Boa menina má

segunda-feira, março 07, 2016


Crescemos acreditando que a vida se resume a apenas dois lados, opostos perfeitos, tudo simples assim. Mas esquecem de nos dizer que nem tudo é certo ou errado, preto no branco, que estamos sujeitos a nos deparar com certos meios termos pelo caminho, algumas incertezas e ambiguidades. 

Desde criança sempre achei que eu era do time dos bonzinhos, sabe princesa encantada à espera do príncipe perfeitinho que viesse me salvar da bruxa má. Mas de repente me dei conta com o passar dos anos que talvez eu não fosse tão boazinha assim...

Sou daquelas que são intensas demais e não lidam bem em seguir padrões. Depois de reler os velhos contos de fadas descobri que de princesa eu não tenho nada. Me desculpem a sinceridade dessa revelação, mas depois de muita análise descobri que  nasci mesmo foi para ser vilã. Calma! Muita calma nessa hora eu ainda amo a natureza, crianças, animais e não desejo o mal a quase ninguém (é que tem algumas pessoas que nos tiram do sério,se é que me entendem). 

Pertenço ao lado negro da força pois não sei fingir sentimentos e quanto sinto eu sinto muito, sou intensa, não sei ser metade, nasci inteira. Não sou do tipo que divide, não esqueço fácil e perdoar para mim é um dom divino. Quando quero, eu quero agora, não aprendi a ficar sentando esperando que alguém venha e em um passe de mágica revolva todos os meus problemas. Tem dias que desço do salto, falo alto e digo palavrão, já roubei doce de criança (tudo bem, não me orgulho disso, mas era chocolate e eu estava de TPM), já menti algumas vezes, destruí alguns corações (foi legitima defesa, eu juro). Tá vendo isso não são coisas que uma boa garota traz no currículo, e antes de eu me transformar em uma boa garota falsa resolvi aceitar a minha sentença me declarando uma boa menina má! 


Você Pode Gostar Também

3 comentários

  1. "Não sei ser metade, nasci inteira" ADORO. Adoro seus textos, adoro seu blog, adoro tudo aq"


    http://idealizandolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oii! Parabens pelo texto. Curto a forma como voce escreve e sobre os temas que voce aborda. Nao curto seguir padroes, nao fomos feitas para isso. Acho que precisamos trazer mais para o mundo o que realmente somos. Super parabens pelo texto. Beeeijos

    http://www.verdadeescrita.com/nao-eu-nao-sumi/

    ResponderExcluir
  3. É isso aí, a gente tem que se livrar dessa ideia que existem bons e maus somente. Nós somos nós mesmas, com nossas bondades e nossas maldades.
    Amei o texto.
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.