Sinto, sinto muito a sua falta.

terça-feira, janeiro 15, 2013

Sente saudades? – ele perguntou.
Sim, eu sinto falta de quem éramos, falta de quem jamais seremos e o tempo passou, infelizmente.  Você é a prova que eu lutei contra o relógio para que ele parasse, mas o trabalho dele é andar. É em vão lutar contra o obvio, em vão lutar contra o fim das coisas. A saudade é só aquela certeza que aconteceu em algum lugar no passado. Você é o tipo de historia que eu gostaria de tirar da memória, mas é a minha. É o que eu sentiria falta se nunca tivesse acontecido.  Então sim, eu guardo uma saudade, uma saudade que invade o meu peito quando eu estou assim, nesse silêncio externo e barulho interno. Você me entendia completamente, mas me deixava tantas duvidas em relação a tudo. Eu queria correr o mundo, porém o lugar mais seguro era esse com os pés nos chão. Sua companhia era confortável, você era intimidador com todo aquele jeito de menino ingênuo, era tudo que eu sempre quis. Mas sabe do que eu mais sinto falta? Desses braços que nunca foram meus, mas que de alguma forma me pertenciam, da sua voz no meu ouvido dizendo que eu estava linda, de você me encarando só por que tinha certeza que isso me deixaria com vergonha. Sinto, sinto muito a sua falta. 

Você Pode Gostar Também

2 comentários

  1. Me apaixonei pelo texto, que escrita cativante vc tem! vc valoriza detalhes, dando leveza a leitura.
    Bjs ;*
    minhaspequenasverdades.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. obrigada, fico muito feliz pelos elogios. tudo de bom.

    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.