Vida de Universitário VI

sexta-feira, dezembro 07, 2012


508451 vestibular02 UEA Vestibular 2012: inscrições

1-Qual seu nome e idade? E nos conto um pouco sobre a sua escolha do curso.
Oi! Meu nome é Isadora Mello e tenho 18 anos. Bom, eu faço faculdade de Letras (português/ espanhol). Escolhi esse curso porque sou completamente apaixonada pelo espanhol, e também porque meu sonho é ser escritora!

2-Qual curso você faz e qual semestre está cursando? Sua faculdade é pública ou particular?
Então, eu faço Letras e estou no 1º período. É pública.

3-Este é o curso que você queria desde o Início?
Digamos que sim! No meio do caminho fiquei em dúvida entre Publicidade e Propaganda e Jornalismo, mas entre minhas opções sempre esteve Letras.

4-Quais eram sua impressão sobre o curso antes e agora que está finalmente o cursando? Você superou suas expectativas?
Na verdade, com relação as matérias é mais ou menos o que eu imaginava. Com relação ao todo (ambiente, ensino...), superou minhas expectativas! Apesar de ser cansativo demais, é muito bom!

5-O curso que você queria tinha em sua cidade/estado ou você teve que se mudar para outro lugar? Caso você tenha tido que se mudar como foi todo o processo de adaptação? O que mais você sentiu dificuldade?
Sou do estado do Rio de Janeiro e faço faculdade aqui mesmo. Só não é na minha cidade! Mas não precisei me mudar, nem nada. Vou e volto de ônibus todos os dias.


6-Com a mudança do ensino médio para faculdade existe algumas diferenças. Qual foi a mudança que mais de agradou e qual a você menos gostou?
A diferença é gigantesca! É tudo muito melhor! As aulas, o ambiente (faculdade é algo muito mais livre que escola), e até mesmo o seu objetivo. Você está lá fazendo o que gosta, estudando as matérias com que se identifica. A diferença é que você tem muito mais gastos, e você tem muito menos tempo livre fora da faculdade. E na faculdade não dá pra empurrar com a barriga igual no colégio. É estudar ou estudar! Mas é bem prazeroso, acreditem! hahaha Ah, as mudanças que eu mais gostei foi o ambiente (amei minha Universidade!), o fato de ter contato com intercambistas, e as aulas de espanhol (um dos meus professores é nativo!). E acho que o que eu menos gostei é que tenho muito gasto. Muito mesmo! haha

7-Qual sua dica para quem vai prestar vestibular em breve? Qual foi a estratégia de estudo que você usou e aprovou? 
Na verdade não tive uma estratégia. Eu fiz pré-vestibular esse ano quase todo, mas acabei passando com a nota do ENEM do ano passado. Ou seja, passei apenas com o que estudei na escola. Sinceramente, dei prioridade apenas para as matérias do meu agrado. Linguagens! Esqueci todo o resto (mas acredito que isso não seja uma boa estratégia). Sempre li muito e sempre gostei de escrever, então isso me facilitou nas provas de português, literatura e na redação. A prova de matemática é fácil (se eu achei fácil, confiem em mim, É FÁCIL). É mais questão de lógica, então é preciso muita atenção ao enunciado. Quanto as questões de história, geografia e etc. fui pelo que aprendi na sala de aula. Para a prova da UERJ estudei todas as matérias! Minha específica teve espanhol. Eu já dominava o espanhol de certa forma, mas diferente do que eu pensava, a questão só é pra ser respondida em espanhol QUANDO ELES SOLICITARE NO ENUNCIADO. Então, basicamente é interpretação de texto. Pra quem não domina a língua, é preciso saber algumas coisas de vocabulário para não cair em pegadinhas. Mas não é um bicho de sete cabeças! Acredito que o mais importante é você acreditar que pode! Eu por exemplo só fui ser classificada quase 1 ano depois, mas algo me dizia que eu ia conseguir. Agora, auto-confiança é diferente de soberba! Acredite em você, mas guarde isso pra si. Não se exponha como melhor que o outro NUNCA!

8-Fale um pouco do seu curso, como é a grade, as possibilidades de mercado, vantagens e desvantagens? 
Bom, meu curso é integral (manhã e tarde). Apesar de ter apenas uma matéria a tarde, existe o curso de extensão  que são cursos extras que devemos fazer para somar horas em Atividades Extras. Atualmente faço de Espanhol (com um professor nativo da Espanha e que não fala português) e sobre Carnaval Brasileiro. Minha grade atual é basicamente: Produção de Textos, Espanhol, Latim, Linguística, Variação Linguística, Teoria Literária e Grego. Quem se forma em Licenciatura poderá ser professor, escritor, dublador, tradutor, revisor, redator, trabalhar em multinacionais como qualquer uma dessas profissões, trabalhar em outro país, etc. Quem se forma em Bacharelado, pode trabalhar em todas essas coisas menos como professor.

9- Conte nos um pouco sobre a sensação desta nova fase, o que mudou em sua vida? A e também nos conte como foi seu trote?
Conheci um ambiente novo, pessoas novas. Estou num lugar que vai me oferecer muitas coisas boas e que tem profissionais excelentes. Muito aprendizado, muitas oportunidades! E acima de tudo aprendi a acreditar mais em mim. Vi que sou capaz de conseguir o que quero fazendo a minha parte. Sem desejar mal pro próximo, nem passar por cima de ninguém. Meu trote foi o seguinte: 1 semana de trote! Só fui no primeiro dia. Fomos pro auditório, os veteranos escolheram umas pessoas pra ir na frente se apresentar e pagar um miquinho básico (não me chamaram! Amém!). Depois fomos pintados e fomos até o Centro pedir dinheiro! Fiquei sabendo que no segundo dia de trote ocorreu a mesma coisa, com a diferença que as pinturas foram temáticas. No quarto e quinto dia ocorreu uma gincana, e no último foi a Calourada.

10-O que você poderia dizer para nossos leitores, que você acha importante para quem esta fazendo vestibular e para aqueles que já estão na universidade?
Para os que ainda vão fazer, acima de tudo: se dedicar muito, o máximo que puderem, para não se arrependerem depois! Ter fé, confiança em si e no que plantou o ano todo. Para os que já estão na Universidade: aproveitar essa oportunidade o máximo que puderem! Absorverem o máximo de ensinamentos. Se dedicar mesmo! Porque não adianta nada ficar na faculdade por 4 ou 5 anos, pegar o diploma e depois não saber nem pra onde ir. É preciso sair de lá com segurança para encarar o mercado de trabalho, e acima de tudo REALIZADO e ORGULHOSO de si!

Você Pode Gostar Também

2 comentários

  1. Tenho bastante vontade de fazer letras. Entretanto preciso pensar mais sobre o caso rs

    David - leitor compulsivo

    ResponderExcluir
  2. Minha mãe fez letras e diz que é um curso maravilhoso, mas não tenho vontade de cursar.
    Beijos
    Sonho de Biblioteca

    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.