Good Girls

by - segunda-feira, julho 09, 2018


Good Girls estreou nos Estados Unidos no dia 26 de fevereiro deste ano, pelo  canal de TV americano NBC (os mesmo que produzem This Is UsThe Good Place). E neste mês a série começou   a ser exibida na Netflix, mais precisamente dia 3.

Esta série chamou minha atenção desde o momento em que me deparei com a imagem de abertura desta postagem, mas como a lista de séries em andamento já é grande e ela não era exibida aqui no Brasil acabou deixando ela de lado, em uma lista para o futuro. Porém entre os lançamentos de julho da Netflix me deparei com ela e e decidi que era um sinal para dar uma chance. 

Eu não sabia nada sobre a série, só tinha uma ideia que seria apenas mais uma série para dar algumas risadas ao longo de 20 minutos, mas para minha surpresa já no episódio piloto me deparei com aproximadamente 42 minutos de uma história cheia de potencial. 


Com apenas uma temporada até o momento e com a garantia de renovação Good Girls é uma crianção da roteirista  Jenna Bans, responsável por escrever para séries de sucesso como Desperate Housewives, Scandal, Grey’s Anatomy e Private Practice, que narra a trajetória de três amigas com personalidades distintas na tentativa de melhorar suas vidas.

Beth (Christina Hendricks): é a típica dona de casa que vive para os filhos e para marido, que tem uma vida aparentemente perfeita. Porém quando seu cartão de crédito é recusado ela acaba descobrindo uma rachadura na bolha de perfeição.  Ela acaba descobrindo que seu marido está tendo um caso e se não bastasse isso ele acabou fazendo investimentos ruins deixando as finanças da família um verdadeiro caos.  Com quatro filhos para criar, o risco de perder a casa e a descoberta da recente traição Beth precisa urgentemente assumir o controle e encontrar uma solução. 




Annie (Mae Whitman): faz o tipo garota problema, daquelas que ninguém nunca leva a sério. Com uma filha para criar ela trabalha como caixa de supermercado, onde esta longe de ganhar o suficiente para uma vida confortável. Mas se as coisas já não fossem complicadas ela se vê em meio a disputa pela guarda da filha, as tentativas de fazer a filha se sentir bem, apesar do bullying que a garota sofre na escola,  lidar com o chefe com não conhece a palavras limites e é claro a falta de grana. 





Ruby (Retta): é uma mulher empoderada e bem resolvida, mãe de dois filhos, com um marido que ama. Ela trabalha como garçonete onde diariamente ele tem que presenciar os mais variados tipos de desrespeito, mas sempre tira de letra. Ela leva uma vida boa dentro do possível, porém sua filha tem uma doença grave e ela e seu marido não possuem nenhuma condição financeira para custear o tratamento. E quando a vida da filha fica em risco ela decide que precisa tomar uma atitude. 




Cada uma com se drama particular, mas compartilhando a necessidade de melhorar suas vidas financeiras, elas se unem para assaltar o supermercado em que Annie trabalha,  mas nem tudo sai como o imaginado, as coisas acabando sendo bem melhores. 



Aposto que você já ouviu a expressão " Alegria de pobre dura pouco"? Acredito que sim e exatamente isso que acontece aqui. Quando as coisas começam a melhorar, elas acabam ficando ainda piores no melhor representação da lei de  Murphy.  Ao longo de 10 episódios vamos vendo a vida dessas garotas em uma verdadeira montanha-russa de acontecimentos e emoções. 

Acredito que o grande diferencial da série é apostar em um núcleo pequeno e contar a história de mulheres reais que assumem as rédeas das próprias vidas, sem deixar a sororidade de lado. Apesar de trazer na trama situações um tanto quanto absurdas quando falamos sobre o lado criminoso delas, ao mesmo tempo traz situações tão reais que é como se estivéssemos sentindo na pele tudo aqui que nos é mostrado. 

Good Girls é aquela série que vai te fazer rir, se emocionar, torcer, passar raiva, mas acima de tudo querer proteger cada uma das protagonistas, ainda que elas tenham atitudes um tanto quando duvidosas. 


Você pode gostar

8 comentários

  1. Nunca assisti, vou por na minha lista. Adorei teu blog.

    ResponderExcluir
  2. Parece ser uma serie muito boa, ainda mais com uma roteirista tão talentosa. Com certeza irei vê-la assim que tiver tempo ♥

    Xoxo, Meowgical Girl
    www.meowgicalgirl.com

    ResponderExcluir
  3. Oie! Aaah o blog mudou de carinha desde que vim aqui a última vez (sou suspeita para falar, porque uso o mesmo layout, mas tá lindo! <3 haha). Então, eu tava mesmo procurando uma série para assistir e sabe quando nada chama a atenção? Mas depois desse post e saber um pouquinho mais, é hoje mesmo que assisto good girls!
    Beijoos

    ResponderExcluir
  4. Oii! :)
    Eu queria ter ânimo para acompanhar mais séries, mas não consigo terminar uma única temporada e acabo perdendo o interesse. Já tinha visto alguns posts sobre essa série, mas não tinha reparado em quem é a roteirista! *-*

    Beijos
    Blog Vento do Leste

    ResponderExcluir
  5. Eu comecei a ver essa série na semana passada, porém até agora só vi o primeiro episódio por falta de tempo, mas gostei bastante da premissa. Quero só ver como eles vão dar seguimento e fazer ela durar muitas temporadas :D
    beijos,

    Amanda
    www.amandasoldi.com

    ResponderExcluir
  6. Nunca tinha ouvido falar dessa série mas já me interessei logo que vi o título e capa. O enredo em si não chama muita a minha atenção mas vou assistir pelo menos o primeiro episódio pois se tem sororidade a série já merece ser assistida ♥
    Adorei a dica!

    ResponderExcluir
  7. Amei a dica, eu estava procurando uma série nova pra assistir e nunca tinha ouvido falar dessa! Vou dar uma chance pra ela, me interessei bastante pelo tema!

    ResponderExcluir
  8. Já ouvi falar dessa série, já esta na minha lista pra ver em breve rsrs.
    Amei conferir seu post.
    https://blogdajenny2014.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.