Resenhas

Entretenimento

Receitas

Opiniões alheias não te definem

by - segunda-feira, abril 15, 2019

Fonte: Unplash

Olá! Hoje convido vocês para uma reflexão que vem rodando na minha cabeça faz é tempo. Deixa eu contar a história toda:



Certa vez recebi o meme com essa frase: opiniões alheias não te definem. Achei legal, compartilhei nos stories do Instagram, nos status do Whatsapp... recebi retornos de amigos com comentários do tipo: "Amei, verdade... " mas só depois de uns dias fui refletir sobre isso.
Todo mundo tem opinião para tudo, principalmente se for a respeito da vida alheia. Palpites são dados o tempo todo, conselhos então... tem de graça.
A grande maioria das vezes aceitamos de bom grado, porque né, nos ajudam a pensar. Às vezes alguém de fora consegue enxergar algo em nós, que está óbvio, mas a gente mesmo não consegue ver. Normal, faz parte e somos sempre muito gratos.

Mas... será mesmo que isso é real?


Fonte: Freepick
Bom, penso que algumas vezes sim. Outras não mesmo. Pode até vir carregadas de boas intenções (o que o inferno está cheio, diz o ditado), mas não tem nada a ver com nada.
A verdade é: você é quem conhece você mesmo. É quem sabe das suas dores, do seu passado, os seus anseios, o que está em sua volta. Ninguém mais.
O mundo pode ter mil opiniões sobre sua vida, mas ela é sua, apenas sua.
Opiniões alheias são até bem vindas, mas precisam ser filtradas, repensadas. Coisa do tipo: vou ouvir para dar uma acordada, mas depois repenso se é verdade ou não. Como um norte. Mas não te definem meeesmo.

Fonte: Pinterest


Eu tenho pensado nisso faz um bom tempo. Sabe quando você vai desabafar com um amigo e ele deixa pior que antes? Então, passei por isso, mas levei um tempo para perceber. Acatei os conselhos, as opiniões alheias, até acordar e perceber que estava sendo controlada. E isso aconteceu quando disseram uma coisa tão absurda: que eu estava sentindo algo que não estava, que estava no fundo do meu inconsciente
Volto ao que disse lá em cima: só a gente sabe o que se passa dentro de nós.
Depois desse dia, voltei a fita, lembrei dos conselhos e entendi o que meu avô sempre diz: "se conselho fosse bom, vendia na esquina". Não, nada daquilo me definia, dizia a verdade. Eu não era aquilo, minha vida não era daquele jeito. Parei de contar historinhas para as pessoas. Me senti mais leve.

Fonte: Pinterest

A lição que aprendi? Não dar ouvidos às vozes alheias, e sim a que mora dentro de mim. A gente só consegue ouvir quando se cala, quando olha dentro do nosso interior, é lá que estão as respostas, não das línguas dos outros.

Leiam também: Quero viver um sonho

Lembra quando disse que às vezes a pessoa tem boa intenção? Acho que, na maioria das vezes, não há nem intenção, só vício mesmo. Necessidade de falar, de controlar, de dar pitacos.
O que eu fiz então para achar as respostas? Bem, primeiramente eu não encontrei rs. Mas o caminho foi a meditação. Na internet tem uma infinidade de meditações guiadas, e eu sempre sugiro as da Raissa Zoccal.
Mas, se estiver muito difícil, um profissional da psicologia é sempre a melhor saída, é ele quem vai te conduzir, vai ouvir sem julgar, sem fechar a opinião sobre sua vida.
Porque sim, opiniões alheias não te definem. Não se queixem sobre o que disseram de você. Sua força é enoooorme, sua capacidade é genial, não se menospreze.

Ame-se


Espero que tenham refletido junto comigo, mesmo discordando. Aliás, deixe aqui nos comentários o que pensou. Juntos pensamos melhor.

Beijo grande no coração!!



Você também pode gostar

1 comentários

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.