Top Livros

segunda-feira, agosto 23, 2010


"A leitura de um bom livro é um diálogo incessante: o livro fala e a alma responde." 
                                                                                                                                 - André Maurois

Os livros para mim são grandes companheiros que nos fazem viajar por mundos diferentes sem sair do lugar. Então como dizem tudo que é bom tem que ser compartilhado resolvi fazer uma seleção com alguns livros que já li e que merecem ser divulgados.

1- O Estudante
Li esse livro a alguns anos atrás mas o tema continua mais atual que nunca.
O Estudante é o grito desesperado de alerta para jovens, pais, professores, qualquer pessoa que pode, a qualquer momento, se tornar vítima das drogas. É o relato de um jovem que teve seu lar destruído pelo fantasma da droga, que não respeita idade, classe social, religião e raça. Muitos leitores poderão achar o conteúdo deste livro chocante e brutal, mas não devem se esquecer de que a realidade aqui escrita é muito mais. Um livro que não pode deixar de ser lido por todos que abominam o caminho da miséria e degradação para o qual os jovens são arrastados pelo vício das drogas.

2- A menina que roubava livros
Entre 1939 e 1943, Liesel Meminger encontrou a Morte três vezes. E saiu suficientemente viva das três ocasiões para que a própria, de tão impressionada, decidisse nos contar sua história, em A Menina que Roubava Livros. Desde o início da vida de Liesel na rua Himmel, ela precisou achar formas de se convencer do sentido da sua existência. O Manual do Coveiro, foi o primeiro de vários livros que Liesel roubaria ao longo dos quatro anos seguintes. E foram estes livros que nortearam a vida de Liesel naquele tempo, quando a Alemanha era transformada diariamente pela guerra, dando trabalho dobrado à Morte. O gosto de rouba-los deu à menina uma alcunha e uma ocupação; a sede de conhecimento deu-lhe um propósito. E as palavras que Liesel encontrou em suas páginas e destacou delas seriam mais tarde aplicadas ao contexto a sua própria vida, Mas só quem está ao seu lado sempre e testemunha a dor e a poesia da época em que Liesel Meminger teve sua vida salva diariamente pelas palavras, é a nossa narradora. Um dia todos irão conhece-la. Mas ter a sua história contada por ela é para poucos. Tem que valer a pena

3- A cidade do sol

Mariam tem 33 anos. Sua mãe morreu quando ela tinha 15 anos e Jalil, o homem que deveria ser seu pai, a deu em casamento a Rasheed, um sapateiro de 45 anos. Ela sempre soube que seu destino era servir seu marido e dar-lhe muitos filhos. Mas as pessoas não controlam seus destinos. Laila tem 14 anos. É filha de um professor que sempre lhe diz: "Você pode ser tudo o que quiser." Ela vai à escola todos os dias, é considerada uma das melhores alunas do colégio e sempre soube que seu destino era muito maior do que casar e ter filhos. Mas as pessoas não controlam seus destinos. Confrontadas pela História, o que parecia impossível acontece: Mariam e Laila se encontram, absolutamente sós. E a partir desse momento, embora a História continue a decidir os destinos, uma outra história começa a ser contada, aquela que ensina que todos nós fazemos parte do "todo humano", somos iguais na diferença, com nossos pensamentos, sentimentos e mistérios




4- Fala sério amor
Os 'ficantes', os rolos passageiros, o namorado grudento, o ciumento, os doidos que aparecem pelo caminho, os fofos, os pais dos namorados, os seus pais e os namorados... ela sempre tem uma boa história para contar. Sorte das leitoras, que certamente vão se identificar com as muitas alegrias e furadas em que a Malu já se meteu e rir junto com ela. A narrativa é fluida e envolvente e as crônicas vão se encadeando de uma forma que sempre dá aquela vontade de 'ler só mais essa, mais uma, e outra.. O livro é hilário.





5- O Pequeno Príncipe
A primeira vista, um livro para crianças. Na definição de Antoine Saint-Exupéry, seu autor, "um livro urgentíssimo para adultos", o que talvez explique a extraordinária sobrevivência literária de O pequeno príncipe. Causa encanto a história do piloto cujo avião cai no deserto do Saara, onde ele encontra um príncipe, "um pedacinho de gente inteiramente extraordinário" que o leva a uma jornada filosófica e poética através de planetas que encerram a solidão humana em personagens como o vaidoso, capaz de ouvir apenas elogios; o acendedor de lampiões, fiel ao regulamento; o bêbado, que bebia por ter vergonha de beber; o homem de negócios que possuía as estrelas contando-as e econtando-as em ambição inútil e desenfreada; a serpente enigmática; a flor a qual amava acima de todos os planetas.
6- Alice: Aventuras de Alice no País das Maravilhas e Através do Espelho

Alice no País das Maravilha conta a história das aventuras de Alice ao cair numa toca de coelho, que a leva a um lugar povoado por criaturas que misturam características humanas e fantásticas que lhe apresentam enigmas. Em sua continuação, Através do Espelho e o que Alice encontrou por lá, Alice tem de ultrapassar vários obstáculos - estruturados como etapas de um jogo de xadrez - para se tornar rainha. À medida que ela avança no tabuleiro, surgem outros tantos personagens enigmáticos.

Obs: Para mim umas das melhores parte é o Dialogo com a lagarta.


7- O Caçador de Pipas

"esse é um daqueles livros inesquecíveis, que permanecem anos a fio na nossa memória".

Este livro tem uma história incrível daquelas que em mexem com a gente e levam as lições aprendidas nele para a vida. Sem contar no enriquecimento cultural que ele nos proporciona, nos mostrando uma realidade totalmente da que estamos acostumados aqui no Brasil. 
8- Anjos e Demônios

Numa caçada frenética por criptas, igrejas e catedrais, Robert e Vittoria desvendam enigmas e seguem uma trilha que pode levar ao covil dos Illuminati - um refúgio secreto onde está a única esperança de salvação da Igreja nesta guerra entre ciência e religião.

Uma viagem em busca de respostas. Este livro é perfeito para quem ama uma boa aventura, uma dosa de intriga e conspiração e muitos segredos. 





9- A Marca de uma Lágrima

 A vida de Isabel anda muito confusa: seu grande amor está namorando com sua melhor amiga. E para completar a situação, a diretora da sua escola é assassinada, e ela é a única testemunha. Será que Isabel conseguirá acalmar seu coração e seu medo?

Este é um livro sobre descobertas, de uma maneira delicada Pedro Bandeira aborda os dilemas de se crescer e do primeiro amor. 






"Meus filhos terão computadores, sim, mas antes terão livros. Sem livros, sem leitura, os nossos filhos serão incapazes de escrever - inclusive a sua própria história."  Bill Gates
















Você Pode Gostar Também

0 comentários

Olá! Sua opinião é muito importante para nós, fique a vontade para comentar. Obrigada pela visita! Volte sempre.