Entrevista com Lu Piras

quinta-feira, junho 28, 2012


1)      Primeiramente gostaríamos de agradecer a oportunidade desta entrevista. Lu, como surgiu a ideia para o livro Equinócio - a Primavera?

Eu que agradeço a oportunidade que o blog Profano Feminino está dando para divulgar a literatura nacional. É graças a iniciativa de blogs como o seu que aprendemos a valorizar talentos tão próximos à nossa realidade A ideia de Equinócio surgiu super de repente, num dia de passeio, numa grande livraria no Rio de Janeiro. Avistei uma capa de um livro de arte que me atraiu porque sempre adorei a escultura Eros & Psiquê, de Antônio Canova. Naquele dia, especialmente, aquela capa era especial. Ela me transmitiu algo. Imediatamente anotei no celular algumas ideias e quando cheguei em casa, não parei mais de escrever. 

2) Equinócio é o primeiro de uma série de quatro livros, e cada um com começo, meio e fim. Gostaríamos de saber se em cada livro teremos um personagem principal ou será o mesmo em todos os livros?

Ao longo dos quatro livros da série, a narrativa se dá em primeira pessoa, sendo Clara a protagonista. É a partir do seu ponto de vista que toda a história se desenrola. Apenas os prólogos são em terceira pessoa porque a protagonista não está presente.

3)      Literatura fantástica é sua preferida principalmente as voltados para o público chick lit, qual livro deste gênero você considera com uma leitura obrigatória? E qual seu livro você está lendo no momento?

Eu adoro literatura fantástica, mas não tenho muito contato com o chick lit. A série Equinócio é um sobrenatural leve e também não é um chick lit exatamente. É voltado para todos os públicos. Sobre chick lits, acredito que Meg Cabot vença na categoria. No momento, estou lendo a série A Maldição do Tigre, da Colleen Houck. E amando!

4)      Quais autores te inspiram na hora da escrita? E qual foi o livro que te despertou o interesse pela leitura e escrita?

Muitos autores me inspiram, em especial, Machado de Assis e sua narrativa descritiva, Jorge Amado e seu apego pelas raízes e Clarice Lispector e sua sensibilidade à flor da pele. Meu interesse pela leitura e escrita despertou bem cedo, não recordo bem quando. No entanto, eu sempre gostei muito de escrever, mais até do que de ler. Mas quando mais jovem não acreditava muito no meu potencial para escrever uma obra, quando pensava em termos dos gênios da literatura clássica. Foi quando conheci o gênero sobrenatural que Harry Potter e Crepúsculo anunciaram com o qual imediatamente me identifiquei. Tomei a confiança de que, se aquelas autoras conseguiram depois de muita luta e força de vontade, eu também conseguiria.

5)      Como foi para você o processo de publicação do livro? Você acredita que hoje os jovens autores nacionais estão tendo mais oportunidades e os leitores estão mais receptivos às obras? O que você acha que motivou isso?
Não foi fácil e não é fácil para ninguém. Publicar um livro envolve muita persistência, dedicação e até mesmo, sorte. Não é apenas talento que conta. Você precisa saber escrever para o mercado e o mercado tem que conhecer você. E, para isso, você precisa “aparecer”. Para um escritor típico, isso é complicado. Particularmente, sou introspectiva e sou mais de observar do que de tomar iniciativa. Eu gosto do meu canto no quarto, onde posso estar em contato direto com o meu livro: eu e o computador. Nada entre mim e meus personagens. Bem, não é como eu pensava que seria. O escritor precisa ir até o público e precisa divulgar muito o seu trabalho. Foi por conta dessa divulgação que uma editora me procurou. O cenário é otimista e estou confiante de que as coisas estão melhorando. Sem dúvida, um novo, jovem e cada vez menos preconceituoso público leitor surgiu na geração pós-Harry Potter. Esse público está alavancando a leitura no Brasil, está demandando mais. E o autor nacional tem que se aproveitar disso, pegar carona no nicho que se abriu e provar que aqui no Brasil também temos literatura de qualidade. Eu acredito que ainda nos tornaremos um país de Best Sellers no gênero da literatura fantástica. E não só. Com o sucesso destas séries internacionais, os jovens têm procurado conhecer outras obras, descobriram que a literatura é universal, que existem os clássicos, os gêneros para todos os gostos e idades.

