Metamorfose Fajuta

quarta-feira, novembro 24, 2010

    Quando me tornei tão alheio aos acontecimentos ao meu redor? A multidão passa por mim e não consiguo perceber o que está acontecendo ; tão perdido não minha própria confusão que acabei por ficar cego.
    A ansiedade e a insatisfação tornaram-se crônicas.Nem tente dizer que isso é uma fase e vai passar, sei que é verdade, mas quero viver o amargo, curtir o meu tempo no limbo com tudo o que tenho direito.É assim que quero fazer.E para conseguir êxito nessa empreitada seleciono o que tenho de mais profundo e triste em meus discos e fico lá, observando o sol bater nos móveis durante todo o dia.
    Ando procurando por uma razão, será que você a viu por aí? Quem sabe eu encontre uma moeda da sorte perdida por alguém , eu já estaria satisfeito; porque sorte envolve destino, futuro e talvez uma dose disso me fará bem.
    Eu não tenho jeito, não consiguo falar abertamente, principalmente com estranhos, quando tento não consiguo passar de alguns gaguejos e , claro, me envergonho em público.Isso me coloca no hall dos fracassados, sem dons ; sinceramente isso é injusto, se não souber fazer o que todos fazem (explosão) você automaticamente é um fracassado.
    O termo perdido é um eufemismo de muito mau gosto pra me designar, que tal indisposto? Gosto desse adjetivo.
    E como todo 'fracassado' eu tento me encaixar, pertencer a algo (tentativa inútil, é claro) ; troco as roupas, o cabelo, o jeito de andar ... troco você.Como se eu fosse argila que diante das adversidades desmancha  e recombina-se em formas diferentes, mas que na essência ainda é argila, ainda é estupidamente argila (eu).
    Eu sou o que você conhece : essa grande bagunça, por dentro e por fora e eu não sei fazer nada direito.
    Creio que o meu armário ainda esconde você em algum lugar na desordem, pelo menos o seu cheiro eu sei que sim.
     Chega de drama.Então é o seguinte: se não puder me salvar, por favor, não desperdice meu tempo.

- Álvaro F.

' Encontrei moedas pelo chão, mas não vi ninguém
  pra me abraçar, me dar a mão' [..]

Ana Carolina

Você Pode Gostar Também

3 comentários

  1. Adorei o post, beijos!
    http://agathasplace.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Ótimo recado!!!rs
    beijão
    www.sermulhereomaximo.com.br

    ResponderExcluir
  3. Muito boomm o post *--*
    http://www.girlteen-vip.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.