mas o que mais me chamou a atenção foi A Criatura, imagine o Frankenstein morando numa favela do Rio, nossa essa história deve ser muito interessante e com muito assunto a ser explorado.

    Beijos

    Camila Por Aí

    ResponderExcluir
  5. Achei tuas fotos lindíssimas ♥ Eu recebi esse livro e fiquei naquela coisa "será que é bom?", mas confesso que a capa e a diagramação em si também me conquistou por completo, acho que é um dos livros mais bonitos da editora. Os contos são bem diferentes e espero ter a mesma experiência positiva que você quando pegar para ler.

    ResponderExcluir
  6. Fiquei com muita vontade de ler esse livro! Adorei a resenha e adoro livros com contos assim. Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Menina, pela primeira vez eu fiquei curiosa para ler um livro desses autores. Primeiro pela diagramação (amo livros bem diagramados!) e segundo pela criatividade envolvida nas narrativas. Gostei bastante do que você disse aqui.

    Beijos,

    Algumas Observações

    ResponderExcluir
  8. Primeiro: Adorei a capa do livro, ela é super mistica/misteriosa, e essas cores ficaram mara.
    Segundo achei incrivel ser escrito por autores nacionais, afinal muita gente tem receio de ler/assistir coisas nacionais, essa é uam oportunidade pra valorização da literatura nacional né
    Achei a ideia do livro super legal e você escreve super bem e fotografa bem também
    Beijão

    ResponderExcluir
  9. Para começar a capa está linda, adorei :) E eu adoro esses releituras de histórias já consagradas e as escolhidas para o livro são 4 sensacionais, não conheço o livro e nem os autores mas já fiquei super curiosa para :)

    ResponderExcluir
  10. Mas que ideia sensacional deles! Me despertou muita vontade de ler as histórias. Temos que valorizar nossa literatura 👏🏻👏🏻👏🏻
    Amei a dica 😀

    ResponderExcluir
  11. Achei as histórias muito criativas, principalmente A Criatura, que foi a que chamou mais a minha atenção. Apesar de não ser um estilo que eu leio normalmente acho que ia amar a leitura. Parabéns!

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bom?

    Não conhecia a obra, só tinha visto a propaganda da capa e já tinha me cativado (antes mesmo de saber que era em capa dura). Além disso, saber que são releituras feitas por escritores nacionais dá um acréscimo na hora de decidir ler, pois é muito importante que nós valorizemos nossa literatura e gostei bastante que a editora elaborou um livro de contos assim. Além disso, quem gosta de um dos escritores comprará o livro, lerá todos os contos e, se gostar de algum, procurará os trabalhos destes :)
    Sobre as releituras, já imaginei que o do Raphael Montes seria o mais perturbador, já que eu já li um livro dele e é tenso mesmo. A edição está linda e, depois da sua resenha, aumentou a minha vontade de encarar a leitura, apesar de não ser tão fã.

    Enfim, adorei o postagem, obrigada pela dica :)
    Abraços.

    https://instantesmemoraveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Eu AMOOOO o trabalho do Draccon! Conheço a Munhos tambem, mas não li nada dela ainda. Quero esse livro! Bela resenha!

    Bites!
    Tary Belmont

    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.