6) O que os leitores pode esperar de  Equinócio  e os demais livros da série?

Os leitores podem esperar muito romance neste primeiro livro. Ele introduz os personagens e a história principal da trama dos quatro livros. O segundo livro já conduz o leitor a outras histórias ligadas ao passado dos personagens. O terceiro tem um desfecho importante sobre o tema do primeiro livro. E o quarto, é quase um novo livro, com novos personagens que se juntarão aos outros numa grande batalha. Como é uma sequência, os livros deixam sempre ganchos e dependem uns dos outros para que a trama fique completa. Existe um crescimento e os próprios personagens se encarregam disso, pois alguns são mais densos e complexos.  A linguagem é coloquial, simples e direta e a narrativa conta com muitos diálogos que aceleram a leitura e passam muita informação sem que o leitor perceba. Por isso a leitura flui muito bem.

7)      Que peça de roupa não pode faltar no seu guarda-roupa e que produto de maquiagem e acessório você não fica sem?

Saias. Eu adoro saias. Só gosto do verão por isso. Por causa delas, comecei a usar meia-calça para os dias mais frios! Rímel é a maquiagem que não pode faltar. Gosto dos meus olhos, de realçá-los. Um acessório indispensável são anéis. Sair de casa sem eles, é como estar nua.

8)      Um livro, um lugar, uma música, um filme e uma pessoa que te marcaram até agora?

Livro: Crepúsculo, da Stephenie Meyer. Mais a Stephenie que o Crepúsculo, rsrsrs. Foi o meu ponto de partida, de coragem para levar adiante meu sonho de me tornar escritora.
Lugar: Rio de Janeiro. Depois de anos vivendo noutro país, regressar para  a minha casa, redescobrir minha identidade me inspirou para escrever.
Filme: Cidade dos Anjos.
Pessoa: Stephenie Meyer.

9)      Ana Luisa por Ana Luisa?

Aprecio as coisas simples da vida, mas sou distraída para perceber aquelas que são breves. Gostaria de ser mais atenta, de ter mais tempo para me dedicar ao que mais amo, que é observar as pessoas, os lugares, a natureza e me inspirar para escrever mais e cada vez mais. Queria poder viver disso e para isso.

10)  E para finalizar gostaríamos pedir que deixasse uma mensagem para nossos leitores e leitoras.

Muito obrigada, Ane, pelas ótimas perguntas. Muito obrigada, leitores por terem acompanhado esse bate-papo. Eu adorei a companhia de vocês. Por todas as mensagens de carinho que tenho recebido, nem tenho palavras para agradecer. Aos blogs, aos amigos literários, ao pessoal que me segue no twitter e nas outras redes sociais e que está sempre divulgando meus projetos. Esse apoio é muito importante e me estimula todos os dias a seguir adiante.
Se quiserem conhecer mais sobre a série, eventos, promoções, visitem o blog www.equinocioaserie e o meu site www.wix.com/lupiras/equinocioaserie. Se você ainda não me segue no twitter, é @LuPiras80, será muito bem-vindo, também no face: www.facebook.com/lupiras.

Você Pode Gostar Também

4 comentários

  1. Que demais a entrevista! A Lu Piras é um amor de pessoa *-*
    Mil beijos!

    blog-meninama.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. AAin, que legal! Pela entrevista, ela deve ser uma fofa..e eu concordo plenamente com o que ela disse: após o lançamento do livro do Harry Potter, toda a geração de adolescentes passou a amar a leitura! Pude acompanhar essa transição no período em que estava no colégio...XD

    Beeijo amore, ótemaa entrevista!
    www.blogmymemories.com

    ResponderExcluir
  3. Ameeeeei a nossa entrevista!
    Bom, é maravilhoso fazer e falar sobre o que a gente mais gosta...!
    Obrigada pelo carinho e parabéns pelo blog maravilhoso!

    Beijocas,

    Lu
    @LuPiras80
    www.equinocioaserie.com

    ResponderExcluir
  4. Nossa adorei a entrevista,nunca tinha ouvido falar dessa autora nem desse livro!

    Beijos
    @girlteenvip
    http://girlteen-vip.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.