Roda Gigante

segunda-feira, outubro 24, 2016


Lembro-me da primeira vez que fui a um parque de diversões, logo de cara me encantei pela roda gigante. A sensação de poder estar mais perto do céu e poder ver tudo de uma maneira mais ampla sempre me encantou e aquele brinquedo me vendia a promessa de realizar esse meu desejo. 

Não me lembro ao certo quantos anos eu tinha, mas me lembro de meus pais me pegarem pela mão e levarem para dar um volta. No inicio senti um frio na barriga, porém mesmo sentido medo eu queria saber qual era a sensação de viver aquela experiência, e saber que eu não estava sozinha deixou tudo ainda mais incrível. Deu medo? Deu. Valeu a pena? Muito.   

Se passaram alguns anos desde esse dia, mas ainda sinto aquele frio na barriga. Troquei os parques de diversões da infância pelo circo da vida adulta. Ao longo dos anos eu sempre busquei aquela sensação que tinha toda vez que entrava em uma roda gigante, mas nunca encontrei algo que fosse equivalente até o dia em que eu me apaixonei. Pode parecer piegas essa minha comparação, mas para mim o  amor é como estar em uma roda gigante. Uma hora estamos no alto e felizes e depois quando estamos por baixo ansiamos poder estar de volta ao topo e temos medo de nunca mais chegarmos perto do céu. Fazer um passeio sozinha não é algo ruim, mas quando estamos acompanhadas a visão é bem mais bonita lá de cima.

Estar com com você nunca foi uma montanha-russa como paixões antigas, estar com você é algo calmo, nosso amor apesar dos altos e baixos me traz paz, me liberta e ao invés de aflição e frio na espinha, me traz aquela sensação de estar nas nuvens ainda que com os pés no chão, um frio na barriga.. Estar com você me me faz ver a vida de maneira mais ampla, nem sempre  teremos paisagens bonitas, mas juntos encontrarem a beleza nos lugares menos interessantes em nossa roda gigante! 



Este texto faz parte do desafio do grupo Café com Blog
onde a proposta era criar uma postagem com base na imagem que ilustra o início deste post.

Você Pode Gostar Também

7 comentários

  1. Nunca andei em roda gigante, não sei a sensação rs...Mas ficou realmente com muito sentido a sua comparação...Amei o post, parabéns

    Momento com Thaisa

    ResponderExcluir
  2. Eu gosto de uma frase que diz "isso também vai passar". Acho que, na vida, tudo é meio que uma roda gigante. As vezes estamos tão felizes, mas acaba passando... e quando entramos numa fase não tão boa assim, também passa.

    ResponderExcluir
  3. gostei bastante do texto! adorei a comparação entre o amor e a roda gigante!
    seu blog é lindo!
    beijos

    https://margaridasnamochila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Nossa! Super adorei o texto com essa imagem, como é legal ver a inspiração que as pessoas tem! Eu voltei a ser criança lendo *-*

    ResponderExcluir
  5. Que texto mais amor, mas devo admitir que tive que imaginar a sensação de andar em uma roda gigante já que eu nunca experimentei. Em um primeiro momento o seu texto me chamou a atenção justamente pela imagem inicial, estava falando esses dias mesmo com o meu namorado que de uns tempos para cá estava com uma super vontade de ir em uma roda gigante grande e bonita, claro, que na companhia dele <3 Agora esse passeio vai ter ainda mais significado para mim!! Beijos!

    Colorindo Nuvens

    ResponderExcluir
  6. ameiiii..... arrasou no seu texto........ bjusssss!!!!!!!

    ResponderExcluir
  7. Amei o texto!!! A relação que você fez com a experiência em andar em uma roda gigante e o amor ficou sublime! Não teve nada de piegas, não se preocupe! rsrs
    Adorei tua escrita também! <3
    xoxo

    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.