O amor é um estrela que fere os olhos‏

quarta-feira, abril 17, 2013


A verdade não está em seus olhos. Nem nos meus,somos frágeis para guardar tamanho achado.
Estamos cegos por uma estrela decadente chamada amor.

E de cadências em decadências, a vida,sorrateira, vai abandonando nossas veias.

O amor,meu pequeno viajante, é um truque de ilusões sustentadas pelo nosso medo da solidão. E não há glória em romances fracassados,não há glória em morrer por amor, mas mesmo assim eu desejo colar meu mundo ao seu.

Há um segredo na ponta dos seus dedos que eu preciso desvendar. Há pássaros cristalizados em meu peito,clamando por vida. E você é a primavera que irá ressuscitá-los,o novo fôlego para os meus pulmões cansados.
Já que fomos feitos pra acabar,faça dos meus ouvidos relicário dos seus segredos. E do meu corpo,mapa das suas constelações e esconderijo dos sonhos.



- Isabela Ribeiro 

Você Pode Gostar Também

2 comentários

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.