Coletor Menstrual

quinta-feira, julho 09, 2015


Há dois meses comprei e comecei a usar um coletor menstrual. Passei meses pesando pós e contras, namorando o produto antes de comprar e agora decidi compartilhar minha experiência com vocês.
Vi pela primeira vez o coletor menstrual no Facebook. Relatos de mulheres que usaram, notícias sobre a segurança do coletor e estatísticas sobre o quanto se gasta e se polui o meio ambiente com o uso e descarte de absorventes internos e externos, tudo isso pesou bastante na minha decisão de compra. Só pra vocês terem uma ideia dos números envolvidos, coletores menstruais existem desde 1937 (!!!!) e, sim, eu também fiquei chocada em só saber disso recentemente e representam um total de 252 absorventes em média por ano a menos poluindo o meio ambiente, por mulher.

Restava saber se a coisa funcionava.
Comprei pela internet mesmo e no site da marca que escolhi, logo eu soube que existiam dois tamanhos e que um (A) era indicado para mulheres que já tiveram filhos ou que tinham mais de 30 anos, e outro (B) modelo para as com menos de 30 e que não tiveram filhos. O tamanho A tem 4,3 cm de diâmetro e o B tem 4,0 cm. A altura dos dois é a mesma, 7,2 com a haste, que pode ser cortada e a capacidade de ambos é aproximadamente 30 ml. Parece pouco, mas vai por mim, não é.

O coletor custou 79,00 mais frete e chegou em menos de uma semana na minha casa. Foi a primeira vez que fiquei ansiosa pra menstruar na vida. Antes do primeiro uso, fervi o coletor como indicado e me surpreendi com o tamanho, mas as instruções de como colocar são bem claras e consegui de primeira. Pra colocar, me agachei e o coloquei dobradinho, depois fiquei em dúvida se ele estava realmente aberto, mas resolvi não tentar de novo. Na embalagem explica tudo de-ta-lha-da-men-te. 


Passei a manhã sem sentir que ele estava alí e fiquei bem contente, pensei em todas as coisas que nunca mais me incomodariam por conta da menstruação, como ir à praia ou vestir uma legging e, no meio do dia, ansiosa pra ver como estavam as coisas, fui ao banheiro fazer a limpeza e, pra minha decepção, descobri que tinha vazado um pouquinho. Coisa pouca, não chegou a manchar nada, nem sequer pude sentir, mas vazou. Só que eu não desisti: lendo, compreendi que eu tinha que me certificar que ele abria dentro de mim, pra poder vedar. O vídeo da jout jout, que vi depois, ajuda a compreender bem isso.

O que aprendi nesses dois meses de uso é que não adianta pôr o coletor com pressa, tenho que verificar se ele abriu direitinho, pra vedar bem e não vazar. Mas que depois de colocado, a sensação é a de mais pura liberdade pra se movimentar, a ponto de que preciso de despertador pra limpá-lo antes de dormir, se não esqueço que ele está lá. Não fico ardida de uso prolongado de absorvente, não fico melecada, ele não incha em contato com a água como os internos e eu posso usá-lo por até 10 anos inteiros! Sem essa de acordar menstruada e não ter absorvente e ter que sair correndo no mercado pra comprar antes que um desastre ocorra (sim, isso acontecia comigo).


A verdade é que eu adorei. E antes que alguém pergunte “por que todo mundo que usa isso quer doutrinar outras mulheres a usarem também?”, a resposta é simples: porque quando você descobre que te torturavam à toa, tudo o que você quer é que as outras pessoas saibam que existem outras possibilidades. 




Twitter: @alexiacristal

Você Pode Gostar Também

8 comentários

  1. Nossa que dica ótima.
    Não conhecia esse produto mas já amei. Ninguém merece absorvente =/
    beijos

    www.revistadarafa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que curtiu, Rafa! Ninguém merece mesmo... Beijos.

      Excluir
  2. É pouco divulgado, porque até então iria acabar com a concorrência rs. Fiquei impressionada com a quantidade de absorventes que gastamos todo mês.
    Vou comprar o meu e tentar também!

    www.universopraticofeminino.com

    ResponderExcluir
  3. Você tem razão, deve ser por isso mesmo. Tenta e depois compartilha com a gente. :*

    ResponderExcluir
  4. é por isso que eu adoro esse blog, vocês são demais demais demais! anos de blogosfera, descobri o profano feminino acho que no meu segundo blog, desde então saindo e entrando desse universo estou sempre visitando aqui, idependente de tá com um blog ou não, e desculpa o texto, mas precisava dizer isso, e sei o quanto é importante pro trabalgo de vocês saber a opinião do público.

    Entrando no assunto do post, adorei mesmo essa postagem, e estou pasma por saber que é um acessório tão antigo, e eu ouvi falar dele a primeira vez somente agora!
    gostaria de saber, se ele pode ser usado por virgens (imagino que não)
    obrigada! bjs

    Desses Dias Meios

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aí que fofa!!! Obrigada pelo carinho. É muito importante saber que o que a gente escreve tem retorno, atinge alguém. 💜
      E não, o Coletor realmente não é indicado pra quem é virgem. Existem controvérsias, mas eu, se ainda o fosse, escolheria não usar.

      Excluir
    2. Aí que fofa!!! Obrigada pelo carinho. É muito importante saber que o que a gente escreve tem retorno, atinge alguém. 💜
      E não, o Coletor realmente não é indicado pra quem é virgem. Existem controvérsias, mas eu, se ainda o fosse, escolheria não usar.

      Excluir
    3. Aí que fofa!!! Obrigada pelo carinho. É muito importante saber que o que a gente escreve tem retorno, atinge alguém. 💜
      E não, o Coletor realmente não é indicado pra quem é virgem. Existem controvérsias, mas eu, se ainda o fosse, escolheria não usar.

      Excluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.