Fã = Acreditar

sexta-feira, junho 01, 2012

Tumblr_lwfclnksyf1qh568wo1_500_large
Hoje, eu resolvi fazer um post diferente pra vocês e sei que diferente de muita coisa, com certeza, esse assunto vai ser muito visível por todas vocês, leitoras. Quem aí de vocês, não tem um ídolo, seja ator, cantor, comediante, seja alguém próximo, ao qual se inspira, canta suas músicas, vê seus filmes ou clipes, coleciona cds, etc? Bom, todo mundo nessa vida tem ou já teve um ÍDOLO. Sei que é complicado pra muita gente entender porque criamos uma certa ''paixão'' por alguém ou algo, que talvez, a gente nunca tenha visto de perto na vida. Digo isso, porque todo mundo já ouviu: Ah, ele (a) nem sabe que você existe! Para de achar que um dia você vai conhece-lo (o)! Deixa de besteira! Ein? 

Pois é, meninas. Quando a gente se torna fã, sabemos que o que mais vamos ouvir é esse tipo de coisa. No fundo, a gente até sabe que pode realmente ser verdade, ainda mais pra quem, assim como eu, é fã de um artista internacional, que pouco vem ao Brasil e quando vem, só fazem shows em SP ou Rj, estou mentindo? E para deixar claro: Não estou desmerecendo a galera que mora nessas cidades não, pelo contrário, todo mundo tem muita sorte! Mas, e o resto todo do país que morre na vontade, não é? É complicado. Eu com esse post queria mesmo é passar um recado pra vocês, que assim como eu, não desistem do sonho de conhecer seu ídolo: Não desistam nunca! Por mais que falem, que digam que não, que perturbem, não acreditem,  o que importa é a admiração e o carinho que você sente, porque com certeza é isso que te motiva a acreditar que um dia você vai conhecer de perto, vai abraçar, vai tirar foto, mostrar pra todo mundo que você conseguiu e realizou seu sonho. Amor de fã é algo que realmente não se explica. Se você gosta de Justin Bieber, quem não gosta vai falar e criticar, se você curte System of a Down, vão dizer que Rock é coisa de gente revoltada (como já ouvi muito por aí) e vão criticar do mesmo jeito. Não se importe se você gosta daquele ator ou atriz ou se é fã de alguma série, o gosto é seu e ninguém muda isso, apenas precisam respeitar. Continuem fazendo campanha no twitter, acompanhando notícias, querendo saber cada vez mais e mais da vida do seu ídolo. Com certeza, eles tem consciência que só estão aonde estão e fazem sucesso, por causa do carinho daqueles que admiram o seu trabalho. 

Por fim, o que eu quis trazer pra vocês é apenas uma palavra de conforto, de uma fã/blogueira/amiga, pra tantas outras leitoras do blog que são assim como eu.

É isso meninas, post aberto para opiniões, é só deixar nos comentários. Beijos!

Você Pode Gostar Também

4 comentários

  1. Eu era viciada em Tokio Hotel. Hoje em dia não sou tão viciada, escuto as músicas mas não entro em pane quando algo acontece ou enfim. Acho que porque todos os motivos para amar TH e principalmente o Bill Kaulitz morreram quando Bill se tornou quem é hoje, tão diferente. é como se ele não fosse mais meu. Sei lá, só passou esse vicio, sabe?

    Adorei o post, diz bem o que uma fã vive ^^

    xoxo
    putmerd.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Post interessante. Muito, por sinal! :)

    Eu particularmente não entendo e não concordo com fanatismo. Sim, já tive meus ídolos, porém quando paro pra pensar, não consigo entender isso.
    Não concordo com o fanatismo em vários aspectos, e isso incluí todo e qualquer tipo — seja por ator, cantor, religião etc —.
    Eu acho vazio, não é um sentimento de amor, acho que é um sentimento bobo, ilusório...
    Falo por experiência própria, pois quando tinha meus ídolos eu me comportava feito um fantoche e não tinha vida própria, vivia apenas o falso "sentimento" por um famoso.
    Acho que não há motivos para "vangloriar" uma pessoa ao extremo como muita gente faz por aí.
    É claro que a admiração pelo trabalho e personalidade é válido, mas a loucura e fanatismo não!

    *OPINIÃO PESSOAL, SEM O OBJETIVO DE OFENDER ALGUÉM!

    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  3. Quando sou fã, sou primitiva, sou fanática. Eu preciso estar lá e acompanhar cada passo daquele meu ídolo, eu preciso que ele seja meu e mesmo não sendo, nunca perco as esperanças e não deixo ninguém me criticar porque acredito que essa pessoa que quer me criticar deve gostar de uma coisa, que na minha visão, é idiota. A esperança é sempre a última que morre. Meu ídolo chegou em RJ ontem, mas não vou poder ver ele ))))))):

    Beijos, Fernanda.
    http://meianoiteequinze.tk

    ResponderExcluir
  4. Quando sou fã, sou primitiva, sou fanática. Eu preciso estar lá e acompanhar cada passo daquele meu ídolo, eu preciso que ele seja meu e mesmo não sendo, nunca perco as esperanças e não deixo ninguém me criticar porque acredito que essa pessoa que quer me criticar deve gostar de uma coisa, que na minha visão, é idiota. A esperança é sempre a última que morre. Meu ídolo chegou em RJ ontem, mas não vou poder ver ele ))))))):

    Beijos, Fernanda.
    http://meianoiteequinze.tk

    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.