Cuide dos pais antes que seja tarde

by - quarta-feira, julho 11, 2018



Um livro emocionante sobre família, do autor best-seller Carpinejar Nesta obra, Carpinejar mergulha em sua própria intimidade ao se lembrar de seus pais. Faz confissões, desabafos sinceros e também aconselha todos aqueles que ainda têm pai e mãe vivos a valorizá-los, tudo isso de maneira poética e verdadeira. A inevitabilidade da morte permeia a obra, com reflexões sobre o que podemos fazer para lidar com ela de modo a torná-la menos dolorosa. O tom de arrependimento também se faz presente, em meio às memórias do autor. Livro emocionante com o qual todos vão se identificar. Inclui texto de orelha do ator Paulo Betti.
📖Skoob 👍Avaliação Final: ✩ 

Cuide dos pais antes que seja tarde, do autor Fabrício Carpinejar é um lembrete de como a vida é efêmera, de que com o passar do tempo conforme vamos crescendo vamos focamos mais em nossas vidas e deixando aos pouco de lado quem nos deu a vida, quem nos ensinou a viver. 



Sair de casa não é sair da família.

Durante a leitura embarcamos em  uma viagem através de nossas memórias e temos como guia as próprias experiencias do autor. É impossível não lembrar das férias na casa da vó, das brincadeiras da infância e a conturbada adolescência, do colo de mãe, dos conselhos do pai. Crescer é inevitável, mas deixar de lado as pessoas que são nosso porto seguro é opcional. Em meio a correria diária e as desculpas de quem estamos sem tempo precisamos que alguém nos lembre do que realmente importa, de quem realmente fez e faz diferença em nossos dias. 



Derrota é perder quem amamos antes do fim, pelo fracasso de nossa comunicação. O resto é agradecimento. 

Em alguns momentos o autor foge um pouco do tema proposto, mas ainda assim traz reflexões importantes. Este é aquele livro que você termina em poucas horas, e logo após já lhe bate uma vontade de dizer aos seus pais, seus avós que eles importam e muito, e que ainda que o tempo passe eles não precisam se preocupar porque apesar das dificuldades vocês está aqui, por eles. 


Você pode gostar

14 comentários

  1. Que interessante!

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Esses livros que nos remetem à profundas reflexões são os meus preferidos, afinal, precisamos pensar e repensar sobre a forma como vivemos para depois não nos arrependermos.
    E o tema apresentado é, sem dúvidas, indispensável nos dias de hoje, dias que os filhos crescem, os netos criam asas e os responsáveis por nossa origem são simplesmente deixados de lado ao passo que deveriam sempre estar em primeiro lugar! Com certeza vou procurar para aprender um pouco mais!
    Abraços 😊

    ResponderExcluir
  3. Oi, Ane!
    Ainda não li esse, mas sou fã doida do Carpinejar. ♥
    Leio o que ele publica não apenas nos livros, mas tbm na internet :)
    Acho bonito ele escrever um livro para os pais, que também são escritores.
    Já pretendia comprar esse na Bienal, e a sua resenha me deixou com mais vontade ainda.

    Beijos,

    Algumas Observações

    ResponderExcluir
  4. Este livro com certeza merece o nosso respeito e também ser de cabeceira.
    Ele aborda um tema muito importante em nossa vida que é os nossos pais.
    www.robsondemorais.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Gosto muito dos textos do carpinejar e ese parece ser muito interessante e só essa frase da capa traseira já foi um tapa pra mim hehehe.
    Mudando de assunto, amei a composição das imagens com o livro <3
    beijos,

    Amanda
    www.amandasoldi.com

    ResponderExcluir
  6. Aaah que amor! Tão bom leituras que nos fazem sentir emoções tão boas. Principalmente nos fazem refletir e querer demonstrar afeto a quem merece. Fiquei com vontade de ler!
    Ainda não li nenhum livro do Capinejar mas sei que ele escreve e fala com muito sentimento.
    Parabéns pela resenha!
    Beijos
    Tamara
    tamaravilhosamente.com

    ResponderExcluir
  7. Aaaai como o PF está fofinho! Muito lindo esse novo cabeçalho, amei ♥

    "Crescer é inevitável, mas deixar de lado as pessoas que são nosso porto seguro é opcional" Uau! Ainda não conhecia o autor e nem o livro mas achei a proposta do livro bem interessante, não é tipo de livro que chamaria a minha atenção em uma livraria por exemplo mas depois dessa resenha fiquei curiosa, gosto de livros que de para ler em pouco tempo e que ainda vai me fazer refletir sobre algum assunto. Gostei da dica.

    ResponderExcluir
  8. Adorei a resenha! Não é o tipo de livro que eu normalmente procuraria, mas você me deixou super interessada!

    ResponderExcluir
  9. Que resenha lindinha. Já assisti a alguns vídeos do Fabrício Carpinejar, e um dos que mais gostei foi um sobre confiança entre mãe e filha. Se o livro seguir o mesmo níveo dos vídeos, certeza que eu iria adorar a leitura :)

    ResponderExcluir
  10. Parece muito interessante, a resenha está ótima e as fotos ficaram lindas, amei a combinação de cores.

    ResponderExcluir
  11. Deve ser um livro e tanto, para ler e reler e nunca esquecermos dos nossos queridos. Eu aproveitei muito a minha infância com minhas avós, meus avôs morreram quando eu tinha 3 anos e o fato de nunca tê-los conhecido me fez querer aproveitar quem ainda estava na minha vida.

    ResponderExcluir
  12. Gosto muito de livros que nos fazem refletir! Esse veio em boa hora, pois em breve ficarei já algumas milhas da família ;)

    ResponderExcluir
  13. Nossa, que livro lindo, devemos sempre nos lembrar de quem nos deu a vida e valorizar, é sempre bom refletir sobre isso, por que na loucura da vida adulta acabamos cheios de compromissos e não sobra espaço para eles, sendo que eles merecem tudo! Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  14. Não conhecia o livro, amei a capa e as fotos que você. O tema do livro é muito válido porque temos sim que cuidar dos nossos pais sempre!
    Amei saber sua opinião e amei o blog, o layout é lindo :)

    Abs

    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.