O caminho, de novo e sempre ele.

sábado, novembro 03, 2012



Eu não tenho medo da estrada. Seja de terra, de asfalto, uma trilha, uma rodovia, rua ou avenida. Amo viajar. Pensar nas pessoas e coisas do meu caminho, pensar nas pessoas e coisas do caminho que eu sou, seja qual for o destino. Às vezes alguém caminha ao meu lado, me conta seus passos, eu escuto, eu também falo e o caminho parece muito mais agradável.
Às vezes alguém sobe em meu colo, me pede ajuda, me absorve, se aproveita da minha condição de andarilho e segue viagem usando meu corpo, até que eu me canse e o peça pra partir. Às vezes alguém me oferece carona, eu viajo confortável, mas me sinto mal se utilizo os meios de outras pessoas, porque não ando pelos meus esforços e nada que é usurpado nos leva a um lugar que, de fato, nos pertença.
Às vezes sou observada pelas janelas das casas pelo caminho. As pessoas se perguntam para onde estou indo, sempre destacando o tamanho da loucura que é seguir pelo mundo sem destino e não se dão conta de que todos nós fazemos isso, de um modo ou de outro. Alguns, mais lúcidos, ficam à beira da estrada, olham receosos para o horizonte, alimentando e argumentando com a coragem e com o medo de andar.
A estrada é a única alternativa inteligente. Estamos no mundo sem manual de instruções sobre como tocar a vida. Você não tem como ter certeza de pra onde vai depois daqui, passar o tempo da vida que tem parado com medo de viver é absurdo. Por isso acho as estradas tão convidativas. São, todas elas, oportunidades enigmáticas. E, no fim, nunca importa tanto assim o seu destino final, o grande lance da vida é o caminho que a gente é. 
Twitter: @alexiacristal

Você Pode Gostar Também

2 comentários

  1. Que texto mais lindo. "Estamos no mundo sem manuel de instruções sobre como tocar a vida", ou seja, temos que aprender sozinhos como fazer isso, temos que seguir em frente.
    http://www.senhoritaliberdade.com/

    ResponderExcluir
  2. Que texto mais lindo. "Estamos no mundo sem manuel de instruções sobre como tocar a vida", ou seja, temos que aprender sozinhos como fazer isso, temos que seguir em frente.
    http://www.senhoritaliberdade.com/

    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.