Sobre ser feliz e não ter vergonha disso!

segunda-feira, março 23, 2015

As pessoas gostam de dizer que é na dor que a inspiração nasce, que é apenas quando estamos sofrendo por amor que conseguimos colocar para fora palavras impactantes que despertam os mais variados sentimentos nos que leem. Mas quer saber, eu discordo disso. Na verdade é quando a gente está transbordado de felicidade que a inspiração nasce.

Sabe quando a gente tá feliz tudo ganha mais vida e desejamos que as pessoas ao nosso redor compartilhem da mesma felicidade. Porém é tão difícil falar sobre aquilo que nos faz bem, do porque daquilo ser tão importante. Já tentou descrever a segurança que um abraço poder trazer, como um sorriso sincero e espontâneo pode iluminar o teu dia, ou a cumplicidade que uma troca de olhares pode conter? São coisas simples, pequenos gestos que fazem nossa coração disparar, a mente perder o foco, sentir aquele friozinho na barriga, as mãos suarem e as pernas ficarem bambas. Mas como descrever com a mesma riqueza de detalhes tudo aquilo de bom que está acontecendo conosco para que o outro entenda na mesma intensidade que você está sentido? É difícil despertar a felicidade no outra pela nossa felicidade, na maioria das vezes só conseguir atrair um pouco de inveja. 

Por isso é mais fácil falar da dor, do sofrimento, da perda. Já parou para pensar em como é fácil fazer alguém se sentir mal por algo, e é tão difícil fazer alguém se sentir bem? Então, é por isso que não compartilho o melhor da vida, nem todo mundo vai entender. Mas nem por isso eu deixo de tentar, afinal se você está sofrendo pode ter certeza de que você não está sozinha, mas se você está feliz, amando e transbordando não tem nada de errado com isso, e por que não tentar propagar isso? Não tenha medo de compartilhar o quanto a vida pode ser boa, deixe a inspiração florescer em você, hoje em dia é disso que a gente precisa!  

Você Pode Gostar Também

3 comentários

  1. Muitas vezes quando estamos felizes não conseguimos expressar escrevendo o que estamos sentindo, mas ai quando a vida te da uma rasteira daquelas você consegue por pra fora todo sentimento ruim que te aflinge e ai conseguimos só então nos recompomos e ficamos aliviados novamente :) pelo meu ponto de vista, pelo menos é assim que me sinto rs
    http://entre-nos-picio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Simplesmente incrível!!!!! abrir o coração para pensar sobre estes dois lados de nós é o primeiro passo para convivermos bem com a liberdade que a vida nos dá. E que muitas vezes não enxergamos porque valorizamos um lado só!

    Adorei o post! Sempre lindo e emocionante estar aqui!

    Pensamentos Valem Ouro

    ResponderExcluir
  3. Excelente texto, adorei! É bem isso que acontece, precisa-se explorar mais coisas boas, viver e sentir, ver o quanto é bom!
    É preciso dar valor as pequenas coisas da vida, buscamos o que exatamente está próximo de nós.

    www.universopraticofeminino.com

    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.