O Começo do Adeus

quinta-feira, outubro 25, 2012

 O Começo do Adeus
Sinopse:Anne Tyler nos leva a um romance sábio, assustador e profundamente tocante em que descreve um homem de meia-idade, desolado pela morte de sua esposa, que tem melhorado gradualmente pelas aparições frequentes da mulher — na casa deles, na estrada, no mercado. Com deficiência no braço e na perna direita, Aaron passou sua infância tentando se livrar de sua irmã, que queria mandar nele. Então, quando conhece Dorothy, uma jovem tímida e recatada, ele vê uma luz no fim do túnel. Eles se casam e têm uma vida relativamente modesta e feliz. Mas quando uma árvore cai em sua casa, Dorothy morre e Aaron começa a se sentir vazio. Apenas as aparições inesperadas de Dorothy o ajudam a sobreviver e encontrar certa paz. Aos poucos, durante seu trabalho na editora da família, ele descobre obras que presumem ser guias para iniciantes durante os caminhos da vida e que, talvez para esses iniciantes, há uma maneira de dizer adeus.

Skoob Onde comprar|Saraiva||Compare Preços|  

Avaliação final: 

Li o O Começo do Adeus logo após P.s Eu te amo, e logo pensei lá vem mais um livro que vai me deixar de olhos marejados e com o coração apertado, porém não foi bem assim que aconteceu. O livro possuí 208 páginas, capítulos longos que muitas vezes deixam a leitura cansativa, confesso que tive que fazer várias pausas para recuperar o animo, mas depois da metade do livro as coisas começam a melhorar.


O começo do Adeus é uma estória bonita de superação e aceitação. Aaron cresceu cercado de atenção de sua mãe e irmã devido a uma deficiência que ele tem e tudo o que ele mas deseja era ser independente viver sua própria vida sem esses cuidado todo. Quando ele conhece Dorothy, uma médica que vive para o trabalho e sem nenhuma vaidade, ele se encanta. Depois de alguns encontros, algum tempo de namoro eles se casam. Dorothy é aposto de tudo que Aaron estava acostumado, ela não era uma pessoa carinho e nem dedicada a família  não tinha zelo pela casa, e a única coisa que ela se importava era o trabalho, também não era uma mulher bonita ou divertida, mas seja qual fosse o motivo ele a amava e era feliz desse jeito. 
..Eu queria as dores e as delícias de uma vida normal. Queria que minhas consoantes interrompessem minhas vogais ao falar, meus pés tocando os dela em um abraço, meu nariz cutucando o dela durante um beijo. Eu queria a realidade, mesmo que fosse imperfeita e repleta de falhas. Fechei os olhos e desejei, de todo o coração, que ela aparecesse só para colocar uma mão em meu ombro. Mas ela não veio. - página 163

Porém em um dia após uma briga boba um acidente acontece e tira a vida de Dorothy. Aaron se vê devastado com essa perda e até um pouco de culpa por não ter evitado que o acidente tivesse acontecido. A partir dai ele embarca em uma jornada para superar o luto e aprender a viver novamente, com a ajuda do amigos, de sua irmã e do "espirito" de Dorothy, Aaron vai aprender que apesar de ter vivido momentos maravilhosos com sua esposa, chega uma hora que devemos aprender a dizer adeus, guardar as lembranças e seguir em frente escrevendo novas memorias e tentando ser feliz.

Confesso que esperava mais do livro, não consegui me comover com a perda de Aaron, pois Dorothy não é uma personagem cativante e não faz a minima falta na história na minha opinião. Porém existem personagens divertidos que conseguem arrancar um riso ou outro da gente, Aaron é um desses as vezes suas queixa e devaneios chegam a ser engraçados. Outro detalhe que não achei compatível com a estória foi a capa do livro, que nos transmite uma imagem diferente do enredo nos apresentado no decorrer das páginas. 

O começo do Adeus é um daquele livros para se ler quando estamos afim de algo mais ameno, com um toque reflexivo e um aprendizado no final. Acho que vale a pena dar uma chance ao livro. Quem sabe ele não surpreende você!



Você Pode Gostar Também

1 comentários

  1. Não me cativou nem a sinopse, depois de ler sua resenha a vontade ficou menor ainda. Você não curtiu tanto.

    Beijos,

    Carissa
    http://artearoundtheworld.blogspot.com

    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.