Por respostas para todas as perguntas

segunda-feira, novembro 12, 2012


É nessas horas, exatamente nesses momentos que eu acho que tudo vai desmoronar que vai passar um vento muito forte e vai levar tudo, por que parecemos ser fracos de mais. Me tornei quem eu odiava, e quem culpar por isso? Você tem as respostas para tudo, então me diz todas elas, tira todas essas duvidas. 

Vou deixar de falar sobre você, to sendo egoísta demais comigo. O problema é que eu odeio essa dependência, essa forma de precisar de algo para ficar em pé, queria minhas forças, minhas antigas forças. Alguém lembra quem eu era? A eu de antes se importava com isso? Não, por que a eu de antes não ligava para você, então, ame-me por tudo isso, porque voltar a trás é voltar com tudo. Não da para escolher só os momentinhos bons. As câmeras fotográficas estão cheias deles, é só ver o sorriso de uma foto para outra, mas quem ta feliz de verdade? Para que martelar na cabeça as perguntas sobre você, elas parecem ter nascido sem respostas. Não me culpe, não culpe o ontem ou o amanhã, culpe as consequências, culpe os erros, culpes todas as benditas pedras, por que é bonito demais falar que passei por todas elas, difícil é saber como eu passei. Então é exatamente isso, os ventos fortes me dão medo, os silêncios me cortam por dentro, mas as duvidas, á elas me acompanham e me matam lentamente.


Você Pode Gostar Também

0 comentários

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.