Os meus melhores para sempre

segunda-feira, abril 04, 2016

Hoje quando cheguei em casa fiz algo que a muito tempo não fazia, liguei o rádio como quem não quer nada só para sair da rotina. De repente a melodia invade a casa e aquela tão conhecia frase preenche o ambiente "Se lembra quando a gente chegou um dia a acreditar que tudo era pra sempre..." Naquele instante senti os olhos marejados e me perguntei mentalmente aonde foi parar o nosso para sempre, para onde teriam indo todas as nossas promessas e sonhos compartilhados.

Não me lembro quando foi nosso primeiro contato, só sei que era amizade, amor mesmo antes de ser e quando nos perguntavam onde nós nos conhecemos e a quanto tempo sempre respondíamos desde sempre para sempre, nosso destinos foram traçados bem antes da maternidade.  Os que viviam ao nosso redor invejavam a nossa amizade, como aqueles crianças criaram um laço tão bonito, como viviam algo com tanta intensidade, eles parecem tão livres, tão felizes...

Pego os velhos álbuns e não há uma foto em que vocês não estejam. São tantas lembranças, tantas confissões trocadas que chega a doer no peito. Não me recordo quando foi que o laço virou nó, muito menos quando se desfez. Não consigo imaginar em que momento deixamos a distância ser maior que qualquer coisa e que as palavras e atos perdessem significado. 

Hoje estou aqui ouvido uma de nossas músicas na rádio, dá para acreditar? Com os olhos cheios de lágrimas e com uma saudade imensa revendo as nossas fotos, cartas, relembrando segredos, nossas histórias. Amizades como a nossa deviam ser eternas, à prova  de qualquer mal. Mas infelizmente não foi. É triste ter que admitir que hoje eu nem sei por onde vocês andam, se casaram, tiveram filhos, seguiram os sonhos antigos... Doí ver que os meus melhores amigos hoje já nem são mais amigos, foram reduzidos a velhos conhecidos de um tempo bom que não volta mais. É uma pena ver que os meus melhores não duraram para sempre. "Mas nada vai conseguir mudar  o que ficou..."

Você Pode Gostar Também

1 comentários

  1. Quase chorei lendo esse texto, sim ou com certeza? Impressionante como me identifiquei e já lembrei dos meus melhores...
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.