Chegou a Hora

sexta-feira, setembro 20, 2013



E chega uma hora que temos que perdoa, esquecer e seguir enfrente. Chega uma hora que só resta lembrar dos momentos bons que vivemos. Chega uma hora que a lembrança dos momentos bons nos conforta, mas já não é tão suficiente. Esses dias li, que as vezes precisamos chegar ao fundo do poço, pra percebermos o quanto tudo foi importante e que chegar até esse ponto é necessário para que possamos da valor nas coisas simples da vida, e eu concordo precisei que tudo isso acontecesse para eu descobrir o verdadeiro valor da amizade. Duas pessoas me falaram que pra eu seguir em frente e esquecer tudo isso, eu tenho que te perdoa, e numa dessas noites de insônia pensando sobre a vida percebi que isso é verdade. Não sinto mas nada por você, mas ainda me dói e incomoda te ver e ouvir sua voz, mas vou aos poucos superando e vou seguir em frente pois é o melhor a se fazer depois de tudo. Enfim, esse é meu ultimo texto que escrevo pra você, sobre você e sobre esse assunto, vamos seguir nossos caminhos separados e seremos felizes a partir das decisões que tomarmos, por fim te desejo toda felicidade do mundo.




"...E se você me perguntar se é pra você
Eu vou negar e vou dizer que nada a ver." -Clarice Falcão

- Carla Adriana 

Você Pode Gostar Também

1 comentários

  1. É... quem nunca passou por uma situação desse tipo que atire a primeira pedra. Não sei se a autora desse texto inventou ou desabafou mesmo, mas acredito que tenha sido a segunda opção, geralmente textos assim saem de dentro do coração mesmo. Só uma coisa a dizer: aos poucos você supera mesmo, porém, é preciso paciência. Recaídas vão surgir, vão ter dias depressivos mesmo depois de meses e meses sem falar e sem ver ele e este não é o último texto seu pra ele. Depois de uma recaída, ou de algum desses dias de depressão você vai sentir necessidade de escrever, e principalmente vai escrever, quando depois de um tempo, encontrar com ele na rua e ver que você não sente mais nada por ele, e isso vai ser estranho, confuso e vai doer (mesmo sendo o seu objetivo).
    Enfim, me empolguei, pois também escrevo muito disso, meus textos tem muito de mim, e tudo o que eu disse aqui é experiência própria, se ficar afim de saber mais vou deixar o link do blog.



    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.