No calor da emoção

segunda-feira, dezembro 11, 2017


Nunca fui nenhuma musa do verão e essa definitivamente nunca foi minha estação favorita do ano. Sempre fui aquela garota que combina com o inverno que gosta de ficar em casa debaixo das cobertas tendo como companhia um bom livro e uma xícara de chá. Prova do que disso é que eu nunca ostentei uma pela dourada e cabelos radiantes, mas também não sou nenhuma Branca de Neve, estou naquele grupo que mantém os níveis de vitamina D dentro do normal, mas que não fora isso evita qualquer contato desnecessário com o sol.

Como já deu para perceber não sou muito fãs das altas temperaturas e o calor não combina muito comigo. Não acredito em histórias sobre um amor de verão (afinal como confiar em uma época do ano em que as pessoas mal conseguem ficar vestidas? Já aviso nada contra as roupas de banho, mas vamos combinar como levar a sério alguém de sunga ou biquíni?). Goste de pensar que o amor desabrocha assim como as flores na primavera, já que no inverno todos estamos em casa curtinho o aconchego do nosso lar. Já o outono é aquela época que para mim se caracteriza por definir se você vai estar sozinha ou não nas demais estações.

Mas eis que a vida sempre nos surpreende e como já dizia minha sábia avó quem muito fala um dia acaba por pagar a língua. E aqui estou eu pagando a minha com juros e correções, não que eu esteja reclamando só para deixar claro. Depois de anos fugindo com maestria das férias com a galera à beira mar, bastou apenas uma noite de jogos com os amigos regada a drinks coloridos e apostas inofensivas.  E lá estava eu de malas prontas rumo a praia em pleno verão.

Com as altas temperaturas, aquela mar, aquele céu, tudo andava tão à flor da pele, que não sei explicar como tudo aconteceu, mas era como se todo dia fosse o último  de nossas vidas e  no calor da emoção a gente age de uma forma que no final do dia não sabe se se  arrepende ou agradece. Agora eu realmente entendo que o verão não foi feito pra ser levado a sério, que de vez em quando a gente precisa tirar um tempo e rir pra vida, não se levar tão a sério, deixar um pouco o peso da bagagem e caminhar mais leve. 

Pois é exatamente quando a gente não planeja, quando a gente baixa a guarda e deixar as coisas acontecerem como tem que ser que o que era apenas um sonho distante vira realidade e o futuro vira o agora, mas histórias criadas no verão assim como em qualquer estação jamais viram passados quando guardadas na memória.  E se você estava esperando por uma história de um tórrido amor de verão, me desculpe te decepcionar, não afirmo e não nego pois nem tudo aquilo que é vivido nasceu para ser dito. 




Você Pode Gostar Também

9 comentários

  1. Adorei o texto, tb sou uma menina do inverno, mas moro no Mato Grosso onde o calor é infernal rsrsrss, mas meu sonho é conhecer o mar, então se eu pudesse eu iria para praia, mesmo não gostando, mesmo nunca tendo usado um biquini kkkk
    A vida é muito curta né rsrsrs

    ResponderExcluir
  2. Adorooooooooo praia porém na sombra e água de coco rsrsrs
    Não é a toa que vim parar na California.
    Mas admiro muito a pele bronzeada, apesar de não tomar sol, sou ate moreninha!!
    Adorei a sua transformação de aceitação com altas temperaturas rsrs

    www.thaubarbosa.wordpress.com

    ResponderExcluir
  3. Claramente estou com você nessa, mas descordo de viver essa do verão rsrs. Amo o inverno, tenho total aversão ao calor. Aqui onde moro, interior, não tem praia não. O verão é feito com as pessoas fazendo a mesma coisa das outras estações, só que com menos roupas kkk Sim, achei que ia viver uma história de amor nesse verão e você me desiludiu mas ok boa sorte na próxima rsrs

    ResponderExcluir
  4. Que texto levinho, moça ♥ Continuo não sendo fã do verão, apesar de amar as férias e os encontros complexos com os amigos aiuehaiuhe, sempre acontece tanta coisa em meio a isso. Mas acho que aproveitar e curtir as estações, cada uma com sua característica, é um preço ótimo a se pagar.

    ResponderExcluir
  5. Prefiro o frio do que o calor rsrs !Gosto muito de praia tanto que fique na sombra tá ótimo.

    ResponderExcluir
  6. " Agora eu realmente entendo que o verão não foi feito pra ser levado a sério, que de vez em quando a gente precisa tirar um tempo e rir pra vida" Eu sempre amei o outono e o inverno por uma série de motivos que não caberiam nesse comentário, já que o foco é verão. A verdade é que apesar de amar temperaturas baixas, sinto que o verão traz consigo leveza, diversão, dias mais longos para aproveitar a vida e caipirinha à beira mar porque todos precisamos sentar, relaxar, esvaziar a mente e sentir e aproveitar o agora.

    Beijooos e amei seu texto <3

    ResponderExcluir
  7. Eu tbm sou do Outono/ Inverno. Te entendo bem. Mas de vez enquando, é bem legal nos permitir sair da nossa "casinha". E conhecer o novo, o que não é costume! A gente pode se surpreender. E foi o que aconteceu né?

    ResponderExcluir
  8. Que texto mais gostoso de ler! Fiquei me sentindo naqueles verões de filmes, sabe? Onde o verão parece ser sempre incrível. Uma pena que na realidade não da para fazer qualquer coisa que envolva gastar energia no verão, já que quando está muito calor todas as minhas energias vão embora. Mas também não gosto de quando está muito frio, fico muito preguiçosa no inverno hahahaha
    Amei o texto ♥

    ResponderExcluir
  9. Moro no Mato Grosso e o calor daqui é incomparável...kkk! Só queria que tivéssemos uma praia para podemos passear. Amo o verão e não troco ele por nada, mesmo sem praia não conseguiria viver em um lugar frio. Parabéns pelo blog eu amei.
    Beijos e Abraços
    https://vickyalmeida.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.