Era só você, deixando de ser importante.

segunda-feira, novembro 19, 2012

Era só eu preferindo vim para o meu quarto bagunçado, meu computador lento do que está aí, ao seu lado. Era só eu evitado atender ao telefone para não desperdiçar umas das suas desculpas baratas. Era só eu fingindo não ligar que quando vi acabei não ligando mesmo. Estava me despedindo de pouquinho e pouquinho, foi um longo período até o verdadeiro adeus, te oferecendo uma chance lá no fundo. Era só eu não prendendo nada a nada, dando liberdade a tudo. Dava para perceber, era só um pouco de atenção. Eu fui dizendo tchau com pena de tudo aquilo, com pena dos anos passados, mas não tinha restado nada ali, e no final de tudo eu percebi que nem lembranças. Você me dizia te amo como se fosse a sua mais nova gíria e eu nunca gostei de gírias, então, mas do que nunca fiz a escolha certa, eu sei que você sempre falou que a mistura de nos dois dava a cor perfeita, sua cor preferida era preto e a minha não. Você sabia, dizíamos isso o tempo todo, marcávamos no calendário, mais um dia que parecia da certo. Era de se assustar a super ligada com o desastrado, à atenciosa com o esquecido, o amor com, com qualquer coisa. É bem tarde agora para eu tentar desvendar o que era, e na verdade, não importa, faz tempo que deixou de ter importância.


Você Pode Gostar Também

3 comentários

  1. Acho seus textos incríveis. São sinceros, profundos, com uma realidade que dói.
    Sou seu fã já.

    Bjão!

    http://livronasmaos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente é horrível deixar de ser importante pra alguém a ponto da pessoa nunca mais te procurar. Beijo

    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.