O impossível

segunda-feira, outubro 29, 2012

Estou aqui na varanda do meu apartamento, já começou a da indicio de que vem um temporal por ai, mas há muito tempo esse temporal se aproximou, se instalou, já estamos virando íntimos, ele esta acontecendo aqui dentro, vem devastando todos aqueles meus sonhos. Eu lembro que eu queria ser jornalistas, queria fazer teatro nas horas vagas e ser feliz em tempo integral.  Me disseram que eu poderia me tornar essa jornalista que eu tanto queria,  que me matricular nas aulas de teatro era o mais fácil de tudo,  agora o impossível era conseguir ser feliz o tempo todo. Eu e essa minha busca pelo impossível, as coisas fáceis nunca me agradaram, até porque elas nunca chegaram até mim. Sempre senti que viver já era um desafio, mas eu precisava de mais, precisava daquelas sensações fortes que me fariam gritar.
Você apareceu me desafiando, primeiro desafio foi tentar resistir, tentar não me entregar quando você se aproximava e dizia que eu ainda seria sua. Não, de forma alguma isso aconteceria. Tarde demais, lá estava eu, andando de mãos dadas com você. E eu cheguei a gritar, porque desafio maior era abrir o meu coração para o desconhecido, cheia de medo e mostrando coragem, eu abri. Eu me permiti da satisfação, a sofrer, a da um beijo de boa noite todos os dias e me permiti ser só de alguém, em troca eu queria tudo em dobro e mais uma coisa, o impossível.  


Você Pode Gostar Também

1 comentários

  1. acho que nada e impossível

    mas achei o texto bem refletivo
    bjus geh
    http://coresdebutterfly.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.