A carta

quarta-feira, outubro 22, 2014


Oi, resolvi te escrever, já que o destino não anda cooperando muito.
Faz tempo que tudo o que sinto fica preso dentro de mim e não se transforma em palavras como antes. Sinto falta disso.
Sabe, a vida mudou da água para o vinho e nessa mudança eu conheci a felicidade que sempre procurei. Não tenho nem como descreve-la. Você se surpreenderia como não está nada igual à última vez que nos encontramos.
Sinto falta de sentar ao seu lado, alisar suas costas e contar as novidades. Não me leve a mal, isso não quer dizer muita coisa. Queria que você soubesse que Deus vem sendo maravilhoso comigo, incrível como essa volta que o mundo deu se encaixou perfeitamente em mim.
Se lembra, você falava em se casar, arrumar um bom emprego e ter filhos. E eu só sabia dizer que se nada desse certo, você seria a melhor opção. Um tanto egoísta. Mas, deu tudo certo, tudo se encaixou, seguiu a linha correta. E é uma pena não poder compartilhar isso com você.
Tenho certeza que você se encantaria com o presente que Deus me deu.
Não sei muito sobre você, sei que sumiu, não deu mais notícias para ninguém. Sei também que alguém preencheu seu coração, fiquei muito feliz com isso. Você sempre mereceu toda felicidade do mundo.
Bom, quem sabe um dia nessas voltas que a vida da, a gente se cruze em um restaurante qualquer ou até mesmo, se esbarre na multidão. Vamos nos reconhecer de cara, meu coração vai da uma acelerada, só por que é normal. E eu vou sorrir para você. Você sorrirá de volta e vai abaixar a cabeça envergonhado, então, eu vou seguir o meu caminho e você o seu.

Você Pode Gostar Também

0 comentários

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.