A Mais Pura Verdade

quinta-feira, abril 16, 2015


A Mais Pura VerdadeSinopse: A Mais Pura Verdade - Em todos os sentidos que interessam, Mark é uma criança normal. Ele tem um cachorro chamado Beau e uma grande amiga, Jessie. Ele gosta de fotografar e de escrever haicais em seu caderno. Seu sonho é um dia escalar uma montanha. Mas, em certo sentido um sentido muito importante , Mark não tem nada a ver com as outras crianças. Mark está doente. O tipo de doença que tem a ver com hospital. Tratamento. O tipo de doença da qual algumas pessoas nunca melhoram. Então, Mark foge. Ele sai de casa com sua máquina fotográfica, seu caderno, seu cachorro e um plano. Um plano para alcançar o topo do Monte Rainier.Nem que seja a última coisa que ele faça.  A Mais Pura Verdade é uma história preciosa e surpreendente sobre grandes questões, pequenos momentos e uma jornada inacreditável. Skoob Avaliação Final:

A mais pura verdade: Mark estava morrendo. Mas o que era para ser o fim, se tornou o começo de uma aventura incrível!

Quando recebi a prévio desde livro logo percebi que essa não seria mais uma história triste sobre alguém com câncer. Antes de mais nada não foque muito neste detalhe da doença, e nem procure fazer comparações, deixe sua mente aberta e prepare seu coração, porque essa é daqueles histórias que mexem com a gente. 


Isso é uma coisa que não entendo: por que as pessoas gostam de levar consigo uma coisa que as faz lembrar de que suas vidas estão indo embora. 


Mark é um garoto que está muito doente, e detesta se ver nessa situação. Cansado dos tratamentos desgastantes, de ver o sofrimento de seus pais e olhar de pena dos outros, ele decide fugir com seu cachorro Beau para  alcançar o topo do Monte Rainier. Uma ideia estupida para uma criança, principalmente para uma no estado de Mark. Não concordo com as suas escolhas, mas no decorrer da leitura entendi os motivos que o levaram a elas, e talvez seja esses pequenos detalhes que trazem todo o diferencial e encanto deste livro.  

É como um segredo - ele continuou, ainda chorando. - Não consigo guardá-lo sozinho, Jess. É muito para mim. Posso chorar com você ? Você guarda o meu segredo?

Os capítulos são alternados entre Mark e os acontecimentos decorrentes de sua fuga, em sua maioria do ponto de vista da sua melhor amiga Jess. No decorrer da leitura é praticamente impossível não se envolver e compartilhar da angustia, medo, dor, raiva, alivio, entre os sentimentos vivenciado pelos personagens. O autor conseguiu criar uma trama envolvente e aflitiva, com uma dose de suspense que nos faz ficar na dúvida entre parar ou seguir adiante. Assim como nos faz refletir sobre toda a caminhada de Mark até a montanha, e toda a simbologia que isso representa. Mas acima de tudo A mais pura verdade fala sobre amizade, lealdade, superação e milagres. 

Os cachorros morrem, talvez. Mas uma amizade, não. Não se a gente não quiser que ela morra. 

Este livro de uma maneira singela nos mostra através dos outros de duas crianças e um cachorro grandes lições que muitas vezes deixamos de lado por puro medo de encarar a realidade e lidar com nosso problemas por menor que eles sejam. Esta não é uma história feliz, mas é uma história que acrescenta e por esse motivo eu recomendo a leitura.  

*Este livro foi escolhido  para o projeto 12 Books realizado pelo grupo Irmandade das Blogueiras, onde o objetivo é ler 12 livros durante o ano, cada mês tem um tema diferente. Este mês o tema foi: "Um livro escrito por um homem". Aproveitando gostaria de convidar vocês a participarem, adoraria conferir suas escolhas, conhecer novos livros e autores através das resenhas/dicas de vocês.

Você Pode Gostar Também

1 comentários

  1. Li a prova de A Mais Pura Verdade e achei muito comovente, a escrita do autor é fluida e emocionante. Ainda pretendo ler o restante do livro para saber o final, tenho certeza que será tão bom quanto o que já li!

    http://www.daimaginacaoaescrita.com/

    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.